Irma: "O caminho é importante, a história que contamos e as escolhas que fazemos também"

 

Irma, compositora e intérprete de "Livros", reagiu, nas redes sociais, à sua eliminação no Festival da Canção 2021: "Eu gosto de desafios, gosto de ganhar. E ganhar não se traduz sempre no vencer que está à vista".


Convidada pela RTP como autora, Irma decidiu interpretar a sua própria canção no palco do Festival da Canção 2021. Contudo, "Livros" ficou de fora do lote de apurados da semifinal 1 do concurso nacional, com a artista a reagir ao afastamento nas redes sociais: "Quero muito agradecer todas as mensagens bonitas que recebi ontem e que ainda estou a receber. O caminho é importante, a história que contamos e as escolhas que fazemos também. Estou muito feliz com a noite de ontem. Foi tudo feito com o coração que desafia" frisado que "Eu gosto de desafios, gosto de ganhar. E ganhar não se traduz sempre no vencer que está à vista. Às vezes é muito mais profundo que isso".

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Irma/ Imagem: Pedro Pina | RTP / Vídeo: RTP

3 comentários:

  1. Anónimo22:58

    Dizem todos que adoram participar mas quando ficam pela semifinal, é só frases enigmáticas para disfarçar o desconforto... E nem os parabéns a quem passou

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:23

    Acho que ela ficou com uma melão......

    ResponderEliminar
  3. A rapariguinha é engraçada mas querer dar a conhecer livros numa era cada vez mais digital não me pareceu uma ideia muito esperta.

    ResponderEliminar