Suécia: Imprensa avança com novos participantes para o 'Melodifestivalen 2021'

 Tess Merkel, Kadiatou Holm Keita, Efraim Leo e Charlotte Perrelli são alguns dos novos elementos da lista de potenciais participantes no Melodifestivalen 2021 pelo jornal Aftonbladet.

Conhecido pelo elevado número de acertos na lista de participantes do Melodifestivalen ao longo dos últimos anos, o jornal sueco Aftonbladet avançou, nos últimos dias, com novos potenciais participantes na final nacional sueca para o Festival Eurovisão 2021. 

O primeiro nome não é, de todo, uma novidade: Charlotte Perrelli. A cantora, vencedora do Festival Eurovisão de 1999 e finalista do concurso em 2008, foi apontada anteriormente pelo jornal Expressen como uma potencial participante, sendo que o Aftonbladet garante que a participação é certa e será um dos grandes nomes da edição do próximo ano.

Quem também estará de regresso ao concurso é Tess Merkel. A cantora, que conta com cinco participações enquanto membro dos Alcazar, fará a sua estreia a solo, depois de vários anos dedicados à produção de eventos e coreografias. 

Kadiatou Holm Keita, segunda classificada no Idols, e o jovem Efraim Leo são também apontados ao concurso pelo jornal sueco, que também avança que a dupla Eva Rydberg e Ewa Roos estará na corrida para representar a Suécia em Roterdão. Eva e Ewa, atrizes e cantoras com 77 e 71 anos de idade, respetivamente, farão a sua estreia no formato com uma canção "bastante animada".




Aceda, de seguida, à lista de potenciais candidatos avançada pelo jornal sueco Aftonbladet:

1. Julia Alfrida (wildcard do P4 Nästa)
2. Tusse Chiza
3. Sannex
4. Sam-E & Wahl
5. The Mamas
6. Dotter
7. Jessica Andersson
8. Klara Hammarström
9. Alvaro Estrella
10. Arvingarna
11. Paul Rey
12. Lovad
13. Eric Saade
14. Danny Saucedo
15. Anton Ewald
16. Tess Merkel
17. Kadiatou Holm Keita
18. Efraim Leo
19. Charlotte Perrelli
20. Eva Rydberg e Ewa Roos

Desejados pela SVT:
1. Lova Sönnerbo

Estreante em 1958, a Suécia conta com 59 participações no Festival Eurovisão, sendo um dos países com melhores resultados da história com 6 vitórias no curriculum. Em Telavive, John Lundvik representou o país com "Too Late For Love", terminando em 5.º lugar com 334 pontos, tendo recebido 2 pontos do júri português. Em 2020, The Mamas representariam a Suécia em Roterdão com "Move".



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Aftonbladet/ Imagem: SVT / Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários