[ESPECIAL] Que artistas não foram reconduzidos para o Festival Eurovisão 2021?


Depois do cancelamento do Festival Eurovisão 2020, alguns países confirmaram a transição dos seus representantes para a edição de 2021. No entanto, outros países já confirmaram que não reconduzirão os artistas para o concurso do próximo ano.

Agendado para 18, 20 e 22 de maio, o Festival Eurovisão de 2021 conta com 19 artistas confirmados, sendo que todos eles foram reconduzidos pelos respetivos países depois do cancelamento do Festival Eurovisão 2020. No entanto, outros países já confirmaram que optarão por novas finais nacionais para o concurso, abdicando da escolha direta dos artistas para o evento do próximo ano.

Recorde connosco todos os artistas que não foram reconduzidos para 2021:


Arilena Ara - Albânia
Vencedora do Festivali i Këngës 58, a cantora Arilena Ara não foi escolhida diretamente pela emissora albanesa para o Festival Eurovisão 2021, com a RTSH a abrir inscrições para o concurso que voltará a ser usado como final nacional. No entanto, não foi revelado se a cantora foi convidada a participar na edição deste ano.


Ben Dolic - Alemanha
A emissora alemã NDR revelou que fará uma nova seleção para o Festival Eurovisão 2021, repetindo o modelo usado para o concurso de 2020. No entanto, Ben Dolic e Borislav Milanov, responsáveis pela candidatura alemã para o Festival Eurovisão 2020, aceitaram a decisão da NDR e admitiram uma participação na competição de 2021.


VAL - Bielorrússia
A Bielorrússia ainda não confirmou a participação no Festival Eurovisão de 2021, mas revelou que o grupo VAL não representará o país em Roterdão, depois do mesmo ter tecido duras críticas à postura da BTRC após a sua escolha. Contudo, várias publicações apontam que a razão está relacionada com a participação dos VAL nos protestos contra o Presidente do país.


Sandro Nicolas - Chipre
Depois do cancelamento do Festival Eurovisão 2020, a CyBC revelou ter chegado a acordo com Sandro Nicolas sobre a não recondução do artista para o concurso de 2021. O representante cipriota em Roterdão será escolhido internamente pela emissora.


Damir Kedžo - Croácia
A emissora croata HRT também apostará numa nova edição do DORA para a escolha dos seus representantes no Festival Eurovisão 2021, abdicando da escolha direta de Damir Kedzo. No entanto, o cantor admite que poderá submeter uma canção para o concurso do próximo ano.


Ben & Tan - Dinamarca 
A Dinamarca também realizará o Dansk Melodi Grand Prix em 2021 para a escolha dos seus representantes. Ben & Tan, vencedores do concurso de 2020, apelaram à DR para a atribuição de uma vaga na Final do certame, mas a emissora dinamarquesa ainda não revelou a sua decisão.


Uku Suviste - Estónia
Após o cancelamento do Festival Eurovisão 2020, a Estónia foi um dos primeiros países a confirmar a realizar uma nova edição da final nacional. No entanto, caso submeta uma canção para o certame, Uku Suviste terá uma vaga assegura nas semifinais do Eesti Laul 2021.


Aksel - Finlândia
A emissora da Finlândia também realizará uma nova edição do UMK2021, tendo rejeitado a possibilidade de oferecer uma vaga direta para Aksel. No entanto, o cantor deixou em aberto a possibilidade de voltar a concorrer ao certame.


Tom Leeb - França
O cantor Tom Leeb e a emissora francesa France 2 revelaram que chegaram a acordo sobre uma não recondução do artista para o concurso de 2021, com a emissora a anunciar a realização de uma final nacional para a escolha dos seus representantes.


Diodato - Itália
Diodato também não foi escolhido diretamente pela RAI para representar Itália no Festival Eurovisão 2021, com a emissora italiana a anunciar que convidará o vencedor do Festival di Sanremo 2021 para representar o país em Roterdão.


The Roop - Lituânia
A emissora lituana LRT anunciou a realização de uma edição do Pabandom iš naujo!, oferecendo uma vaga direta aos The Roop para a Final do concurso. No entanto, o grupo ainda não tomou nenhuma decisão sobre a possível participação.


Ulrikke - Noruega
A emissora noruega NRK também realizará uma nova edição do Melodi Grand Prix para a escolha dos seus representantes, tendo oferecido uma vaga na Grande Final para Ulrikke. No entanto, a vencedora do concurso de 2020 rejeitou a oferta e não participará no evento.


Elisa - Portugal
Elisa também não foi escolhida diretamente pela RTP para representar Portugal no Festival Eurovisão 2021, com a emissora portuguesa a revelar que usará o Festival da Canção 2021 para a escolha dos seus representantes.


The Mamas - Suécia
A SVT também usará o Melodifestivalen 2021 como final nacional para o Festival Eurovisão 2021, rejeitando a possibilidade de assegurar uma vaga para as The Mamas. No entanto, as cantora revelaram, recentemente, que não decidiram se iriam participar no concurso deste ano.




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
FonteImagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários