JESC2020: TVP defende-se das críticas do Conselho de Programação

 A emissora estatal polaca TVP defendeu-se das críticas do Conselho de Programação à realização do Festival Eurovisão Júnior 2020.

 

Depois das críticas do Conselho de Programação da TVP contra a realização do Festival Eurovisão Júnior 2020 pela estação polaca TVP, a emissora estatal reagiu, em comunicado, ao órgão independente que supervisiona a sua programação.

 

"A TVP informa que o Festival Eurovisão Júnior ocorre de acordo com os princípios expressos no Código de Ética do concurso. O princípio orientador da sua organização é promover o desenvolvimento criativo e o bem-estar das crianças. Para a maioria dos jovens esta é uma grande oportunidade para começar uma carreira de cantor" pode ler-se no comunicado, com a TVP a defender que "é criado e mantido um ambiente seguro e moralmente adequado para os participantes e todas as medidas são tomadas para evitar o desconforto das crianças". O Conselho de Administração da TVP garante também que mais informações serão prestadas após uma reunião com o Conselho de Programação, agendada para os próximos dias.

  

O Festival Eurovisão Júnior 2020, que terá lugar em Varsóvia, contará com treze países a concurso: Alemanha, Arménia, Bielorrússia, Cazaquistão, Espanha, França, Geórgia, Malta, Países Baixos, Polónia, Rússia, Sérvia e Ucrânia.  Albânia, Austrália, Irlanda, Itália, Macedónia do Norte, País de Gales e Portugal marcaram presença no concurso em 2019, mas optaram por ficar de fora do concurso deste ano, que ficará marcado por atuações pré-gravadas nos países de origem.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix/ Imagem: Google /Vídeo: Youtube

Sem comentários