JESC2020: PORTUGAL PARTICIPA NO FESTIVAL EUROVISÃO JÚNIOR 2020


Em declarações ao ESCPORTUGAL, a RTP confirmou que Portugal estará a concurso no Festival Eurovisão Júnior 2020.

Depois de ter estado representada nas últimas três edições do Festival Eurovisão Júnior, às quais se juntam as participações em 2006 e 2017, e de ter garantido ser "altamente provável" a participação no concurso infanto-juvenil de 2020, a RTP confirmou, em declarações ao ESCPORTUGAL, que estará a concurso no Festival Eurovisão Júnior 2020.

Sem revelar nenhum detalhe sobre a escolha dos representantes de Portugal no concurso que decorrerá em Varsóvia, a RTP apenas garantiu que "se houver concurso, a RTP estará presente", tendo em conta que a realização do mesmo estará dependente da evolução da pandemia de Covid-19. De realçar que a Polónia, país anfitrião do concurso deste ano, anunciou, recentemente, a retirada das restrições de mobilidade a passageiros oriundos de Portugal.
 
O Festival Eurovisão Júnior 2020, que terá lugar em Varsóvia, conta com treze países oficialmente confirmados: Alemanha, Bielorrússia, Cazaquistão, Espanha, França, Geórgia, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, Rússia, Sérvia e Ucrânia. Itália também manifestou intenções em participar na edição, mas a participação não foi ainda oficializada. Por outro lado, a Austrália, Irlanda, Macedónia do Norte e País de Gales confirmaram a retirada do concurso, depois de terem participado em 2019.
Estreante em 2006, Portugal conta com cinco participações no Festival Eurovisão Júnior nos períodos 2006-2007 e 2017-2019,  tendo como melhor resultado o 14.º lugar de Pedro Madeira e de Mariana Venâncio em 2006 e 2017, respetvivamente. Em Gliwice, Portugal foi representado por Joana Almeida e "Vem comigo (Come with Me)", terminando em 16.º lugar com 43 pontos, todos oriundos da votação online.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Google /Vídeo: JESC

1 comentário:

  1. Portugal nunca pode deixar de participar e porquê? Para continuar a fazer boa figura e trazer sempre para o panorama musical infanto-juvenil os últimos lugares.Como se diz nestes casos, o importante é participar. Que mais se poderia dizer, se afinal até regressam todos felizes e contentes a ponto de acharem que o penúltimo lugar foi relevante porque se traduz na melhor classificação de sempre (em 4 presenças).

    ResponderEliminar