Letónia: Samanta Tina descarta regresso ao 'Supernova'


A cantora letã Samanta Tina descartou um regresso ao Supernova, mas garante que aceitará um possível convite da LTV para representar a Letónia no Festival Eurovisão 2021.

A cantora Samanta Tina, representante da Letónia no Festival Eurovisão 2020, revelou, em entrevista ao Wiwibloggs, que não regressará à corrida para representar o país no certame. "Não vou voltar a participar. Já tenho a minha vitória, consegui!" destacou, garantindo que a sua participação, numa final nacional futura, seria injusta para os outros artistas, "Se eles decidirem fazer uma nova final  nacional, acho estranho se eu participar com os restantes. Acho que não seria justo".

No entanto, caso a LTV a convide internamente, Samanta Tina garante que aceitará o convite para o Festival Eurovisão 2021: "Estou à espera de boas notícias sobre 2021. Se me escolherem para representar a Letónia no próximo ano... acho que seria justo. (...) Perto de metade já tomou a decisão de escolher os seus representantes" defendeu, concordando com uma final nacional com várias canções, "Acho que seria realmente uma boa ideia. Com cinco canções, muitos produtores podiam enviar as suas propostas. Não acho que seja uma má ideia".
 
Samanta Tina conquistou, em 2020, o seu passaporte eurovisivo depois de ter entrado na corrida para representar a Letónia e a Lituânia em diversos anos. Na Letónia, Samanta Tina conta com 2 segundos lugares: em 2012, com "I Want You Back" em dueto com Dāvids Kalandija, e em 2013, com "I Need A Hero", tendo também participado em 2014 (3.º), 2016 (desistiu na semifinal) e em 2019 (7.º). Na Lituânia, Samanta Tina nunca conseguiu o apuramento nas eliminatórias, ficando em 4.º em 2013, com Vudis e "Hey Chiki-Mama", e em 7.º em 2017, com Tadas Rimgaila e "Tavo oda". Em 2020, a cantora conquistou o passaporte eurovisivo com a vitória no Supernova 2020 em defesa de "Still Breathing".




Estreante em 2000, a Letónia participou em 20 edições do Festival Eurovisão, conquistando duas presenças no pódio da competição: ficou em terceiro lugar na estreia e venceu em 2002, ano em que participou apenas devido à desistência de Portugal. Em Telavive, Carousel representou o país com "That Night", falhando o apuramento para a Grande Final ao terminar em 15.º lugar com 50 pontos na semifinal.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Wiwibloggs / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários