ESC2021: Governo dos Países Baixos proíbe realização de "grandes eventos" por tempo indeterminado


Hugo de Jonge, ministro da Saúde dos Países Baixos, proibiu todos "os grandes eventos" no país até ser encontrada uma vacina eficaz contra a Covid19, colocando em risco a realização do Festival Eurovisão 2021 em Roterdão.
 

Através de uma carta enviada ao parlamento do país, Hugo de Jonge, ministro da Saúde dos Países Baixos, proibiu a realização de todos "os grandes eventos" em território nacional, até que seja encontrada uma vacina eficaz contra a Covid19. "Para a última etapa da fase de desconfinamento estão os eventos de massas de escala nacional (...) não podemos avançar com uma data. Isto só será possível quando houver uma vacina e ninguém sabe quanto tempo demorará" escreveu o ministro em carta apresentada, esta tarde, no Parlamento.


Depois da apresentação da carta, um porta-voz da televisão neerlandesa NPO frisou que "a emissora quer saber como as medidas contra o coronavírus afetará a organização de um evento em grande escala como o Festival Eurovisão", destacando que "a saúde dos participantes, trabalhadores e turistas estarão sempre em primeiro lugar". Além disso, o porta-voz da NPO revelou que uma delegação da emissora estará reunida, nos próximos dias, com representantes da NOS e AVROTROS, bem como do Conselho da Cidade de Roterdão e a EBU/UER para discutir as ações do governo em relação ao concurso.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionSpain/Imagem: Google / Vídeo: eurovision.tv

Sem comentários