Carla Bugalho: "Não me parece que o Festival da Canção esteja fora de questão em 2021"


Carla Bugalho, chefe de delegação de Portugal no Festival Eurovisão, garantiu que "nada está ainda decidido" sobre a realização do Festival da Canção em 2021, mas "não me parece que o Festival da Canção esteja fora de questão".


Carla Bugalho Trindade, chefe de delegação de Portugal e vice-produtora executiva do Festival Eurovisão 2018, esteve, esta tarde, à conversa com Joana Martins nas redes sociais da RTP ao lado de Nuno Galopim, abordando vários assuntos relacionados com o Eurovision: Europe Shine A Light. Além de garantir que a participação no Festival Eurovisão Júnior de 2020 não está ainda decidida, a chefe de delegação portuguesa reafirmou o desejo da emissora portuguesa em realizar o Festival da Canção em 2021.

"Nada está ainda decidido" justificou, garantindo que o assunto não foi ainda discutido com José Fragoso, diretor de programas da RTP1, mas que "não me parece que o Festival da Canção esteja fora de questão em 2021, excepto se a Covid não permitir". Além disso, Carla Bugalho falou também sobre a Final do Festival da Canção em Elvas, garantindo que a mesma aconteceu "por uma questão de dias", revelando também que não foi autorizada "a sair do país na noite do Festival da Canção por uma questão de segurança", acompanhado a reunião dos chefes de delegação e do Grupo de Referência remotamente.

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP / Imagem: ESCPortugal / Vídeo: Eurovision.tv

4 comentários:

  1. Anónimo10:41

    Ao menos que, a realizar-se, seja para profissionais. A classe artística foi a primeira a cair com esta maldita pandemia e será a última a levantar-se. Que na RTP se perceba isso e que sejam profissionais (quem vive da música) a compor e a cantar. Evitar-se-iam também atuações reveladoras de um amadorismo confrangedor como aconteceu com várias este ano e também em anos anteriores. Para quem está ainda a tentar descobrir se deve ou não seguir uma carreira musical (e já tem uma profissão noutra área) há os concursos de novos talentos. Que o FC, a realizar-se em 2021, dê uma ajuda, por pequena que seja, a quem fez da música profissão e terá em 2020 um ano complicadíssimo.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:51

    FDC acredito que vá haver. Agora Eurovisão, vamos ver. Com a crise que vem aí, não me espantaria que Portugal ficasse de fora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:13

      Infelizmente, se ficar de fora, não será caso único. Arrisco mesmo dizer que provavelmente, em muitos países, se não adoptarem a solução q este ano foi encontrada pela Bulgária, Irão certamente ficar de fora em 2021.

      Eliminar
    2. que drama...Portugal nunca esteve em risco de não participar por questões financeiras...

      Eliminar