Mais três países confirmam transmissão do 'Eurovision: Europe Shine a Light'


Espanha, Estónia e Suíça também já confirmaram a transmissão do Eurovision: Europe Shine a Light, programa que será transmitido a 16 de maio, data em que decorreria a Final do Festival Eurovisão 2020.

Com duração estimada de 2 horas, o Eurovision: Europe Shine a Light será apresentado por Chantal Janzen, Edsilia Rombley (ESC1998/2007) e Jan Smit e servirá de homenagem às 41 canções do Festival Eurovisão 2020, reservando também algumas surpresas para os fãs e telespectadores. Alguns artistas que passaram pelo concurso nos últimos anos também serão convidados a participar no formato que será transmitido ao vivo desde Hilversum.

Depois da Alemanha, França, Países Baixos, Ucrânia e Finlândia terem assegurado a transmissão do programa, o mesmo aconteceu em mais três países. Espanha confirmou a transmissão do Eurovision: Shine a Light num dos principais canais da RTVE, enquanto Estónia e Suíça também asseguraram a transmissão mas não revelaram o canal em que será transmitido. Além disso, a emissora ERR revelou estar a ponderar a transmissão de mais conteúdo eurovisivo na semana em que decorreria o concurso deste ano.
 
 


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem: Google / Vídeo: Eurovision.tv

5 comentários:

  1. Anónimo23:22

    Espero que a RTP também transmita e que tenha programação especial sobre a Eurovisao nos dias em que era suposto passar as semifinais.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo00:44

    Fico triste deste ano não haver festival, sempre podiam adiar para o final do ano ou inicio do próximo ano.
    As emissoras investiram num certo ponto e creio que tenha sido em vão digamos assim.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:16

    Podiam fazer as votações a partir das OGAES...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:13

      Qualquer sistema de votação implicaria um vencedor e uma consequente onda de indignação e críticas por esse país não ser o país anfitrião em 2021 ou por os Países Baixos não poderem organizar em 2021.
      A decisão de não haver concurso é injusta para os artistas, mas não para as delegações, que são as que pagam para que todos os anos haja concurso

      Eliminar
    2. Anónimo20:24

      Votação OGAE não é oficial, poderia ser engraçado

      Eliminar