ESC2020: Maioria das emissoras rejeitou proposta alemã para o Festival Eurovisão 2020


Thomas Schreiber, diretor de entretenimento da ARD, revelou que a maioria das emissoras participantes rejeitou a proposta alemã para o Festival Eurovisão 2020.

Em entrevista à DWDL, Thomas Schreiber, chefe de entretenimento da emissora alemã ARD, revelou que a EBU/UER está a preparar Europe Shine A Light, programa que substituirá o Festival Eurovisão 2020 na grelha de programação a 16 de maio. Contudo, ao longo da entrevista, Thomas Schreiber revelou também que a ARD apresentou uma proposta alternativa para o Festival Eurovisão 2020 junto da União Europeia de Radiodifusão.
 
Defendida por si e pelo produtor Stefan Raab, a proposta foi rejeitada pela maioria das emissoras participantes no concurso. Segundo as suas declarações, a proposta contava com os 41 participantes do Festival Eurovisão 2020 a apresentar as suas propostas em estúdios de televisão nos seus países de origem: caso não fosse possível, a transmissão decorria na casa dos artistas, através do Skype, Zoom ou Facetime, mantendo como elemento chave do programa a apresentação das 41 canções ao vivo.
 
 
Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem:Eurovoix

1 comentário:

  1. Eu gostaria q esta proposta tivesse ido avante. Seria algo diferente p um programa de TV q estaria sempre garantido. Um programa de TV.

    ResponderEliminar