Sérvia: Associações pedem a desclassificação de "Svadba velika" do Beovizija 2020


O Centro Autónomo de Mulheres da Sérvia apelou à desclassificação de "Svadba Velika" do Beovizija 2020, alegando que a canção promove a violência doméstica contra as mulheres.

Depois da revelação das canções a concurso, o Beovizija 2020 está a ficar marcado por uma polémica em torno de "Svadba Velika". A canção, que será defendida por Bora Dugić, representante do país em 2008, e Balkubano, está a ser acusada de promover a violência doméstica contra mulheres.

A acusação é feita pelo Centro Autónomo de Mulheres da Sérvia que apelou junto da RTS à desclassificação do tema: "Achamos inadmissível dar espaço público e promover canções com letras que pedem explicitamente o assassinato de uma mulher que diz «não», que promove a ideia de que uma mulher deve ser «minha ou de mais ninguém» e que afirma, falsamente, que a situação é de amor".

Aceda, de seguida, à letra da canção em português:

"Trouxe uma bomba comigo, trouxe uma minha querida
Amo-te como um louco, porque eu te amo como um louco
Eu vim com o meu padrinho, vim com o meu irmão
Para pedir que cases comigo e pedir a benção ao teu pai
Se você disser não, se vocês disser não, se você disser não,
Eu vou explodir o mundo inteiro
Se você disser sim, se você disser sim, se você disser sim
O casamento será em grande
 (...)
Desafio-te a dizer que não e isto vai explodir".

Com 12 participações no curriculum, a Sérvia conta com uma vitória no Festival Eurovisão em 2007, ano de estreia, bem como um terceiro posto alcançado em 2012. Em Telavive, Nevena Bozovic e "Kruna" representaram o país, terminando em 18.º lugar com 89 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal. 


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTS/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários