[Olhares sobre o Pabandom iš naujo] Quem representará a Lituânia no Festival Eurovisão 2020?


A Lituânia escolhe, esta noite, os seus representantes para o Festival Eurovisão 2020 através do Pabandom iš naujo. Saiba quem são os favoritos do painel do Olhares do ESCPORTUGAL.


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPortugal realiza, esta temporada, a quarta edição do Olhares sobre as finais nacionais, em colaboração com o painel do ESCPORTUGAL Regiões. Depois dos Olhares sobre a Albânia, República Checa, Moldávia, Austrália, Letónia e Itália, a Lituânia é o próximo país na lista de Olhares sobre as Finais Nacionais.

Oito candidatos disputam a Final do Pabandom iš naujo, nova designação do Eurovizijos, depois de duas semifinais e três eliminatórias, sendo que o público e o júri serão os responsáveis pela escolha dos representantes da Lituânia no Festival Eurovisão 2020.

Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:
    
Adão Nogueira aposta em The Roop com "On Fire"
Este ano a Lituânia melhorou um pouco a qualidade das suas propostas conseguindo assim apresentar-nos uma final bem melhor que no ano transato. Entre as canções a concurso e principalmente devido às suas boas prestações destacam-se duas bem diferentes, uma mais calma e emocional e outra completamente fora da caixa, que de tão fora que está faz com que por vezes a oiça em loop. Deste modo não será fácil escolher entre a Monique e The Roop, apesar de a última ser bem capaz de marcar posição e levar a que os fãs os acompanhem na sua coreografia.
      
André Eric-Fernandes aposta em The Roop com "On Fire"
Este ano a Lituânia apresenta, a meu ver, uma das melhores seleções da temporada. Muita variedade, excelentes artistas e boas prestações. Estou completamente viciado na "On Fire" dos The Roop. A canção e a coreografia resultam muito bem, o cantor bastante é carismático, muito fáci de entrar no mood. É uma das escolhas com maior potencial e fará facilmente boa figura em Roterdão.

  
André Moreira aposta em The Roop com "On Fire"
Num ano em que Lituânia reformula a sua imagem e estratégia, consegue a proeza de ter uma final cujas canções são, na sua generalidade merecedoras de terreno eurovisivo. De qualquer das formas, mesmo dentro do bom, temos de encontrar um preferido; esse favorito é "On Fire" de The Roop. Uma canção bem construída, catchy, moderna que ganha personalidade quando encenada. A atuação é de uma enorme sofisticação e genialidade - a dança é memorável e o estranho acaba por se entranhar. Caso vença prevejo um ótimo resultado eurovisivo para a Lituânia.

     
Cláudio Guerreiro aposta em Ruta Loop com "We Came from the sun"
A Lituânia é aquele país que tem sempre boas músicas na sua final, mas consegue acabar por escolher uma das que menos gosto. Numa final quase toda ela feminina, são mesmo as mulheres que, a meu ver, se destacam. Entre melodias modernas ou prestações vocais bastante seguras, ficou difícil escolher a minha preferida. Mas a minha escolha vai precisamente para a primeira que ouvi: “We Came From the Sun”. Além do refrão que não sai da cabeça e da melodia moderna e intrigante, Rūta apresenta a performance mais sólida desta final. Contundo, tenho o pressentimento que, mais uma vez, a Lituânia não me irá fazer a vontade…

  
Diogo Cabral aposta em The Roop com "On Fire"
A Lituânia apresenta, a meu ver, uma final muito fraca e com pouca qualidade musical. Tudo cheira a mais do mesmo, enfadonho e sem grande interesse. Para vencer o Pabandom iš naujo! 2020, eu apostaria em The Roop – "On Fire“. Destaca-se, entre as demais propostas daquele país, pela sua irreverência e a capacidade de não ficarmos indiferentes. Gosto do instrumental, apesar de não ser nada de novo. Pode ser que triunfe em Roterdão.

    
Fábio Ventura aposta em Moniqué com "Make Me Human"
Após a pobre selecção do ano passado, a Lituânia decidiu renovar-se. Mudou a imagem e o nome do seu festival da canção e virou totalmente de página ao presentear-nos com um conjunto de oito canções com melhor qualidade e sonoridade. Cinco galas depois, chegamos finalmente à final daquele país com a injustiçada da edição anterior, Monika Marija, que, ainda tendo perdido alguma força em relação às canções anteriores, mantém o favoritismo na vitória, a par da alternativa Rūta, do estranho The Roop, da pantera cor de rosa KaYra e do quarteto fantástico feminino The Backs. Mas é a lindíssima e talentosa "Make me Human" da Monique que leva a minha pontuação máxima. Monique tem uma voz muito característica e as suas actuações têm vindo a melhorar de gala para gala, com uma performance bastante simbólica. Espero que a Lituânia não cometa o mesmo erro do ano passado! Nota negativa para a ausência da língua lituana nas canções finalistas.

     
Hugo Sepúlveda aposta em The Roop com "On Fire"
Lituânia apresenta-se com um novo nome e um lote de finalistas incrível, onde encontramos qualidade e diversidade! Com menção honrosa para KaYra e Rūta Loop, acredito que o pódio será disputado de uma forma renhida por: Monika, Aisté, Moniqué e The Roop, sendo estes últimos o meu top 2! De um lado, do mesmo autor de When We’re Old, a obscura e vulnerável, Make Me Human! De outro, a esquisita e hipnotizante On Fire! The Roop é algo que se estranha, mas que se entranha bastante! Desde que seja uma delas a vencedora, Lituânia vai bem representada!

    
Nuno Carrilho aposta em Monika Marija com "If I Leave"
Conhecida por massacrar até os mais eurofanáticos, a Lituânia resolveu remodelar a sua (interminável) final nacional e, para surpresa de todos, apresenta-nos um dos melhores lotes de finalistas da temporada. Provavelmente de todas as finais nacionais, o Pabandom iš naujo foi o mais díficil de escolher. Aiste Pilvelyte, Monique, Monika Marija e The Roop: qualquer um deles tem todas as condições para fazer boa figura em Roterdão e lutar por um bom lugar. Contudo, os meus 12 pontos vão para "If Leave", uma das canções com maior potencial de palco e defendida por uma voz já conhecida de todos nós.
     
Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 8 comentadores:
  
1.º The Roop – "On Fire" - 78 pontos
2.º Monique – "Make Me Human" - 76 pontos
3.º Rūta Loop – "We Came from the Sun" - 65 pontos
4.º Monika Marija – "If I Leave" - 62 pontos
5.º KaYra – "Alligator" - 49 pontos
6.º Aistė Pilvelytė – "Unbreakable" - 43 pontos
7.º The Backs – "Fully" - 38 pontos
8.º Meandi – "Drip" - 29 pontos


 
 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

1 comentário:

  1. Anónimo16:29

    A Lituânia é provavelmente o país que eu menos gosto de ouvir na Eurovisão. Nunca levaram uma música que me ficasse no ouvido e penso que este ano não fugirá à regra. A única que me agrada é “we came from the sun “, mas tenho quase a certeza que não ganha.

    ResponderEliminar