[Olhares sobre o OMPE] Quem representará a Moldávia no Festival Eurovisão 2020?


A Moldávia escolhe, esta noite, os seus representantes para o Festival Eurovisão 2020 através do O Melodie Pentru Europa 2020. Saiba quem são os favoritos do painel do Olhares do ESCPORTUGAL.


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPortugal realiza, esta temporada, a quarta edição do Olhares sobre as finais nacionais, em colaboração com o painel do ESCPORTUGAL Regiões. Depois dos Olhares sobre a Albânia, República Checa, Moldávia, Austrália, Letónia, Itália, Arménia, Lituânia, Noruega, Ucrânia e Eslovénia, Bielorrússia e Estónia, o Olhares regressa à Moldávia.

Vinte candidatos disputam a Final do O Melodie Pentru Europa 2020, depois da TRM ter decidido a realização do certame após a ronda de audições, onde seriam escolhidos os representantes do país. O júri e o televoto serão os responsáveis pela escolha dos representantes da Moldávia em Roterdão.


Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:

Adão Nogueira aposta em Catarina Sandu com "Die For You"
A Moldávia este ano lembrou-se de trocar as voltas a todos e felizmente reduziu o número de canções para a sua final, o que na minha opinião ainda seria mais plausível uma maior redução. Pois neste caso aplica-se o ditado de que a quantidade não é significado de qualidade. Mesmo com a participação de vários ex participantes no ESC, este ano as propostas são pouco interessantes e grandes parte delas merecia um revamp gigantesco para deixarem de pertencer aos anos 90. Sem conseguir ter favoritas, e com ainda mais tempo para apreciar as músicas, de entre a nova seleção destaco "Moldoviţa", “My Wine” e “Die for you” pela energia das músicas, alegria e a boa onda que transmitem. Assim, tendo que optar por uma, acho que a Catarina Sandu e “Die for you” podem ser uma boa aposta, visto ser um pop atual e animado que agradará a muita gente.


André Eric-Fernandes aposta em Valentin Uzun & Irina Kovalsky com "Moldovita"
A Moldávia trocou-nos as voltas ao anular a seleção de há umas semanas para organizar uma final à séria. Há músicas com bastante potencial e uma enorme variedade. Com o tempo a minha opinião sobre algumas foi mudando, mas guardo como preferida "Moldovița" de Valentin Uzun e Irina Kovalsky. É festiva, muito bem cantada, uma viagem a Chişinău em dia de festa. Conhecendo o histórico do país no festival, não tenho dúvidas que vão conseguir oferecer-nos um belo momento de entretenimento popular em Roterdão!


André Pereira aposta em Catarina Sandu com "Die For You"
A Moldávia tem vindo a piorar na qualidades das músicas a concurso na sua final nacional, ficando dificil de escolher a melhor... e a pior, tais são as várias opções. Este ano, sinto que o país apenas terá hipóteses com Catarina Sandu e "Die For You", a melhor canção da final nacional e com capacidade para uma óptima prestação.


André Moreira aposta em Diana Rotaru com "Dale Dale" 
"Dale Dale" o verdadeiro Guilty-Pleasure que assumo publicamente no ESCPortugal. Diana Rotaru tem uma voz medíocre (inegável), mas este tema é extremamente viciante. O seu ritmo latino acoplado ao seu toque quente fez com que me viciasse. É a minha aposta para a final Moldava, ainda que creia que Pasha Parfeni irá vencer pela sua popularidade.

Cláudio Guerreiro aposta em Natalia Gordienko com "Prison"
Dois anos depois do sucesso com a participação dos DoReDoS, Philipp Kirkorov (desta vez em conjunto com o grego Dimitris Kontopoulos) arrisca-se a ser mais uma vez o compositor que ajudará a Moldávia na sua ida à Eurovisão. Numa final nacional que peca sempre pelo seu lado extremamente amador nos arranjos musicais, “Prison” é uma balada profissional que começa enigmática e que nos conta a história de alguém que se sente aprisionado numa relação. Natalia Gordienko, apesar de nova, é uma cantora já com grande experiência de palco. Esse fator aliado ao profissionalismo que se espera da performance pode levar a Moldávia novamente à final, caso seja a escolhida.  



Fábio Ventura aposta em Valentin Uzun & Irina Kovalsky com "Moldovita"
Moldávia, aquele país que nunca se sabe muito bem como funciona a selecção nacional. Depois de terem anunciado que a escolha da canção representante do país seria feita internamente após duas rondas de audições, decidiram à última realizar uma final televisiva. Ainda assim, as minhas palavras no comentário anterior mantêm-se: "É em geral uma selecção que se apresentou fria, com várias canções que deixam muito a desejar. Escutadas as 36, destaco a bem produzida "Die for you", a querida "Our home" e a divertida "Moldovița", canção esta que reúne o tradicional moldavo, cantada na língua oficial daquele país (e que por isso soma mais pontos), num convite para visitarmos a Moldova em todo o seu esplendor." Os meus 12 pontos vão então para esta última, defendida por Valentin Uzun & Irina Kovalsky.


Hugo Sepúlveda aposta em Natalia Gordienko com "Prison"
Moldávia e a sua selecção nacional já começam a ser características, e este ano a selecção é apresentada em modo “poupança” no que toca a espectáculo televisivo. Entre todas destaco as opostas "Moldovița", interpretada por um duo, com um convite contagiante com uma sonoridade tão característica, com que Moldávia se pode diferenciar, e Prison, de Natalia Gordienko, que tem uma Dream Team por detrás. "Prison" tem uma sonoridade mais comercial e por isso pode agradar mais facilmente, para não falar que pode crescer muito mais em palco, como aconteceu com "My Lucky Day", da mesma equipa. Veremos o desfecho!


Nuno Carrilho aposta em Pasha Parfeny com "My Wine"
Ano após ano, a Moldávia faz trocas, mudanças, novas trocas... e et voilá. Devido à grande qualidade das audições (Ah... ok!), decidiram em realizar o O Melodie Pentru Europa. E os meus doze pontos voltam a ir para um repetente nestas andanças: Pasha Parfeny e "My Wine", uma canção muito parecido com a que levou em 2012. No entanto, destaco também a canção "Moldovita" que, segundo o histórico do país, poderá ser a escolhida para Roterdão. Sobre possíveis resultados? Temos de esperar por maio...

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 8 comentadores:

1.º Valentin Uzun si Irina Kovalsky – "Moldoviţa" - 69 pontos
2.º  Catarina Sandu – "Die for you" - 61 pontos
3.º  Pasha Parfeni – "My Wine" - 56 pontos
4.º  Georgeta Burlacu – "Răspunde!" - 46 pontos
5.º Natalia Gordienko – "Prison" - 41 pontos
6.º Diana Rotaru – "Dale dale" - 29 pontos
7.º  Maria Ciolac – "Our home" - 28 pontos
8.º Maxim Zavidia – "Take Control" - 22 pontos
9.º LANJERON – "Hi Five" - 18 pontos
10.º Midone Denis – "Like a Champion" - 16 pontos
11.º Viorela Moraru – "Remedy" - 14 pontos
12.º  Lavinia Rusu – "Touch" - 12 pontos
13.º Valeria Paşa – "It’s time" - 11 pontos
14.º  Julia Ilienko ft. Mishel Dar – "Tears" - 10 pontos
15.º Petronela Donciu si Portărescu Andreea – "We will be legend" - 10 pontos
16.º  Irina Kit – "Chain Reaction" - 9 pontos
17.º  Live Beat – "Love me now" - 5 pontos
18.º Dima Jelezoglo – "Do it slow" - 4 pontos
20.º Sasha Letty – "Summer of love" - 0 pontos


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários