Itália: Estreia do 'Festival di Sanremo 2020' bate recorde de audiência


Com uma média de 10 milhões e 58 mil espectadores, a estreia do Festival di Sanremo 2020 teve a melhor quota de mercado de 2005, com mais de 52,2% de share.


Já são conhecidos os valores audiométricos da estreia do Festival di Sanremo 2020. Em média, a transmissão foi acompanhada por 10 058 000 espectadores, registando um share de 52,2%, o maior desde 2005. No total, mais de 28 milhões e 317 mil espectadores acompanharam pelo menos um minuto da transmissão, tendo sido registada uma idade média de 54 anos.

A primeira parte do concurso, transmitida das 20h36 às 23h00 (hora de Lisboa), foi acompanhada por 12 milhões e 480 mil espectadores (51,2%), enquanto a segunda parte, das 23h05 às 0h27, obteve 5 milhões e 697 mil espectadores, com 56,2% de quota de mercado. O pico da transmissão aconteceu às 20h45 com mais de 14 milhões e 942 mil espectadores sintonizados na RAI1. Além disso, a RAI também revelou que a transmissão do evento na Roménia foi acompanhado por 80 mil espectadores, o que se traduziu numa quota de mercado de 1,9%.

Aceda, de seguida, aos resultados audimétricos da estreia do concurso desde 2011:

2011: 11 992 000 espectadores (46,32%)
2012: 11 415 000 espectadores (46,69%)
2013: 12 171 000 espectadores (48,20%)
2014: 10 939 000 espectadores (45,93%)
2015: 11 849 000 espectadores (50,51%)
2016: 11 134 000 espectadores (49,48%)
2017: 11 382 000 espectadores (50,37%)
2018: 11 603 000 espectadores (52,10%)
2019: 10 086 000 espectadores (49,50%)
2020: 10 058 000 espectadores (52,20%)

  
Estreante em 1956, a Itália conta com 45 participações no Festival Eurovisão, tendo estado fora do certame entre 1998 e 2010, apesar de ter triunfado em 1964 e 1990. Mahmood e "Soldi" foram os representantes italianos em Telavive, terminando em 2.º lugar com 472 pontos, menos 26 que o vencedor da edição, tendo recebido 13 pontos de Portugal (7 do televoto e 6 do júri). 


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RAI/EurofestivalNews/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários