Portugal: Filipe Sambado cancela concerto... depois de o espaço ter acolhido encontro do 'Chega'


Filipe Sambado, participante no Festival da Canção 2020, cancelou o seu concerto no Hard Club depois do espaço ter acolhido o encontro do partido político Chega.


Convidado pela RTP para participar no Festival da Canção 2020, Filipe Sambado encontra-se numa série de concertos de promoção do seu novo trabalho "Revezo", que conta com "Gerbera Amarela do Sul", canção que defenderá no Festival da Canção. Contudo, um dos concertos agendados foi cancelado... e anunciado noutro local.

Segundo o comunicado da Maternidade, o concerto agendado para 14 de Fevereiro no Hard Club, no Porto, está cancelado e passará para o Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural, depois do espaço original ter recebido o encontro do partido político Chega no passado sábado.

Aceda, de seguida, ao comunicado na íntegra:

"O Filipe, a sua banda e a Maternidade não se podem mostrar coniventes com um espaço que, se permite a compactuar com um encontro de ideologia de extrema direita, contando com membros que manifestam uma agenda e um programa racista, xenófobo, homofóbico, transfóbico, misógino e tantos outros adjetivos depreciativos de opressão e intolerância, contra os quais nos posicionamos, expressamos e lutamos.

Agradecemos ao Maus Hábitos por uma vez mais nos acolherem, principalmente dada a proximidade da data, e um obrigado muito especial à Cosmic Burger pelo apoio, celeridade e profissionalismo com que trataram este assunto de forma a garantir a viabilidade deste concerto num novo espaço.

Poderão pedir o reembolso do bilhete na bilheteira do HC.
Contamos convosco no Maus Hábitos no mesmo dia!

Pedimos a vossa compreensão,
Obrigado,

Filipe Sambado e Maternidade"



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: CCA/Maternidade /Imagem: Créditos Pedro Pina | RTP /Vídeo: RTP

10 comentários:

  1. Anónimo19:25

    Louvável

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:23

    Sou a favor da decisão

    ResponderEliminar
  3. Anónimo22:05

    Muito bem :)

    ResponderEliminar
  4. Coluna vertebral! Os valores falam mais alto que o dinheiro!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo22:29

    Muito bem, Filipe. Agora, permita-me uma sugestão: não se fique por aí. Inteire-se um pouco sobre quem é Rondão Almeida (como sabe, o FC vai decorrer no Coliseu Rondão Almeida). Vai encontrar coisas curiosas: um espaço que mudou para o nome do presidente da câmara em exercício quando a sala reabriu ao público (imaginemos um Coliseu Isaltino Morais, um Coliseu Rui Moreira, por aí fora…), um local onde já se organizaram touradas (tradicionais, nem menos), um presidente com cinco mandatos e que, com uma pirueta (sim, também lá se apresentam números de circo), conseguiu voltar para a Câmara… Pesquise, Filipe, pesquise, e talvez ainda venha a decidir cantar a sua "Gerbera" noutro lugar. E talvez conclua também que há "agendas" como a do partido que refere provavelmente porque há "calendários" como o do tão louvado comendador...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:56

      Ok boomer

      Eliminar
    2. Anónimo15:35

      I'm not a boomer, I'm much younger - sorry, 11.58.

      Eliminar
  6. Anónimo11:40

    Este quer publicidade grátis, para ver se ganha uns votos no Festival, já que a canção não vai a lado nenhum...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:37

      Se muitos criticarem o seu "post", há pelos menos uma pessoa que o apoia! Disse exatamente o que eu penso. "Chapeau"!

      Eliminar