ESC2020: Portugal no pote 4 para o sorteio de alocação nas semifinais

A UER divulgou a divisão dos países para o sorteio de alocação nas semifinais. Portugal está no pote 4.


Foi hoje divulgada a divisão dos países pelos potes para o sorteio de alocação nas semifinais, que terá lugar na terça-feira. Portugal foi colocado no pote 4, juntamente com Bulgária, Chipre, Grécia, Malta, Roménia e São Marino. Um pote diversificado visto que estes países não têm um grande histórico de votarem massivamente num outro país. 

O sorteio de alocação nas semifinais terá lugar na terça-feira às 15h10 (hora de Lisboa). O evento decorrerá na câmara municipal de Roterdão. Para além do sorteio de alocação nas semifinais, terá lugar também a cerimónia de entrega das insígnias entre o presidente da câmara de Telavive e de Roterdão.

Confira os potes para o sorteio de alocação nas semifinais:
Pote 1
Albânia
Áustria
Croácia
Macedónia do Norte
Sérvia
Eslovénia
Suíça

Pote 2
Austrália
Dinamarca
Estónia
Finlândia
Islândia
Noruega
Suécia

Pote 3
Arménia
Azerbaijão
Bielorrússia
Geórgia
Moldávia
Rússia
Ucrânia

Pote 4
Bulgária
Chipre
Grécia
Malta
Portugal
Roménia
São Marino

Pote 5
Bélgica
República Checa
Irlanda
Israel
Letónia
Lituânia
Polónia

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte e Imagem: Eurovision.tv

9 comentários:

  1. Anónimo12:28

    "Um pote diversificado visto que estes países não têm um grande histórico de votarem massivamente num outro país"
    Chipre e Grécia: Am I a joke to you?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:13

      Não poderia ter dito melhor AHAHAHAH

      Eliminar
  2. Anónimo13:10

    o pote 4 deve ser o pote dos "nem aquece nem arrefece".

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:15

    A Austrália dá todos os anos os 12 pontos á Suécia e ficam ambos no mesmo pote? O Chipre e a Grécia trocam todos os anos os 12 pontos entre si, e mesmo assim ficam no mesmo pote? Não consigo entender a lógica desses potes. E porque motivo, os nórdicos/escandinavos estão todos os anos no mesmo pote,se passam a vida a distribuir pontos entre si?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:48

      A lógica é precisamente essa, agrupar os países que costumam pontuar mais entre si. No sorteio, supostamente, há maior probabilidade de ficarem separados.

      Eliminar
    2. Anónimo16:44

      Por isso é que estão no mesmo pote. Para haver pouca probabilidade de calharem todos na mesma semifinal.

      Eliminar
    3. Anónimo16:50

      É essa mesma a razão de ficarem no mesmo pote

      Eliminar
    4. A ideia é mesmo essa, os países que votam entre si ficam no mesmo pote para que sejam divididos pelas 2 semi-finais para que não haja possibilidade de ficarem todos por exemplo na mesma semifinal. Assim há menos probabilidade de haver votos por amizade, pelo menos na semifinal. O caso do Chipre e Grécia é igual, estando no mesmo pote como são apenas 2 tanto podem ficar na mesma semi como em diferentes.

      Eliminar
  4. Anónimo19:08

    Para Portugal, um sorteio mais favorável de acordo aos padrões de voto e com uma meia final de 17 países seria: França, Espanha e Holanda dos já apurados para a final, Suiça, Sérvia e Eslovénia do pote 1, Islândia, Finlândia, Austrália e Estónia do pote 2, Arménia, Geórgia e Ucrânia do pote 3, San Marino, Malta e Chipre do pote 4, Bélgica, Irlanda e Lituânia vindas do pote 5.

    ResponderEliminar