Slider

ESC2013: Um único apresentador em Malmo







O produtor executivo do Festival Eurovisão da Canção 2013, Martin Österdahl, declarou à imprensa sueca que o objetivo da SVT é proporcionar um regresso às origens do festival onde apenas existia um único apresentador. Esta declaração segue a linha do que tinha sido anunciado pelo responsável pela UER/EBU, Ola Sand, quando este referiu que em 2013 o objetivo é conceber um espetáculo de televisão, eliminando tudo o que é acessório e que foi sendo acrescentado ao festival ano após ano.

Ambos os responsáveis reconhecem que a crise económica está na base de diversas decisões que estão a ser tomadas, tanto pela SVT como pela EBU/UER. O orçamento do evento está a ser ajustado para que o maior número de países possa participar no evento. "Queremos uma forma de apresentação mais parecida com a cerimónia de entrega dos óscares", afirmou Österdahl que acrescentou: "Vamos , com certeza, eliminar os leds e optar por um cenário mais intimista, sem contudo renunciar aos últimos avanços tecnológicos". E rematou: "Estamos convencidos que vamos pdoer devolver o festival ao seu conceito original, unindo as pessoas e focalizando a atenção nos artistas".

Esta e outras notícias também no nosso Facebook. Visite já!

 Fonte: EUROVISION SPAIN / Imagem: GOOGLE

12
( Hide )
  1. Anónimo17:07

    Não gosto!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:06

    EU gosto. O ultimos escs têm sido cheios de makakada desnecessária. EU gosto!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo01:32

    Também me agrada. Quanto mais simples, melhor.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:24

    Gosto, mesnos palhaçada e mais serenidade na música. Falta saber se o país mais pobre falido e da europa ocidental vai estar lá!

    ResponderEliminar
  5. Shevek22:31

    Acho uma ótima ideia. Há que eliminar gorduras a mais, sem dúvida. Agora, não posso deixar de assinalar a ironia de ser a SVT a defender este ponto de vista. Afnal de contas, o famigerado MF brilha pela sua ênfase no acessório e por ter canções menores na sua maioria (isto sem falar no uso vergonhoso de vozes de apoio pré-gravadas) mas enfim... Já agora, se houvesse música ao vivo, sempre se dava trabalho a uns quantos músicos.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo09:01

    10.31, a SVT dá muito mais destaque aos artistas no MF que normalmente o ESC faz. Se reparares os postscards do MF incluem sempre os artistas, tal como o ESC fazia ha uns anos. Penso que é isso que a SVT quer fazer

    ResponderEliminar
  7. Shevek12:56

    Sim, anónimo das 09.01. Não disputo esse facto; apenas acho que também seria melhor apostar mais no valor musical do certame e menos na espetacularidade pura. O MF é um certame desequilibrado, na minha opinião.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo22:54

    Shevek, eu nem gosto muito das suecadas, acabam por ser cansativas. E as letras... valha-me Deus, são qse todos pimbas!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo00:12

    Mas porquê só um apresentador? :(

    ResponderEliminar
  10. Anónimo12:36

    12.12: ja ouviste falar em crise, poupança...?

    ResponderEliminar
  11. Anónimo13:34

    Bem, eu já ouvi falar, 12:36

    De: Anónimo das 12:12

    ResponderEliminar
  12. Anónimo18:56

    Aiii este Suecos agora a darem uma de poupadinhos e tradicionais, foi para isto que queriam tanto ganhar o ESC??? Para mostrar que são iguais aos outros países e não superiores? Opá até acho bem mas não é por terem os 3 apresentadores que vão pagar mais ou vão? Acho que é muita coisa para uma pessoa sozinha.

    ResponderEliminar

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.