Portugal: Donna Maria de regresso aos discos com "Plasticidades"


O grupo Donna Maria está de regresso aos discos com "Plasticidades", o quarto registo do projeto. Miguel Majer e Inês Vaz são responsáveis pela maioria dos temas.


Descrito como "um olhar sobre o passado da banda que propõe “novas formas” de olhar temas carismáticos da sua discografia e um enlance com o futuro por meio de novas canções", o novo disco dos Donna Maria, grupo que assinala, este ano, o seu 15.º aniversário, é lançado, digitalmente, a 20 de setembro. O novo trabalho é marcado pela celebração das canções, e ao invés de uma voz principal, cada tema é revisitado na voz de um(a) artista convidado(a), num equilíbrio entre intérpretes consagrados e outros ainda desconhecidos do grande público.

Miguel Majer, fundador e mentor dos Donna Maria, assina grande parte das letras e músicas, bem como da produção musical e arranjos. Também Inês Vaz participou na produção e arranjos, assumindo a co-autoria de várias músicas do projeto, que conta com um quarteto de cordas dirigido pelo violinista António Barbosa e a participação do pianista e produtor brasileiro, Marcos Romera. Joana Amendoeira, Ana Vieira, Patrícia Roque e Vitorino são algumas das vozes do álbum.

Aceda ao álbum AQUI.

Miguel Majer participou no Festival da Canção de 2008 como compositor de "Porto de Encontro", em conjunto com Ricardo Santos. O tema, defendido pelo grupo Lisboa Não Sejas Francesa, ficou no 9.º lugar entre 10 participantes. Em 2012 regressou ao concurso com "Amor a Preto e Branco", tema com letra de Inês Vaz, com Rui Andrade a alcançar o 3.º lugar com 14 pontos, fruto do quarto lugar no júri e no público.




Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem: Farol Musica / Vídeo: RTP

Sem comentários