PORTUGAL: CONHEÇA OS APURADOS DA 2.ª SEMIFINAL DO FESTIVAL DA CANÇÃO 2019

Já são conhecidos os últimos quatro finalistas do Festival da Canção 2019. Aceda aos resultados na íntegra.


NBC, Surma, Madrepaz e Mariana Bragada são os últimos quatro finalistas do Festival da Canção 2019. A 2.ª semifinal do concurso teve lugar esta noite e consagrou estes quatro nomes como os mais votados. Outras quatro canções ficaram pelo caminho. Estes nomes juntam-se assim aos quatro apurados na semana passada na grande final que terá lugar em Portimão.

Qualificados para a final:
NBC - "Igual a Ti" (10 júri + 12 televoto = 22 pontos)
Surma - "Pugna" (12 júri + 6 televoto = 18 pontos)
Madrepaz - "Mundo a Mudar" (6 júri + 10 televoto = 16 pontos)
Mariana Bragada - "Mar Doce" (8 júri + 7 televoto = 15 pontos)

Eliminados:
Dan Riverman - "Lava" (7 júri + 8 televoto = 15 pontos)
João Couto - "O Jantar" (5 júri + 5 televoto = 10 pontos)
Mila Dores - "Debaixo do Luar" (4 júri + 4 televoto = 8 pontos)
Lara Laquiz - "O Meu Lugar" (3 júri + 3 televoto = 6 pontos)

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte e Imagem: RTP

60 comentários:

  1. Anónimo23:22

    Supresa..madre luz sem dúvida. Surma surpreendente a receber 12 pontos do juri mas o televoto ahah. O NBC sinceramente pensava que ia ser melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo08:43

      A surma e horrivel... Em vez de cantar sussurra

      Eliminar
    2. Realmente, fiquei muito surpreso com os 12 pontos do juri à Surma, a canção dela é muito mais experimental e alternativa que a do Conan.

      Meu palpite é que eles sabem que Conan é o grande favorito, então deram apenas 7 pontos, visando pontuar mais outras canções que talvez não fossem bem com o televoto, como Inércia e Perfeito. Já com Surma foi o contrário, queriam a canção na final e sabiam que talvez não fosse bem no televoto, então deram pontuação máxima. Espero que na final pontuem bem o real favorito: Conan Osíris.

      Madrepaz surpreendeu-me. Merecida classificação. Também fiquei muito feliz com o desempenho de Lava do Dan. Adoro esta canção e por pouco não se classificou.

      Agora sobre o NBC... esperava bem mais. Estava a esperar uma apresentação mais sombria, obscura... algo que remete mais ao clima sóbrio e misterioso da canção. Acredito que não será um obstáculo tão sério para Conan. Matay e Calema devem ser os grandes adversários de Telemóveis.

      Eliminar
  2. Anónimo23:24

    Tanta coisa com o Júri, mas foi graças a eles que temos a Surma na Final.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luis Andre Santos23:44

      infelizmente ...

      Eliminar
    2. Anónimo13:42

      Tambem nao se perdia grande coisa. A música sigue sendo pessima.

      Eliminar
    3. Anónimo14:28

      A música é muito boa dentro do nicho musical dos Sigur Ross e Bjork, que não gostem é uma coisa, mas a Surma têm qualidade e têm uma identidade muito marcada.
      Agora se é boa para a eurovisão? Não, em nada, mas mereceu passar pela apresentação em palco

      Eliminar
  3. Anónimo23:27

    Incrivel. Mais uma vez o juri a sabotar os favoritos do publico. Semana passada o Conan, esta semana o NBC. Acho que o Jantar merecia ir a final. Mais que a Mariana Bragada. Assim como É que é na semana passado que era melhor que a Inercia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Absolutamente de acordo.

      Eliminar
    2. Anónimo00:55

      Eu também concordo. É o que é e O Jantar deveriam ter ido à final.

      Eliminar
    3. Anónimo08:43

      Sao musicas que nao iam ganhar mas que tonham qualidade para estar na final

      Eliminar
    4. Anónimo14:38

      A Mariana Bragada para mim mereceu passar por ser um dos dois candidatos que não foram convidados pela rtp, mas ela e os Madrepaz tiveram uma apresentação em palco que não acrescentaram nada, nesse aspeto deixava os Madrepaz na semifinal e levava o João Couto, o rapaz viveu a música e deu vida às palavras

      Eliminar
  4. Anónimo23:29

    A minha alma está parva! O júri deu os 12 pontos á Surma???? Afinal, as críticas que se fizeram a semana passada surtiram efeito

    ResponderEliminar
  5. Anónimo23:31

    O júri deu 12 pontos à Surma?!
    Visualmente esteve fantástica em palco e estou muito contente por ela ter passado, mas depois dos 7 ao Conan nunca diria...
    Será que aquilo que o Júlio disse de serem 4 mulheres compositoras e intérpretes foi a razão?

    ResponderEliminar
  6. Anónimo23:32

    Surma melhor da noite. Surpreendeu-me muito pela positiva e tenho que reconhecer que ainda bem que temos jurados!
    12 pontos bem merecidos. Um staging completamente invulgar.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo23:33

    A surma mesmo que surpreenda na final en relação ao juri, creio que o televoto nao a vai ajudar em nada, se fossemos a ver esta sujeita a ficar em ultimo no televoto, e o nbc também nao me agradou nada, vamos ver, vamos ver. Quem pode ganhar sem duvida é o conan, o matay ou o NBC mas este, com esta atuação nao sei. Espero que ganhe o melhor :D
    Força conan

    ResponderEliminar
  8. Anónimo23:33

    Surma melhor da noite. Surpreendeu-me muito pela positiva e tenho que reconhecer que ainda bem que temos jurados!
    12 pontos bem merecidos. Um staging completamente invulgar.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo23:34

    Estou estupefacto com os 12 do júri, mas pela positiva!!

    ResponderEliminar
  10. Como é que a Lara Laquiz e a Mila Dores ficam em último... O jurí a dar 12 pontos à Surma?! Tal como na primeira semifinal o último e o penúltimo do jurí e do televoto são iguais?! Para mim, há algo nesta votação que não está certo...
    Diria que, nesta semifinal, identificava mais a votação do júri como do público e a do público como do júri...

    ResponderEliminar
  11. Anónimo23:42

    A canção do NBC ficou bastante fraca ao vivo, o timbre dele também se perdeu só lhe restou a projeção vocal.
    Não deixem a Surma ficar com baixa pontuação no televoto na final!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo08:45

      Simplesmente esta mal apresentada

      Eliminar
  12. Anónimo23:42

    Acho que vamos ter uma das melhores finais de sempre do Festival da Canção. Há muita diversidade, qualidade e atuações fora da caixa. A meu ver, a luta pela vitória vai ser entre quatro temas: Conan Osíris, Matay, NBC e... Surma. Esta última foi, inclusivé, uma grande surpresa ao receber os 12 pontos do júri e, pelas primeiras reações que estou a ver, poderá andar também nas tendências do YouTube durante a semana, o que se poderá traduzir em votos do público na final de sábado... Poderá ser a "black horse" deste ano...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:17

      A surma nao se safa no televoto creio, so se mudar muito numa semana

      Eliminar
    2. Anónimo12:36

      @23:42 em cinco frases, escreveu duas baboseiras:

      "Acho que vamos ter uma das melhores finais de sempre do Festival da Canção."

      "Poderá ser a "black horse" deste ano..." DARK HORSE, lol, é dark horse que se diz!

      Eliminar
  13. Anónimo23:47

    Surma foi horrível ...

    ResponderEliminar
  14. Anónimo23:54

    Surma: péssimo
    Madrepaz: ainda pior

    ResponderEliminar
  15. Anónimo23:54

    O bichinho dos espasmos passou do Filipe Keil para o NBC esta noite!

    ResponderEliminar
  16. De facto este júri é esquisito. A única canção que escapa à mediocridade não fica em primeiro lugar pela votação de um júri quase todo constituído por gente ligada à música. Naturalmente já a pensar que a pulga não iria ser grandemente favorecida pelo televoto, como não foi. Será que não gostaram suficientemente do guarda-roupa do intérprete? Acho até que foi bem escolhido, preto com preto é que não luz nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:15

      Pugna, nao pulga ahah.

      Eliminar
    2. Anónimo00:36

      Acho que o NBC viu as críticas do Goucha à roupa do Conan e pediu-lhe um fato emprestado

      Eliminar
    3. Anónimo13:41

      Foi pela letra, mesmo. E creio que pode haver alguma homofobia por parte de alguns jurados.

      Eliminar
    4. anónimo das 00.15, agradeço a chamada de atenção mas eu sei ler. Escrevi assim de propósito só para gozar, porque é um título que nenhuma canção merece.

      Eliminar
    5. Anónimo16:04

      Dan Carv, eduque-se um bocadinho:

      https://dicionario.priberam.org/pugna

      Eliminar
    6. anónimo das 16:04 Pelos vistos, você só começou agora. Mas eu não e não preciso de me socorrer de dicionários cada vez que me aparece um termo impróprio e desnecessário.

      Eliminar
  17. Nunca percebi essa ideia que o pessoal tem do do júri ser antiquado.Principalmente as críticas ao Júlio Isidro, primeiro porque ninguém sabe como ele votou individualmente e depois porque foi ele que nos anos 80 deu a conhecer o António Variações.Por isso expliquem-me isso com argumentos realmente válidos,se faz favor, ou então começo a achar que há aqui muita gente que tem preconceitos com a idade de uma pessoa (velho=gosta de coisas de velho).

    Percebam que o júri vota consoante a qualidade do que estão a ver e por muito que custe (a mim que gosto e é a minha canção preferida) a performance do Conan apesar de ter tido impacto,esteve longe de ser perfeita.Principalmente em termos vocais.Seria injusto dar 12 ao Conan quando Matay e Ana Claudia, dentro do que propunham, estiveram globalmente melhores.

    Portanto, os 12 pontos para a Surma em nada me admiram,ela foi a melhor esta noite sem dúvidas.Eu não era fã da canção mas depois do que vi e ouvi hoje, a minha percepção mudou radicalmente.Em relação ao NBC: salva-se mesmo a música em si e os fantásticos backing vocals, o resto foi um desastre:roupa(meu deus!!), voz demasiado estridente, performance demasiado dramática.Esperava uma performance mais sóbria e elegante, mas pode ser que para a semana ele veja a atuação e a altere .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:27

      Marcos estou totalmente de acordo... escreveria exatamente o mesmo e tenho como é óbvio exatamente a mesma opinião

      Eliminar
    2. Anónimo00:39

      A maior crítica que faço ao Júlio Isidro é a sua assumida discriminação por músicas em inglês, esse bias o devia desqualificar como jurado.
      Se ele realmente defende a poesia na música têm de conseguir avaliar a poética de uma música em inglês, ponto final

      Eliminar
    3. Anónimo13:40

      Oh rapaz. Os anos 80 foram diferentes e o isidro era outra pessoa talvez, sabes que todos mudamos ao longo dos anos, certo? Chateia tratarem o juri como uns deuses so porque ganhamos. Eles cometem falhas como cualquier ser humano, e convem nao ignorar que a surma tinha "amigas" no juri.

      Eliminar
    4. Anónimo das 13:40 sabes por acaso a votação individual do Júlio Isidro?Não?Então não fales do que não sabes, deixa-te de preconceitos com a idade e pára de inventar cenários!!Eu não trato os júris como deuses...fato é que deram 7 pontos ao Conan(sabendo que ele tinha 12 do televoto) e 12 à Surma(sabendo que o televoto ia arrasar com a canção) e ambas as canções estão na final.

      E ja que detestas tanto o júri que dizer da votação do tão maravilhoso público?O Salvador Sobral se foi à Eurovisão e só fez o "favor" de ganhar aquilo... foi porque houve um júri de sala (onde estava lá o Júlio Isidro!!) e um júri regional que lhe deram 12 pontos tanto na semi como na final porque o tão fantástico e sabedor público português nunca lhe deu 12 pontos.

      Resumindo, para que percebas...Nem o júri nem o público tomam decisões certas.Mas essa ideia de que quando algo corre mal ou quando as votações não são como queremos é porque há algum tipo de conspiração ou preconceito dos júris é tão histérica e rídicula.Faz me lembrar os treinadores de futebol que num fim-de-semana queixam-se da arbitragem quando no fim de semana anterior foram beneficiados de alguma maneira...Enfim.

      Eliminar
    5. Anónimo das 00:39, a questão é: alguma vez houve uma canção em inglês no Festival da Canção realmente boa para ir à Eurovisao?As que foram mostradas até agora foram canções pop bem medianas(Dont Walk Away,Sunset) que nem o público defendeu assim tanto.Por isso concordo que não existindo para já nenhuma canção em inglês realmente merecedora de ir, ao menos que se envie algo em português.Nas últimas Eurovisões inclusive verifica-se que essa é a tendência e cada vez mais paises vão a cantar com a sua lingua mãe.

      Mudarei a minha opinião sobre o assunto quando existir realmente uma boa canção em inglês no nosso festival e houver alguma discriminação nessa altura ;)

      Eliminar
    6. Anónimo16:18

      @Marcos Nunes, concordo que as canções em inglês em 2017 e 2018 foram medianas, mas não é a isso que eu me refiro, falo sim da atitude preconceituosa e discrimatória manifesta do Júlio Isidro em não querer músicas em inglês, é uma questão moral e ética. Um júri não deve permitir que os seus bias sejam considerados a concurso, imagine você que o Júlio Isidro não é preconceituoso para com músicas em inglês mas sim artistas que não nasceram em portugal, também o defenderia porque as músicas apresentadas a concurso por estrangeiros entre 2017 e 2019 foram medianas?
      Sei que a comparação não é a mais correta, mas existe uma certa xenofobia em ambos os exemplos

      Eliminar
  18. Anónimo00:09

    Por alguma razão as canções são apresentadas ao vivo e não são votadas quando apenas estão gravadas, sem se verem as atuações. Será justo o júri votar pelo potencial da canção e não pelo que, concretamente, é a sua apresentação? Eu prefiro a canção de Conan Osíris à de Surma, por exemplo, mas, enquanto a atuação dele e do bailarino me pareceram confusas e num ou noutro momento sem sentido (refiro-me à atuação e não ao valor da canção), ela criou uma atmosfera com algum impacto, adequada à sonoridade da canção. Enquanto intérpretes como Ana Cláudia, Matay ou Madrepaz valorizaram o que estavam a cantar, Osíris - sem ter estado mal - ficou aquém do que se esperaria. Na final poderá (e esperar-se-á) fazer melhor. Culpar sistematicamente um júri que o colocou na linha de passagem à final mas não lhe deu a pontuação máxima parece-me injusto e errado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:48

      É uma boa análise e tenho de concordar.
      Comparativamente nota-se que a coreografia da Surma está pensada e planeada, enquanto que a do Conan nem por isso. Aliás numa entrevista falou que nos concertos nada do que faz está planeado e que a "estrutura" que existe foi-se construindo através dos ensaios que têm feito, o que é legítimo. Uma peça teatral pode ser construída através de improvisos e experimentação, mas na altura da estreia convém existir um estrutura e a interpretação na semifinal foi muito improvisada, perdendo o impacto inicial que o princípio e o fim tiveram, mesmo a nível vocal o Conan falhou.
      Se o Conan apresentar uma interpretação com a qualidade da Surma ele têm certamente a vitória asegurada e um futuro brilhante na esc, por isso espero que tenham ensaiado imenso a música nesta semana que passou

      Eliminar
    2. Finalmente alguém sensato!!! Parabéns :)

      O pessoal que comenta esquece-se de uma "pequenina" coisa importante:Eurovisão e Festival da Canção são espectáculos AO VIVO onde as canções têm que ser interpretadas e só com base na MÚSICA+INTERPRETAÇÃO é que podem ser avaliadas(tanto pelo público como por júris).

      Há dezenas de exemplos de músicas extraordinárias que ficaram em lugares miseráveis à custa de falhas na interpretação e outras em que os artistas fizeram milagres salvando canções fracas.

      Se a Eurovisão e o FDC fosse só um concurso de músicas apresentavam-se as gravações, votava-se e pronto.Mas não é, e não é só porque gostamos de uma canção que podemos achar que não devemos ser exigentes com a sua apresentação ou que devemos ser arrogantes e não aceitar que uma música que não gostamos possa ter melhor resultado fruto de uma interpretação mais bem conseguida.

      Se todos tentarmos fazer um exercício de imparcialidade, veremos que os resultados do festival até agora têm sido, na sua grande maioria, justíssimos.

      Eliminar
  19. Anónimo00:55

    "Afinal, as críticas que se fizeram a semana passada surtiram efeito"

    A piada da noite. É que alguma vez na vida os jurados qualificados vão precisar de criticas de um bando de fanáticos por uma canção sem pés nem cabeça?

    ResponderEliminar
  20. Anónimo01:36

    Muito triste pelo riverman não ter passado

    ResponderEliminar
  21. Podem não gostar da música da Surma, mas ela apresentou o melhor staging de sempre do Festival da Canção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo03:44

      Concordo plenamente, mas nesse ponto estendo os parabéns a RTP, noto muitas melhorias técnicas em relação aos anos anteriores. Algo me diz que em Portimão vai ser estrondoso.

      Eliminar
    2. Anónimo13:36

      Melhor staging? Porque? É uma questao de gostos, eu nao achei. Que mania de acharem que a vossa opiniao é a realidade.

      Eliminar
  22. Anónimo08:32

    Que maravilla de actuación la de Surma. Es mi ganadora sin lugar a dudas. Que cosa más elegante, rompedora... arte pura. Además en los país nórdicos este estilo es muy bien acogido. Creo que es incluso una mejor apuesta que la de Conan

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:42

      Parece me que esta se a fazer de espanhol

      Eliminar
    2. Anónimo13:35

      Nao é melhor que o conan e nos países nordicos este estilo nao triunfa. Para alem disso, lembra a actuacao de o jardim

      Eliminar
    3. Anónimo14:42

      @13:35 Acho que está a comparar a Surma à Bjork e aos Sigur Ross.
      Tb sei que a Surma já deu concertos no norte da europa, Canadá e em muitos outros países, secalhar a Surma é a artista mais internacional no fdc deste ano

      Eliminar
  23. Anónimo09:14

    Esta gente que está para aqui a comentar que o júri avalia bem, pois o pacote geral (coreografia, luzes, voz, canção, etc) das apresentações do Matay e afins foram melhores que a do Conan, não percebem nada do ESC. Então não sabem que o papel do júri no festival da canção é votar na canção com mais potencial? Não sabem que depois de escolhida a canção, a mesma irá sofrer melhorias na composição, o cantor tem tempo para melhorar vocalmente, vão ter uma equipa a ajudar na coreografia, vão ter efeitos de palco e camera brutalmente profissionais na Eurovisão, vão ter upgrades na roupa, maquiagem e cabelos? Cabe sim ao júri nacional avaliar uma canção no festival da canção pela canção em si, pelo impacto social da sua escolha, o seu enquadramento no tipo de imagem que queremos dar lá fora e pelo potencial da canção. Isto de prejudicar uma canção só porque o cantor não cantou na melodia da gravaçao áudio (Conan) é de morrer a rir. "Ahh e tal o MATAY esteve melhor vocalmente" "ahh e tal a Ana Cláudia esteve mais polida" exato pessoal, vamos votar numa canção miserável só porque no festival da canção esteve mais polida ... Eu também podia ir cantar o atirei o pau ao gato de forma muito polida mas isso não faria de mim a melhor escolha. Enfim ... Eu vou votar CONAN mesmo que na final do festival no próximo sábado ele desafine. Mas há dúvidas?

    TACV

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:52

      Mas então para que serve o FC ao vivo? Bastaria escutarem-se as canções em gravação de estúdio? Não será importante ter uma ideia de como é a apresentação em palco? Os júris do ESC também votam depois de um espetáculo ao vivo (sempre na véspera do espetáculo difundido pela Eurovisão). Que as canções (e interpretações) depois da vitória nacional podem ser sujeitas a alterações compreende-se, mas também terá de ter-se em conta a atuação em palco nas eliminatórias e finais nacionais, senão bastaria votar-se depois disponibilizado o áudio. Diz (e tem, claro, direito à sua opinião) que vota numa canção mesmo que o cantor desafine na final nacional. Não poderá desafinar também no ESC? Deverá enviar-se em representação do país alguém que desafina? E note-se que eu nem achei que Conan Osíris tivesse desafinado - apenas me pareceu uma atuação (dele e do bailarino) confusa e pouco conseguida.

      Eliminar
    2. Desculpa, mas achares que a Eurovisão é só um concurso de músicas é estares completamente alienado das coisas.Exemplos:

      Albânia 2018: staging absolutamente banal e uma música pouco comercial ficou em 11º...sabe-se lá porquê,não é?
      Belgica 2017: safou-se o público...a Blanche foi um desastre mesmo tendo uma música óptima.Se dependesse do júri ia para casa mais cedo.
      Itália 2017: "hey que canção fantástica"... "isto vai ser brutal"..."a Italia não vai dar hipóteses"....pffff puserem-se a por arco -iris e cor por tudo o lado e viu-se a bela m*rda que fizeram (nem no top 5 do público ficaram)
      Moldávia 2017: alguem achava que a musica dos Sunset era merecedora de um 3º lugar antes de ver a atuação?Duvido.
      Portugal 2010:A Filipa quase foi queimada em praça pública por irmos com a canção dela mas é verdade é que voltamos a qualificar para a final e ficamos em 2º lugar no juri da semi desse ano.
      Letónia 2002:Nem vou dizer mais nada, vai ver o video para perceberes como uma canção ultra básica pode inclusive ganhar tudo bastando ter uma boa atuação.

      Isso que falas que vota-se na canção e depois o artista vai melhorar até Maio bla bla bla é muito bonito mas tanto pode funcionar assim como ao contrário.Portanto o correto e sensato é votar consoante o que te mostram no momento, não é a fazer futurologia.

      Eliminar
    3. Anónimo19:17

      Claramente não me entenderam ... O que eu disse foi que uma canção boa não pode ser prejudicada pelo júri só por um pequeno deslize ou por um pormenor que pode ser melhorado até às Eurovisão. Uma canção e performance numa final nacional portuguesa não é o pacote final. Os juris não estão a avaliar o pacote final que vai ao ESC. Imaginem o que era prejudicar na final o CONAN porque o júri não gostou dele usar máscara, ou um cantor qualquer por ter desafinado numa nota nessa noite. Não faz sentido nenhum. Numa final nacional consegues perceber e diferenciar os deslizes na voz de um mau cantor. O NBC é um claro exemplo disso, apesar dele ter feito aquela dança toda aos tremeliques isso pode ser melhorado na final nacional e na Eurovisao. Prejudicar essa canção por causa desse pormenor não faz sentido, especialmente se porventura essa fosse a única canção boa que tínhamos. Segundo o que vocês defendem acham correto dar preferência a uma má canção só porque nessa noite o cantor da boa canção tropecou ou desafinou uma nota ... isso não é escolher inteligentemente na minha opinião.

      TACV

      Eliminar
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  25. Essa ideia de que na final sempre fazem melhorias na apresentação em palco não é 100% certo. Muitas vezes as tentativas de melhorias resultam em fracasso, tornando pior a emenda do que o soneto.

    ResponderEliminar