ESC2019: DARUDE É O REPRESENTANTE DA FINLÂNDIA EM TELAVIVE


Darude foi o escolhido da emissora da Finlândia para representar o país no Festival Eurovisão 2019 em Telavive.


Ville Virtanen, mais conhecido pelo nome artístico Darude, é o representante da Finlândia no Festival Eurovisão 2019. O anúncio foi efetuado, esta manhã, em conferência de imprensa da YLË, apresentada por Krista Siegfrids (ESC2013). O conhecido DJ e produtor musical, que chegou à fama internacional com Sandstorm', tema lançado em 2000, irá compor as três canções que serão apresentadas no UMK2019, evento que decorrerá a 2 de março.




Sebastian Rejman, vocalista dos Giant Leap, dará voz aos três temas de Darude no UMK2019. De realçar que, em 2017, a Noruega foi representada por JOWST e "Grab the Moment", tema que foi defendido por Aleksander Walmann em Kiev.



Estreante em 1961, a Finlândia conta com 52 participações no Festival Eurovisão, tendo vencido a edição de 2006. Em Lisboa, Saara Aalto e "Monsters" foram os representantes finlandeses, tendo terminado em 25.º lugar com 48 pontos, sendo a primeira presença da Finlândia na Grande Final desde 2014.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: YLE / Imagem: UMK /Vídeo: Eurovisiontv

14 comentários:

  1. Primeiro plágio da temporada, República Checa: Hurts - Ready to go. (Desculpem o off topic).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:39

      Que seja verdade e que seja desqualificado. Queremos True Colors na Eurovisao. Espalhem isto ao maximo

      Eliminar
    2. Anónimo20:06

      Tenho uma má notícia para dar, se Friend of a Friend for desqualificada por plágio (o que não acontece na eurovisão) quem a substitui é a segunda canção classificada: Space Sushi.
      Se Space Sushi for um plágio também e for desclassificada (mais improvável ainda de acontecer) é que True Colours representaria a República Checa

      Eliminar
    3. Anónimo20:44

      Por acaso True Colors seria apenas a quarta opção. Antes ainda temos a canção da Pam que também teria de ser desclassificada.

      Eliminar
  2. Anónimo14:28

    Uow… nem sabia que era finlandês o tipo…
    Fixe fixe era serem os Nightwish :D Keep dreaming :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:10

      Em 2017 o Gunter, conhecido por aquela música do "You touch my tralala, my ding ding dong", era um dos candidatos a representar a Finlândia.
      A UMK2017 foi um ano tão bom, é pena terem mudado para este formato.

      Eliminar
  3. Anónimo14:49

    Darude? O mesmo Darude da Sandstorm?

    ResponderEliminar
  4. What???? O gajo do "Sandstorm"? Já está ganho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:48

      Lol... nem se conhece a música

      Eliminar
    2. Anónimo21:44

      Exatamente. O nome não tem qualquer peso na Eurovisão. É bom que a música seja boa, senão está tramado. Os grandes nomes que participaram até hoje na Eurovisão, não se deram bem. Pelo menos, não me recordo de nenhum que tenha sido bem sucedido.

      Eliminar
    3. Anónimo22:39

      Se a Bonnie "Total eclipse of the heart" Tyler não teve sucesso na eurovisão, o Darude não se safa só pelo sucesso de 1999

      Eliminar
  5. Anónimo15:24

    As tATu foram quem esteve mais perto, mas nem elas conseguiram ganhar mesmo no auge da sua fama internacional porque não se esforçaram minimamente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:19

      O problema é mesmo esse. Pensam que o nome por si só já é sinónimo de sucesso, e por isso não se esforçam tanto. Como sabemos, na Eurovisão o peso do nome não conta nada.

      Eliminar