ESC2019: KAN procura "palco de pequena escala" para aumentar a capacidade do recinto


A imprensa israelita avança que a KAN abriu um concurso para a construção do palco do Festival Eurovisão 2019, procurando "conjuntos de pequena escala" para maximizar a capacidade do Pavilhão 2 do Centro de Congressos de Telavive.


Depois da escolha de Telavive para receber o Festival Eurovisão 2019, a capacidade do Pavilhão 2 do Centro de Congressos tem estado em destaque na comunidade eurovisiva, sendo espectável que apenas sejam vendidos cerca de 4 mil bilhetes por espetáculo (AQUI). A imprensa israelita, que anteriormente já avançou que a green room será colocada num recinto anexo para aumentar a capacidade do local (AQUI), escreveu recentemente que a KAN tenciona construir um palco "de pequena escala" para aumentar o número de pessoas na arena.

Segundo a publicação, a KAN, emissora estatal de Israel, lançou um concurso para a construção do palco para o Festival Eurovisão 2019, tendo, como critério, a preferência por "conjuntos de pequena escala", de forma a aumentar ao máximo a capacidade do Pavilhão 2 do Centro de Congressos.




Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurofestivalnews / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

8 comentários:

  1. Anónimo16:55

    Acho que isto é óbvio. O palco terá de ser mais reduzido em relação aos palcos dos anos anteriores. E, sinceramente, não me choca nada e até acho preferível; às vezes as atuações perdem-se com palcos gigantescos, onde não há adereços e o máximo de 6 elementos nem chega para encher um palco!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:36

      Bem dito, deviam ter optado por um palco mais pequeno também em Lx, mas a EBU gosta dos palcos megalómanos...

      Eliminar
    2. O palco em Lisboa nem era assim tão grande. a sua implantação era bastante abrangente por causa da "passerelle" o que enchia bastante a arena, mas o palco propriamente dito estava dentro das dimensões habituais.

      Eliminar
  2. Anónimo23:29

    Se fosse a RTP a dizer que queria um palco de pequena escala os comentários por esses foruns europeus afora seriam: "é o que dá ESC ser num país pobre", "pior ESc de sempre", "na suécia é que é bom". Como é em Israel, numa cidade gay friendly, depois de ter ganho uma canção ao gosto dos eurofãs, já será fantástico e inovador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:09

      Certo, os eurofãs são como são 🙄

      Eliminar
    2. Anónimo23:21

      Basta ver a reação à recente notícia do iluminado israelita a criticar o palco de Lisboa.Tudo a dar-lhe razão...

      Eliminar
  3. Anónimo13:12

    "Objetivo Eurovisión" realness 😂😂😂. Se fosse Portugal a que tivesse dito que queria um palco mais pequeno, os eurofãs agora estariam nos estudios da RTP com antorchas na mão

    ResponderEliminar