[ÁUDIO] Portugal: Ouça a banda sonora original do Festival Eurovisão da Canção 2018

Já é possível ouvir aqui o tema principal da banda sonora original criada para o Festival Eurovisão da Canção 2018.

A RTP dirigiu o convite a 7 compositores portugueses de várias áreas musicais para, a partir da narrativa do Festival Eurovisão da Canção 2018 e da respetiva imagem gráfica, criarem uma banda sonora original, constituída por várias peças ajustadas às necessidades tanto dos programas de televisão, como dos vários eventos paralelos que decorrem na cidade. Das propostas recebidas, aquela que a equipa de produção do Festival Eurovisão da Canção 2018 considerou mais adequada foi apresentada pelo músico Luís Figueiredo que, por coincidência, foi também o responsável pelo arranjo de cordas da canção "Amar pelos dois", de Luísa Sobral para a voz de Salvador Sobral, que deu a vitória a Portugal no ano passado.

O tema principal criado para esta edição do Festival Eurovisão da Canção terá várias declinações, que vamos poder escutar durante os três espetáculos de televisão, transmitidos em direto pela RTP1.

Luís Figueiredo é o autor, diretor e produtor musical da banda sonora, António Lourenço é o maestro, a execução é da Orquestra Filarmonia das Beiras, a gravação e misturas é da responsabilidade de Rui Guerreiro e Luís Figueiredo e a produção executiva é da 'Viagens a Marte' para a RTP. Pode recordar o trabalho de Luís Figueiredo através de uma entrevista ao ESCPORTUGAL publicada pouco depois do Festival da Canção 2017 AQUI .



A notícia tinha sido avançada pelo ESCPORTUGAL no início do mês, tal como pode recordar AQUI. A Orquestra Filarmonia das Beiras (OFB) deu o seu primeiro concerto no dia 15 de dezembro de 1997, sob a direção de Fernando Eldoro, seu primeiro diretor artístico. Criada no âmbito de um programa governamental para a constituição de uma rede de orquestras regionais, tem como fundadores diversas instituições e municípios da região das beiras, associados da Associação Musical das Beiras, que tutela a orquestra. A OFB é composta por músicos de cordas de diversas nacionalidades e com uma média etária jovem e, desde 1999, é dirigida artisticamente pelo maestro António Vassalo Lourenço. Norteada por princípios de promoção e desenvolvimento da cultura musical, através de ações de captação, formação e fidelização de públicos e de apoio na formação profissionalizante de jovens músicos, democratizando e descentralizando a oferta cultural, a OFB tem dado inúmeros concertos, além de desenvolver frequentes e constantes atividades pedagógicas. Também sob estes princípios, apresenta, desde 2006, produções de ópera diversas (infantil, de repertório ou portuguesa).

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL, RTP / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

31 comentários:

  1. Respostas
    1. Anónimo16:38

      Portugal quando toca a organizar super eventos mundiais, nao perdoa... sempre dos melhores do mundo em organizaçao.

      Eliminar
  2. Ricardo Alves13:39

    Gosto, mas falta um toque mais moderno

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:50

    Gosto muito, muito, muito! Está magnífico, com alma e identidade portuguesa.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo13:55

    Obrigado Luís Figueiredo! Pelo arranjo

    ResponderEliminar
  5. arrepiou-me logo nos primeiros segundos... este Luis Figueiredo não desilude. É muito nosso e isso é o que importa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:54

      Arrepiou-me e comoveu-me... uma lagrimita, confesso.

      Eliminar
  6. Anónimo14:30

    Espetacular!!!!! Adorei!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo14:36

    E é com pérolas como esta que a RTP cumpre em nos trazer uma grande eurovisão como prometeu. Muitoa parabéns! (E tragam o Figueiredo ao FC2019 ;))

    ResponderEliminar
  8. Anónimo14:36

    Lembra me as bandas sonoras de alguns filmes de hollywood.realmente e algo feito em grande.parabens aos envolvidos no projecto e um bem aja a todos.

    ResponderEliminar
  9. Lindo, arrepiante!!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo15:23

    magnífico. Com um tque de contemporaneidade, com a mística da nossa identidade e cultura e também, na minha opinião, com umas reminiscências da Expo 98, que por acaso comemora este ano o seu vigésimo aniversário. Muito bom mesmo!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo17:09

    Faz me lembrar Sanremo!

    ResponderEliminar
  12. Falta qualquer coisa de mais moderno...de 2018....
    Só identidade etnográfica não chega para a eurovisão.

    ResponderEliminar
  13. Muitos parabéns estou orgulhoso da nossa rtp estão a cumprir mesmo e fazer diferente sem copiar a eurovisao vai lembrar para sempre 2017 e 2018. A musica faz lembrar muita coisa.. Filmes de marte... Mar ect... Cabe a nossa imaginação .. Parabéns RTP

    ResponderEliminar
  14. Uma palavra: FANTÁSTICO!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo18:33

    é impressão minha ou o cavaquinho também está presente para além da guitarra Portuguesa?

    ResponderEliminar
  16. Anónimo18:35

    Faz-me lembrar a banda sonora da EXPO 98 versão orquestra https://www.youtube.com/watch?v=kr9n9cMteLk

    ResponderEliminar
  17. Rui Ramos18:57

    Fantastico

    ResponderEliminar
  18. Lindo, muito lindo...adoro o som da guitarras quando entram na composição. Será o melhor Eurovision de todos os tempos❤💙💚💛💜

    ResponderEliminar
  19. Anónimo19:06

    Preparem-se! Vamos ter a melhor edição de sempre do ESC! E os portugueses vão ficar orgulhosos e arrepiados com este grande e memorável espetáculo. Falta um mês para a Grande Final. Preparem os corações. All aboard? All aboard!

    ResponderEliminar
  20. Anónimo19:24

    Não gosto, falta modernidade no tema. Podiam ter usado a música do Beatbombers que também tem sido utilizada para promover o ESC deste ano.
    https://youtu.be/6tgCdIBnWHU

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:35

      O que é isso, "modernidade"? Isto é bom, é nosso, é épico, é intemporal e é atual também.

      Eliminar
  21. Anónimo21:36

    Obrigado Luís Figueiredo pelo o arranjo! Obrigado!

    e composição também :)

    ResponderEliminar
  22. Anónimo21:40

    E precisa de modernidade??? Imaginei a Historia de Portugal....as caravelas em alto mar....o fado sendo tocado, enfim o "simples" ficou perfeito....emocionante, apaixonante e simples. Eles prometeram e cumpriram....Saudações do Brasil!!!

    ResponderEliminar
  23. Anónimo23:18

    ORGULHO do meu país.

    ResponderEliminar
  24. Excelente! É de compositores, autores, musicos, técnicos que trazem à luz do dia todas estas emoções e viagens musicais bem vincadas num povo - o nosso, que precisamos. Bem Haja

    ResponderEliminar
  25. Anónimo02:38

    O Luís Figueiredo é um génio!

    ResponderEliminar
  26. Melhor do que isto só a canção de Israel. Claro que estou a brincar, não se trata do festival do Walt Disney, a sério mesmo queria dizer a excelente canção da Estónia.

    ResponderEliminar