Malta: PBS anuncia mudanças no regulamento do 'Malta Eurovision Song Contest 2018'


A emissora estatal de Malta, PBS, anunciou, esta tarde, o regresso do júri ao Malta Eurovision Song Contest 2018. A competição decorrerá a 3 de fevereiro.

Apesar do desaire de Claudia Faniello em Kiev, onde terminou sem qualquer pontuação do público, a emissora estatal de Malta havia anunciado que o televoto voltaria a ser o único método de votação no Malta Eurovision Song Contest 2018. Contudo, esta tarde, a PBS revelou, através do seu site oficial, que o júri terá um peso de 50% da votação final da gala de 3 de fevereiro, enquanto que a restante votação estará a cargo do público.

Aceda AQUI à biografia dos 16 participantes no concurso.

Recorde, de seguida, o lote de finalistas do certame:

AIDAN - See You 
Avenue Sky - We Can Run 
Brooke Borg - Heart Of Gold 
Christabelle - Taboo 
Danica Muscat - One Step At A Time 
Deborah C - Turn It Up 
Eleanor Cassar - Back to Life 
Jasmine Abela - Supernovas 
Lawrence Gray - Love Renegade 
Matthew Caruana - Call 2morrow 
Mikhail Attard & Cherylis Camileri - Breaking Point 
Miriana Conte  - Rocket 
Petra Whiteford - Evolution 
Rhiannon Micallef - Beyond Blue Horizons 
Richard & Joe Micallef - Song For Dad 
Tiziana Calleja - First Time 

Estreante em 1971, Malta participou em 30 edições do Festival Eurovisão, tendo alcançado a Grande Final em 21 ocasiões. Ira Losco e Chiara, em 2002 e 2005, respetivamente, conquistaram as melhores colocações de sempre do país, o 2.º lugar, destacando-se ainda o terceiro lugar alcançado em 1992 e 1998. Claudia Faniello representou Malta no Festival Eurovisão 2017 com Breathlessly, falhando o apuramento ao terminar a semifinal na 16.ª posição com 55 pontos, todos provenientes do 8.º lugar na votação do júri, visto que não recebeu nenhuma pontuação do televoto.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCBubble / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários