David Gomes irá interpretar a canção n.º 1 da semifinal 2 do Festival da Canção 2017 intitulada “My paradise”. No dia em que se soube oficialmente que será um dos concorrentes desta edição, mostrou “total felicidade” e “muita emoção” quando entrevistado pelo ESCPORTUGAL.



Em entrevista ao ESCPORTUGAL pouco tempo depois da divulgação oficial dos concorrentes da semifinal 2 por parte da RTP, David Gomes não conseguiu esconder a sua alegria e satisfação. “Foi super difícil conseguir guardar segredo mais de um mês, de que seria um dos participantes do festival”, afirmou. “Estou super feliz, é a concretização de um sonho de criança”. David Gomes não é uma cara estranha à maioria de nós: Participou, enquanto criança, no programa “Uma canção para ti”, da TVI, mais tarde no “The Voice Portugal 4”, passando também por séries e telenovelas da TVI e da RTP bem como pelo grupo Like Us. Uma vasta experiência para um jovem com apenas 20 anos de idade.

Até à confirmação final, David teve de passar por um casting organizado pela equipa do compositor, Tóli César Machado. “Tive de cantar a canção do festival perante a equipa dos produtores e compositor e, até saber a decisão, nem conseguia dormir”, recordou.“Quando me ligaram explodi de alegria mas, ao mesmo tempo, tive de pensar muito como é que iria conseguir esconder durante tanto tempo. (risos)”

O festival sempre foi presença em sua casa, e não só uma vez por ano. “O Festival sempre fez parte da minha vida! Quando comecei a cantar ao vivo e a entrar no mundo dos palcos, tinha uns 10 anos de idade, só ouvia e cantava música dos festivais”, disse a sorrir. No seu primeiro programa televisivo, onde se deu a conhecer ao grande público no “Uma canção para ti”, da TVI, “cantei tantas canções do festival”: “Menina do alto da serra”, “Desfolhada portuguesa”, “Senhora do Mar” ou “Chamar a música” foram interpretadas por David ainda em criança. Foi, aliás, com a canção representante de Portugal na Eurovisão 1994 que David ganhou esse concurso.




De sonho de criança, a intérprete de canções que passaram pelo festival até ser, ele mesmo, protagonista desta bonita história de encantar, vai um abrir e fechar de olhos. “Ainda parece um sonho… nem estou em mim”, disse verdadeiramente emocionado. “My Paradise” será, então, a canção que irá defender no palco do Festival da Canção. “É um pop/rock divertido, alegre… acaba por ser um pouco um hino, uma canção poderosa”, adjetivou. “Cada ouvinte terá, depois, a sua opinião, mas eu amo esta música! Ainda agora estava a ouvir no telemóvel (risos). Temos estado imensas vezes em estúdio, a acrescentar novos arranjos, a gravar e a regravar. A equipa é fantástica, tem ouvido também a minha opinião e a adaptar à minha voz”. David espera “que a mensagem e a melodia passem para as pessoas”, deixando até um desejo. “Gostava que os portugueses pudessem ouvir a canção antes da noite da semifinal, nem que fosse um excerto na internet… estou ansioso para que todos possam escutá-la!”


Questionámos David Gomes sobre o facto da sua canção ser das poucas que será cantada em inglês. “Fiquei super feliz com isso!”, respondeu sem hesitar. “Sei que há pessoas que defendem que devemos cantar em português na Eurovisão, outros que acham que deve ser em inglês… eu estou muito contente que esta equipa tenha arriscado no inglês! Portugal já concorreu várias vezes com português, não precisamos de provar nada a ninguém quanto à importância da nossa língua no mundo. Mas acho que agora devemos dar oportunidade a coisas novas. Devemos arriscar! Adoro cantar em português, mas acho que devemos ver se resulta em inglês, tal como faz a maioria dos países. Já temos tantos cantores a cantar em português no estrangeiro (Mariza, Tony Carreira, Dulce Pontes), em termos competitivos, na Eurovisão, devemos comunicar em inglês”.

Sobre os seus estilos musicais, David não tem dúvidas. “Gosto de cantar de tudo”. Contudo, “gosto muito de pop e R&B. Expectativas para o festival? “Sonho em ganhar! Não sei se isso vai acontecer este ano… sonho muito… às vezes tenho de pôr um travão (risos) para não me iludir. Mas este ano há tantos e tão bons concorrentes e de certeza que há canções brutais como a minha. Mesmo que eu não ganhe, espero que a canção tenha sucesso!”


Numa entrevista sem pressas nem reservas, falámos de festivais de outros tempos. “Eu via sempre todos os anos religiosamente até 2008. Quando vi que a Vânia Fernandes não ganhou com a ‘Senhora do Mar’ pensei: ‘Se não ganhámos com isto, nunca mais ganhamos’. Fiquei mesmo revoltado com o resultado e desanimado. Ainda hoje, quando vejo na net a atuação em Belgrado fico emocionado e a pensar como é que não ganhámos”. 




Perante o lote de concorrentes de 2017, há quem ache a semifinal 2 mais fácil que a primeira. David Gomes, consciente dessa opinião de algumas pessoas, destaca: “Ao contrário do ‘The Voice’ onde o importante é a voz, aqui o que contam são as canções”, sublinha.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL, DAVID GOMES /Imagem: RTP / Vídeo: YOUTUBE

12 comentário(s):

  1. Anónimo21:32

    Um miúdo de muito bom gosto! Muita sorte David

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:32

    Mais um tipo novo a mostrar que o FC não está morto como alguns velhos do Restelo queriam fazer passar.
    Parabéns pela entrevista e boa sorte!

    ResponderEliminar
  3. Ricardo Alves21:34

    Grande David. Adorei!!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo21:43

    Adoro o entusiasmo do David, excelente atitude!
    A par do Pedro Gonçalves, são os que mais quero ver atuar nesta semifinal (não é pelo facto dos 2 terem música em inglês mas sim pelo entusiasmo, dedicação e ambição, além dos estilos musicais que me agradam)

    ResponderEliminar
  5. Anónimo22:44

    O David para além de ser adorável parece ser carismático! Espero muito ansiosamente pela canção :)

    ResponderEliminar
  6. Rui Fernandes22:53

    Gostei mais da entrevista que do seu desempenho no The Voice. Mas como diz, a canção é que vai ser determinante. Boa sorte ;)

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito, é disto que queremos na Eurovisão!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo03:07

    meh...tem um registo vocal muito pouco apelativo e limitado...veremos

    ResponderEliminar
  9. Anónimo08:06

    Tem carisma e canta muito bem. Veremos a canção.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo08:07

    Tem carisma e canta muito bem. Veremos a canção.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo10:09

    Uma boa voz, com uma imagem diferente.

    E concordo com ele... Se não ganhámos e 2008...

    ResponderEliminar
  12. Anónimo19:07

    Em 2008 foi daqueles anos em que a existência de júri nos tinha beneficiado...

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top