Foi com “Primeira Dama”, um dos maiores êxitos musicais em Portugal no último ano, que David Carreira abriu o último concerto da digressão “3”. O público delirou durante duas horas do concerto. O ESCPORTUGAL esteve em Guimarães.


Vencedor da iniciativa A Escolha é Sua IV, o ESCPORTUGAL quis brindar todos aqueles que votaram em David Carreira como o artista ideal para representar Portugal na Eurovisão, com a presença do site no último concerto da digressão do álbum “3”. Na noite de ontem, através de smartphone, partilhámos com os leitores duas transmissões em direto do Pavilhão Multiusos de Guimarães: na primeira fomos acompanhados por mais de 1300 leitores (pode rever AQUI) e a segunda por mais de 700 leitores (recorde AQUI). Durante mais de duas horas, a julgar pela reação apoteótica do público durante todo o concerto, David Carreira não desiludiu! Veio a Guimarães apresentar um grande espetáculo de pop, com direito a lasers, efeitos de luz e um grupo de dança que criou outro espetáculo dentro do concerto.

David chegou numa plataforma elevada do palco, com uma sweat branca e calças também claras. Mais tarde, trocaria por um blusão laranja e calças de ganga azuis. A abertura fez-se com “Primeira dama”, tema que ganhou o título de Melhor Canção do Ano como podemos recordar AQUI. A acompanhar o artista, bailarinos, cantores de apoio e uma banda com 5 músicos dirigida por Nuno Junqueira (que conhecemos no FC2001 como autor, compositor e intérprete de Chamar por ti). David é, sem dúvida, um dos maiores artistas nacionais da sua geração.

Depois de alguns temas de trabalhos anteriores, como “Esta noite”, “Diz que é só combo”, “Baby fica”, “Haverá sempre uma música” e “Só tu e eu”, David Carreira fez uma viagem pelo seu último álbum “3”; “ A bater mal” e “Será que posso” continuam a ser das canções preferidas dos fãs. De seguida, sentou-se num sofá que foi colocado ao fundo do palco e cantou “In love”, canção que na versão original é um dueto com Ana Free. Seguiu-se um dos momentos altos da noite: a presença em palco do irmão Mickael para, juntos, cantarem “Señorita”, levando ao rubro os fãs.


Depois de um intervalo em que aproveita para mudar de roupa, o cantor regressa em grande com “Dama do Business” e “Não papo grupos”, dueto com Plutónio, o segundo convidado da noite. Carreira dançou sem parar e ainda teve tempo para algumas acrobacias. Chamou várias vezes por Guimarães e fez questão de dizer “vocês são magníficos”, recebendo como troco alguns gritos ensurdecedores. Esteve no palco com uma fã e brincou com ela. Cumprimentou e sorriu para os fãs junto da barreira, soube ter gestos de simpatia para o público.

Depois do fecho, Guimarães não o deixou ir embora. O grande encore ficou marcado por quatro temas, todos do último álbum: “Não fui eu”, “Dizias que não”, “Vai ai ai” e uma curiosa versão acústica de “Primeira dama”, uma brincadeira de David com os seus músicos. Gravámos um excerto especialmente para os nossos leitores:

  

David Carreira soma e segue. Depois dos discos de ouro conquistados com o seu álbum “3”, acaba de lançar “360º Live Campo Pequeno”, em formato CD+DVD. Na última semana foi mesmo o disco nacional mais vendido.


 Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: ESCPORTUGAL / Vídeo: ESCPORTUGAL 

3 comentário(s):

  1. Rui Ramos18:42

    O David daria um excelente representante no ESC

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:05

    Excelente artigo. Obrigada

    ResponderEliminar
  3. Anónimo10:02

    O David é o maior artista pop em Portugal. Alguem tem duvidas?

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top