A emissora estatal de São Marino apresentou uma proposta para a sua votação de televoto no Festival Eurovisão 2017: o painel será formado por habitantes do pequeno estado, simulando uma audiência nacional.

Depois dos protestos em torno da mudança do sistema de votação do Festival Eurovisão (AQUI), a emissora estatal de São Marino apresentou, nos últimoss dias, uma alteração ao seu sistema de votação à União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER). De realçar que, em Estocolmo, São Marino foi o único país que não atribuiu a sua votação de televoto, tendo em conta que o mesmo não tem uma operado móvel própria: deste modo, a votação de televoto de São Marino foi composta por um resultado combinado de vários países.

Recentemente, a emissora de São Marino apresentou uma proposta para estabelecer um painel com o objetivo de ser utilizado como televoto do país junto do Festival Eurovisão. O painel será composto por telespectadores escolhidos entre os residentes no país, podendo eles ser cidadãos ou pessoas com autorização de residência, simulando a composição de uma audiência nacional. Uma empresa especializada externa seria a responsável pela escolha dos constituintes que votarão ao mesmo tempo que os restantes telespectadores europeus.

O modelo que inspirou a solução proposta pela SMRTV tem sido utilizado no Festival di Sanremo desde 2013: "Está provado estatisticamente que os resultados deste modelo simula perfeitamente a inclinação do televoto. Se os membros do painel forem escolhidos para refletir os gostos dos espectadores, o resultado do seu voto será muito semelhante ao televoto, revelando as verdadeiras preferências dos são-marinenses" revelou Eddy Anselmi, historiador e especialista no concurso italiano.

O diretor geral da SMRTV, Carlo Romeo, manifestou-se bastante agradado com a proposta: "É uma solução muito equilibrada que tem poucas ou nenhumas contra-indicações. Esperamos por uma resposta positiva por parte do orgão regulador do concurso. A República de São Marino merece os mesmos direitos dos outros países".

Estreante em 2008, São Marino participou por sete ocasiões no Festival da Eurovisão. Valentina Monetta, representante do país entre 2012 e 2014, conseguiu, na última participação, o inédito apuramento para a Grande Final, onde terminou na 24.ª posição. Em Estocolmo, o cantor turco Serhat e o tema I Didn't Know foram os representantes do pequeno país, conquistando a 12.ª posição com 68 pontos. Recorde a atuação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: oikotimes / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

5 comentário(s):

  1. Anónimo22:42

    Quando um país começa com propostas para mudar o sistema de votação a mensagem é clara "eu quero ganhar com esta proposta ... os outros que se lixem" ... a ainda que a proposta inspirada em Sanremo faça sentido, não podemos comparar a qualidade e o brio musical italiano com a pimbalhada de certos países que a custa do televoto puro e duro fizeram deste concurso uma anedota pegada sem respeito por musica apenas vieram trazer entretenimento aqueles que amam o concurso pelo ridículo e pelo mau gosto. Haja paciência então pelo mau gosto tão amado pelos televotantes ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acho que San Marino esteja fazendo manobras para ganhar o festival. Precisaria de uma certa força política que eles não tem. E acho até valido a iniciativa pq até agora eles estavam reclamando e não procurando uma solução...

      Eliminar
  2. Anónimo13:07

    O Sao Marinho nunca vai ganhar a Eurovisão, acho eu. Mesmo que mudem o sistema de votaçao, que permitam que todo o gato e todo o cão votem, acho dificil conseguirem um top 3. É a minha humilhe e mal fundamentada opinião, podem haver outras claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:58

      Honestamente, e apesar de serem coisas distintas, depois de ver Portugal a ganhar o Euro já questiono este tipo de coisas xD

      Eliminar
  3. Anónimo19:42

    Mas isto e so para eles terem televoto.. e estao no seu direito visto que nao o tinham ate agora

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top