Israel voltará a utilizar o Rising Star como final nacional para o Festival Eurovisão, depois do lançamento da nova emissora estatal ter sido adiado.

Ao contrário do que havia sido revelado anteriormente (AQUI), o programa de caça-talentos Rising Star voltará a ser utilizado como final nacional de Israel para a Eurovisão. O anúncio foi feito pelo jornal Israel Hayom, avançando também que o HaKochav Haba La’eirovizyion 2017 contará com apenas dez programas, ao contrário das anteriores edições, terminando em janeiro. O encurtamento da temporada deve-se às dificuldades de encontrar horários de transmissão e ao calendário apertado para a seleção do tema. 

Contudo, até ao momento, não está claro se a nova emissora nacional de Israel, IPBC, irá assegurar a participação do país em 2017. O seu lançamento estava previsto para 30 de setembro de 2016 mas foi adiado para 30 de abril do próximo ano, existindo a possibilidade de ir para o ar no próximo mês de janeiro, sendo expectável que a emissora IBA continue as suas transmissões até 2018.

Estreante em 1973, Israel participou por 39 ocasiões no certame musical, totalizando três vitórias: 1978, 1979 e 1998. Em Estocolmo, Hovi Star representou o país com o tema Made of Stars conquistando a 14.ª posição na Grande Final com 135 pontos. Recorde a atuação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: esctoday / Imagem e Vídeo: eurovision.tv

5 comentário(s):

  1. Ricardo Alves16:51

    Programa deu excelentes interpretes a Israel.
    A RTP devia fazer o mesmo: usar o vencedor do the Voice para ir ao ESC.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:54

      Também já tinha pensado nessa ideia, mas será que o vencedor ia querer ir ao ESC? Será que nao seria "diferente" a maneira como os concorrentes encaram o programa, sabendo que caso vencessem iriam ao ESC? O que eu quero dizer é que poderia ser uma espécie de "entrave", mas concordo bastante com a tua ideia.

      Eliminar
    2. Anónimo03:55

      Já a mim não me parece justo para outros cantores portugueses que queiram representar Portugal, assim todos os cantores até mesmo os mais profissionais teriam de passar pelo The Voice e tentar ganhar aquilo. O The Voice é um talent show que lança uma oportunidade ao vencedor para se "lançar" na pequena indústria da música de Portugal. E nem sempre ganha a melhor voz na Eurovisão mas é óbvio que há que saber cantar.

      Eliminar
    3. Anónimo16:33

      (Sou o anónimo das 22:54) Olha, pegaste num ponto de vista também muito importante e que nem me tinha lembrado. Há, sem dúvida, que também ter em conta naquilo que dizes, mesmo por mais que o "leque" de cantores que queiram participar no ESC seja reduzido!

      Eliminar
    4. O problema em Portugal nao sao os cantores,mas sim as cançoes e os formatos em que sao encaixadas.So isso.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top