A União Europeia de Radiodifusão emitiu um comunicado com a sua decisão sobre a polémica em torno da delegação arménia e o uso da bandeira de Nagorno-Karabakh.


A União Europeia de Radiodifusão emitiu um comunicado onde condena fortemente o uso da bandeira da região de Nagorno-Karabakh, na greenroom, por parte da delegação da Arménia. A polémica estalou logo a seguir ao fim da semifinal, na conferência de imprensa dos qualificados, como pode recordar AQUI.

No comunicado é possível ler que "o grupo de referência decidiu sancionar a emissora arménia, AMPTV, de acordo com as regras. A natureza da sanção será determinada, o mais tardar, até à próxima reunião do grupo de referência em junho. Estamos conscientes da situação tensa que se vive na região de Nagorno-Karabakh, e as tensões em curso entre a Arménia e o Azerbaijão. Consideramos a aparição de uma bandeira de um território altamente disputado, na transmissão ao vivo, uma violação grave das regras 1.2.2h do Festival Eurovisão da Canção 2016, que afirma que "nos espetáculos não são permitidas mensagens que promovam qualquer organização, instituição, causa política ou outra, empresa, marca, produtos ou serviços". 

Além da sanção, a UER impôs uma política de tolerância zero em relação à delegação arménia no que diz respeito à violação das regras do ESC2016, em particular em relação ao incidente mencionado. Qualquer nova violação das regras poderá levar à desqualificação do evento deste ano ou nas próximas edições.



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: EBU / Imagens: wiwibloggs; Iveta Mukuchyan

13 comentário(s):

  1. Pessoalmente acho que só deviam ser permitidas bandeiras nacionais...é uma festa de países que participam num concurso de canções. Cada canção representa um país. Estou saturado de ver bandeiras da comunidade gay e de países que nem sequer participam na eurovisão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:49

      Concordo!

      Eliminar
    2. Anónimo16:44

      Eu também concordo e mesmo as bandeiras nacionais deviam ter um limite de tamnho

      Eliminar
    3. Anónimo16:45

      Ridículos. Comparar questões políticas com as bandeiras gays. Se vos faz mal ver a bandeira, não vejam o espetáculo.

      Eliminar
    4. Ridículo é num concurso de canções colar a bandeira gay em todos os lados! No ano em que a Russia fez declarações homofobicas achei bem. Agora é um exgaro. Acaso é um festival para a comunidade gay?! Porque incutir conotação sexual a um concurso de canções? Se querem inundar o certame com bandeiras gays porque não organizam festivais da cançao nos vários gay pride que existem? ...

      Eliminar
    5. Totalmente de acordo.
      bandeira da comunidade gay = causa política OU OUTRA (parece-me bastante óbvio, não?!)

      Eliminar
    6. Anónimo20:55

      Concordo sem dúvida com o "Unknown" em ambos os comentários e sou homo. 100% de acordo.

      Eliminar
  2. Anónimo16:05

    Oxalá que ela mostre a bandeira de novo, para ser desclassificada. Musica horrivel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:54

      Lool

      Eliminar
    2. Anónimo22:36

      A musica da Armenia e Top

      Eliminar
  3. Anónimo16:37

    Para mim como a Arménia tem muitas hipóteses de ganhar e esta previsto outro ganhar
    a que afastar a concorrência!!!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo16:38

    Estoy totalmente de acuerdo con Unknown. Basta ya de ver banderas gays en todo momentos. Eurovision es un festival para todas las orientaciones sexuales. Parece que los homosexuales se han apoderado y monopolizan Eurovision, que en realidad es un concurso de todos. Como se puede comprobar, so los armenios los que siempre provocan e inician la pelea. Pero luego Azerbaiján es el malo para los eurofans. Samra es altamente criticada por los eurofans en Youtube, mientras que Iveta, con peores canción y actuación, es alabada. Estoy harto de la hipocresia de los armenios. Creo que Armenia debería ser sancionada por provocaciones innecesarias. En Eurovision hay mucha rusofobia y mucha islamofobia. Pero luego los eurofans van de tolerantes

    ResponderEliminar
  5. Anónimo19:29

    Citando "nos espetáculos não são permitidas mensagens que promovam qualquer organização, instituição, causa política ou outra, empresa, marca, produtos ou serviços" a dada altura da semi-final aparece uma data de pessoas com um copo gigantesco da Coca-Cola na mão.....

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top