A comitiva da Arménia no Festival da Eurovisão será sancionada pela EBU/UER depois de Iveta Mukuchyan ter comemorado o apuramento com uma bandeira de Nagorno-Karabakh, região disputado por arménios e azeris.



A União Europeia de Radiodifusão irá reunir-se, durante o dia de hoje, com elementos da comitiva da Arménia, depois da polémica instaurada aquando do apuramento do país para a Grande Final: Iveta Mukuchyan comemorou o apuramento com a bandeira de Nagorno-Karabakh, algo que foi apontado como um ato provocatório para com a comitiva do Azerbaijão.

A região de Nagorno-Karabakh é disputada entre a Arménia e o Azerbaijão desde 1980, tendo sido palco de vários conflitos armados entre os dois países ao longo dos últimos anos. Os últimos aconteceram em abril e provocaram a retirada da cantora arménia do alinhamento do Eurovision in Concert em Amesterdão (AQUI).

Durante a conferência de imprensa de ontem, Iveta defendeu que acenou com a bandeira para incentivar a paz, enquanto que um membro da comitiva azeri recusou comentar a situação, afirmando que "A Eurovisão é apenas e só sobre música". Por outro lado, Sietse Bakker, da produção do evento, garantiu que a comitiva será sancionada pela EBU/UER, não sabendo se será apenas "um puxão de orelhas" ou uma multa: "Vamos falar com a delegação do país para descobrir o que aconteceu. Mas não haverá nenhuma desclassificação".


Recorde, de seguida, as atuações da Arménia e do Azerbaijão na primeira semifinal do Festival da Eurovisão 2016:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

15 comentário(s):

  1. Anónimo12:35

    devia ser desqualificada!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:14

      Concordo com a tal multa ou com o tal 'puxão de orelhas' de mas ser desqualificada já é um exagero

      Eliminar
    2. Anónimo18:15

      Desqualificada???? Espero que ganhe...

      Eliminar
  2. Anónimo13:11

    Acho inadmissível esta atitude da cantora da Arménia! Ela diz que é para incentivar à paz, mas é exatamente o oposto, é uma provocação ao Azerbaijão, num concurso que deveria ser só sobre música e paz e não para se tratar de política. A resposta da comitiva azeri foi acertada!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:15

    Devia ser banida por 10 anos

    ResponderEliminar
  4. Anónimo13:18

    Aqui mais uma vez se vê o quão a EBU/UER está comprada para ir tentado eliminar os melhores e deixar "aquele" ganhar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:31

      A própria cantora "comprou" a briga. Será que é ao menos natural dessa região? Provavelmente nem é... Se queria mostrar o seu desejo de paz, que fosse cumprimentar a cantora do Azerbaijão, quando o nome deste país foi anunciado para a final. Isso, sim, revelaria paz e reconciliação.

      Eliminar
    2. Anónimo19:40

      Eu pelo que percebi do até ela disse na conferência de imprensa, acho que ela era dessa região, mas não tenho certeza...

      Eliminar
    3. Anónimo18:17

      Sim! Não ela mas sim a avó

      Eliminar
  5. Que a EBUER aprenda alguma coisa.Para o ano que sejam proibidas todas e quaisquer bandeiras no recinto do ESC! Ate do ponto de vista do trabalho das camaras e consequentemente de quem esta a ver em casa so seria bom.Nem sempre o ESC foi este"arraial"de gente em pe a pular e a agitar bandeiras.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo14:30

    Desclassificar a Armenia para por lá quem , o que não prestava ficou de fora , nunca estive tão de acordo com as classificadas e as desclassificadas para a final como nesta semifinal.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo15:23

    É impressão minha ou o espetáculo Eurovisivo está cada vez mais direccionado para o público de "casa"? Nunca pensei que chegassem ao ponto de usarem filtros, e outros tipos de efeito na Eurovisão, parece quase um videoclip ao vivo! Muito bom!
    Parabéns Arménia pelo o empenho da performance e pela carismática intérprete! E parabéns pelo enorme esforço da parte dos cameramans e do staff evolvente que também contribuíram imenso!

    RTP que meta os olhos e inove, só assim é que Portugal ganha um (bom) destaque!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:59

      (completando) Apesar da canção da Arménia ter falta de algo, espero que fique no top 5.

      A RTP perdeu ao ter-se recusado a participar, a Leonor Andrade poucos dias depois trouxe o "Strong for too long" um tema que até posso considerar superior a muitaos deste ano, pela boa estrutura e por ser moderna. A música pronta já estava, era só preciso tratar da performance em palco!
      Espero ver uma música composta pela Leonor Andrade a ganhar a Eurovisão, um dia!

      Eliminar
  8. Anónimo15:31

    Uns fazem o que querem e não lhes acontece nada, outros a minima coisa correm logo risco de serem desqualificados

    ResponderEliminar
  9. Anónimo16:54

    Por fin Armenia muestra su auténtica cara. Armenia siempre ha sido quien provoca, pero luego los malos son Azerbaiján para los eurofans. Estoy harto de tanta islamofobia entre los eurofans que van de tolerantes, pero que no pierden la ocasión para abuchear a Rusia, cuando recibe votos, o Grecia y Chipre, cuando se dan altas puntuaciones. En cambio, todo el mundo acepta de buen agrado cuando los nórdicos se reparten entre ellos los 12, 10, 8, 7 y 6 puntos entre ellos. Aremnia también intentó boicotear Eurovision cuando se celebró en Azerbaiján

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top