O Eurovision Song Contest 2016 foi visto por 204 milhões de pessoas, mais 5 milhões do que em 2015.


De acordo com a União Europeia de Radiodifusão o Festival Eurovisão da Canção de 2016 foi visto por 204 milhões de pessoas. Isto representa um aumento de cerca de 5 milhões de espectadores em relação ao ano passado. A média de share situou-se nos 36,3%, sendo que em 40 países as televisões costumam fazer uma média de 15,7% neste horário.

A Islândia foi responsável pelo maior share da noite, mesmo não tendo chegado à final. À hora da grande final, 95,3% dos islandeses que estavam a ver televisão sintonizaram na Eurovisão. A Suécia teve a maior audiência desde 2000, tendo 3,6 milhões de suecos visto o certame. No país vencedor, a Ucrânia, 1,5 milhões assistiram à vitória de Jamala. A maior audiência desde 2010. O país com maior número de espectadores foi a Alemanha. 9,3 milhões de pessoas assistiram à Eurovisão 2016. Na Austrália cerca de 400 mil viram Dami Im chegar ao 2º lugar.

O Festival da Eurovisão fez também sucesso online. Cerca de 5 milhões de pessoas acompanharam as três transmissões pelo site oficial da Eurovisão ou pelo YouTube. Poderá ver mais detalhes das audiências AQUI.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte, Imagem e Vídeo: eurovision.tv

10 comentário(s):

  1. JEFFERSON17:21

    Só irei comentar que no Brasil a transmição do youtube também foi bloqueada, e não assistir a final nem semi pelo site porque estou sem computador por enquanto, não gostei dos problemas, e agora não consigo assistir os videos de nenhuma apresentação da final e semi final porque estão todos bloqueados, inclusive ainda a transmição da final e semi finais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Carvalho17:36

      Uma pena Jefferson. Não imaginava. Então você não viu nada? Nem as atuações uma a uma?

      Eliminar
    2. Anónimo17:43

      Usa a aplicação da SVT no proximo ano :)

      Eliminar
    3. Anónimo18:25

      Jefferson, tente usar VPNS, creio que isso funciona bem. Cuidado que nem todos os VPNS são seguros.

      Eliminar
    4. Anónimo18:33

      Caro Jefferson:

      Tente ver pela RTE (televisão irlandesa), que ainda tem as semifinais e a final em arquivo durante uns dias, ou só a final pela ARD alemã. Estes são os links:

      http://www.rte.ie/player/at/show/eurovision-song-contest-30002286/10571378/

      http://www.rte.ie/player/at/show/eurovision-30002286/10572257/

      http://www.rte.ie/player/at/show/eurovision-song-contest-30002286/10573088/

      http://mediathek.daserste.de/Eurovision-Song-Contest/ESC-2016-in-Stockholm-Das-gro%C3%9Fe-Finale/Das-Erste/Video?documentId=35352450&topRessort&bcastId=9525092

      Boa sorte!



      Eliminar
    5. JEFFERSON18:36

      Oi Pedro, eu consegui assistir as apresentações uma a uma sim, uma hora depois das semis e final, que os videos 1 a 1 estavam sendo postados na pagina do ESC do youtube, já as semis e final completas nao foram liberadas.

      Eliminar
    6. JEFFERSON18:38

      E obrigado pelas dicas de vcs, mas até lá meu computador ja estará concertado.

      Eliminar
    7. Anónimo01:48

      No Canadá também temos o mesmo problema, eu posso ver os vídeos e a emissão completa de todos os anos anteriores, menos 2016, estão todos bloqueados. Consegui assistir através do Eurovision.tv, mas a qualidade é muito melhor no YouTube. Inicialmente pensei que fosse só no Canadá, mas sei que nos EU americanos também está bloqueado e se no Brasil também, pode ser o continente americano que esteja todo bloqueado por algum motivo. O que é triste porque é a maneira de muitos eurofans de países não-participantes poderem assistir ao programa.
      PJC

      Eliminar
  2. Li bem? Na Australia 400 mil espectadores? E por isso que ,desrespeitando os regulamentos do ESC,temos a Australia a participar no ESC? :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. RG, pensei rigorosamente o mesmo... bem sei que a transmissão em directo por terras australianas é num horário nada convencional mas mesmo assim... 400000 é muito pouco (e na minha óptica não é argumento que justifique a participação australiana no ESC)

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top