Depois da expulsão da televisão da Roménia, a emissora estatal da Bósnia-Herzegovina, BHRT, está em risco de ser expulsa da EBU/UER devido às dívidas acumuladas. A decisão final será tomada dentro de dias!


A imprensa nacional da Bósnia-Herzegovina avançou, esta noite, com a notícia de que a emissora estatal do país está "em perigo de ser excluída da EBU/UER" devido às dívidas acumuladas para com o organismo nos últimos anos. Segundo o site bósnio Klix.ba, a entidade reguladora do Festival Eurovisão poderá tomar a mesma decisão que foi tomada para com o caso da emissora romena TVR, há algumas semanas (AQUI).

A publicação avança também que o governo bósnia, que estará a par da difícil situação da emissora nacional, tem sido incapaz de chegar a um acordo sobre uma solução para os problemas de financiamento da mesma: "é uma situação difícil e é necessária uma solução urgente - mas não foi encontrada ainda".

Apesar de a EBU/UER e a BHRT terem recusado fazer qualquer declaração sobre o assunto, o jornal avança que se nenhuma solução for encontrada até 31 de maio, próxima terça-feira, a emissora bósnia será excluída do organismo: "uma escuridão dominará a televisão e a rádio ficará em silêncio" escreve o jornal, algo que, a acontecer, poderá impedir a participação do país nas próximas edições, um ano depois do regresso após um interregno de três anos.


Estreante em 1993, a Bósnia-Herzegovina participou em 18 edições do Festival Eurovisão até 2013, ano em que se retirou do concurso, motivada pela grave crise financeira da sua emissora estatal. Contudo, com o apoio externo, a BHRT regressou ao evento em Estocolmo, sendo representada por Dalal & Deen feat. Ana Rucner & Jala e "Ljubav je", que terminaram na 11.ª posição da semifinal 1, falhando, pela primeira vez na história do país, o apuramento para a Grande Final. Recorde a atuação de seguida:

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovision-ireland / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

17 comentário(s):

  1. Anónimo00:57

    Anda tudo falido...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo00:59

    Exemplos do que é viver acima das possibilidades...
    A EBU que comece a fazer uma limpeza que é o melhor que faz! Todos os anos as mesmas histórias pós festival. Este ano, pelo menos, já tomaram uma medida: a expulsão da Roménia do festival.
    Chocou muita gente, mas que façam mais. Deixemo-nos de hipocrisias.
    Não podem, não participam.
    RRR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:02

      Completamente de acordo , não têm dinheiro , têm dividas não vão fiquem em casa.

      Eliminar
  3. Anónimo05:40

    Pelo o menos Portugal não faz estas figuras...menos mal

    ResponderEliminar
  4. Como se pode ler no texto,nao se trata so do ESC,mas sim de pertencerem ou nao a EBUER,o que e algo de muito mais vasto.Creio que dentro das actividades da EBUER ha muita coisa que poderia ser reformada.Nao nos armemos em"bons"dizendo que nao somos Romenia,Grecia ou Bosnia.Solidariedade,precisa-se!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:12

      Pelo facto de pertencem à UER não tem que estar no ESC se não podem aguardem por melhores dias , sermos solidarios sim mas para quem faz o que pode e estes países não podem assim as dividas nunca são pagas e vão-se agravando.

      Eliminar
    2. 15:12 - Le com atençao o texto.Nao se trata so de participar no ESC,em questao esta o direito a ser membro da EBUER. A Romenia foi expulsa da EBUER e o mesmo processo ameaça agora a Bosnia.As consequencias a nivel practico sao duma dimensao totalmente diferente de participar ou nao no ESC.Por este caminho a propria EBUER pode ate deixar de existir.

      Eliminar
    3. Anónimo22:54

      "Por este caminho a propria EBUER pode ate deixar de existir."

      Quac.

      Eliminar
    4. Se um a um os paises forem expulsos da EBUER,por divida acumulada ou seja pelo que for,a EBUER pode deixar de existir.Actualmente os paises passam de campeoes economicos a mendigos em recessao em questao de meses ou ate semanas. Squeak.

      Eliminar
  5. Anónimo15:41

    Que pena a Bósnia este ano não ter passado a final!!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo22:54

    A quem pede solidariedade que deite a mão ao bolso (ao seu, não ao meu) porque eu já pago impostos para duas televisões estatais. O blábláblá de capacete azul da ONU é ridículo.

    Um país tem de ser independente economicamente antes de mandar bitaites folclóricos a pedir solidariedade. Basta.

    Esta história de países independentes sem cheta para serem independentes é romantismo do séc XIX. Uma treta.

    =p~ =p~ =p~

    ResponderEliminar
  7. Paises economicamente independentes?Sem divida externa?Onde os ha? Assim de repente so me vem a cabeça San Marino...Solidariedade? SIM! para que um dia ,se ou quando nos precisarmos,tambem sejam solidarios para connosco.Nada e impossivel nos dias de hoje,e nos de amanha a ver vamos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:45

      A solidariedade não paga dívidas. E quem é independente não tem mais dívidas do que encaixe, portanto não depende... Quando as dívidas ultrapassam o encaixe entra-se em falência. Um falido não é independente, anda à mercê.

      Eliminar
    2. Talvez valha a pena perguntar porque e que na EBUER ate ao inicio do seculo XXI nao houve"problemas"de insolvencia.Porque e que duma maneira geral no mundo actual,passa-se de rico para pobre em 3 tempos?Reformas precisam-se,nao so na EBUER,mas a nivel mundial.Simplismo neoliberal nao e soluçao!!

      Eliminar
    3. Anónimo19:53

      Então não só pergunte mas comece a pesquisar imediatamente. Quanto às reformas não há volta a dar-lhe sem neo-liberalismo. As televisões públicas são pagas pelos contribuintes e quando o dinheiro destes escasseia não é aumentando salários e postos de trabalho que o dinheiro começa a cair do céu por solidariedade. Pois, pois, tomara que chova dinheiro três dias sem parar. Eu também quero muito que me aumentem o salário, e o que eu queria mesmo era ter metade do dinheiro dos donos da Google... só por solidariedade. Ahah

      Ai, quem me dera o euromilhões só por solidariedade... Hihihi

      Eliminar
    4. Muito boas "bocas". Gostei. :-)

      Eliminar
  8. Rui Ramos14:07

    Pena. Mas ha que pagar as dívidas.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top