A UER anunciou que a Roménia foi desqualificada do Festival Eurovisão 2016 devido a uma dívida acumulada superior a 10 milhões de euros. As notícias das últimas semanas acabaram por se confirmar. 


Depois do ultimato lançado pela UER/EBU (União Europeia de Radiodifusão) intimando a TVR a pagar a sua dívida acumulada superior a 10 milhões de Euros (recorde o artigo AQUI), eis que as piores notícias chegaram: a Roménia foi desqualificada de participar no Festival Eurovisão 2016 e de ter acesso aos serviços noticiosos e desportivos da UER. É a primeira vez que uma situação deste género acontece em toda a história de seis décadas do concurso.

A decisão foi tomada depois do prazo dado para o pagamento ter expirado ontem. Em declarações publicadas pelo site oficial do organismo, a diretora geral da UER, Ingrid Deltenre, afirmou: "É com pesar que somos forçados a tomar esta decisão. Estamos desapontados porque nunca recebemos qualquer resposta do governo da Roménia a todas as nossas tentativas para resolver este problema". Esta responsável acrescentou: "Em semanas recentes, o ministro das Finanças avançou que a TVR poderá entrar em insolvência. A UER é uma associação sem fins lucrativos cujos associados são 73 estações públicas de televisão e rádio de 56 países. As dívidas da TVR põem em causa a própria sustentabilidade financeira da UER".

A TVR realizou uma final nacional, cujo resultado ditou a vitória de Ovidiu Anton, que se tem desdobrado em promover a canção na Europa a expensas próprias. O artista é agora vítima desta situação. "Esta situação é penosa para o artista, para os nossos colegas da TVR que organizaram a final nacional, para os telespectadores da Roménia e para os muitos fãs da Eurovisão existentes nesse país, afirmou, à mesma fonte, o supervisor executivo do concurso, Jon Ola Sand.




A segunda semifinal, que tinha 19 canções participantes, passará a ter 18, mantendo-se a ordem de atuação.O calendário de ensaios será reajustado, confirmou o produtor da SVT Martin Österdahl. Como consequência desta saída, a TVR também não poderá transmitir o Festival Eurovisão 2016.


No que diz respeito ao CD oficial, o mesmo vai manter a canção da Roménia, pelo facto da produção do CD já estar concluída.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: UER / Imagem: GOOGLE  / Video: UER

32 comentário(s):

  1. Ricardo Alves11:19

    Desqualificada ou desclassificada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:31

      A meu ver para ser desclassificada, teria de já ter competido, e apenas não receberia classificação final.

      A Roménia foi mesmo desqualificada, pois a sua vaga no concurso foi anulada, por não possuir qualificações para a ocupar.

      Eliminar
    2. Caro Ricardo Alves: tal como o anónimo das 11.31 escreveu, a palavra correta é "desqualificada" porque perdeu as qualificações para participar no concurso, neste caso, por falta de pagamento das quotas.

      O termo "desclassificar" não se aplica neste caso.

      Eliminar
    3. Anónimo00:27

      descalcificada

      Eliminar
    4. Ricardo Alves11:28

      Obrigado :-)

      Eliminar
  2. De um lado a desfaçatez de acumular dívida atrás de dívida sem se preocuparem em resolver a situação anómala em que estavam a incorrer, por outro lado a incúria, o negligenciar da conta calada que se estava a arrastar, admitindo que os romenos continuassem a exibir-se a seu belo prazer nos palcos da Eurovisão. Ainda falam dos portugueses...pequeninos,mas honrados (quase sempre...).

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:09

    Uma pena. Se a divida é assim tão antiga, deviam ter agido ha mais tempo e desqualificar antes da final nacional. Muito mau para o cantor

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12:30

    Por um lado acho correto a desqualificação porque há países que estão convencidos que os países ricos que paguem e não pode ser assim todos tem que cumprir a sua parte, qualquer dia todos faziam o mesmo e a UER ía à falencia , não podem ir façam como Portugal fiquem em casa.

    ResponderEliminar
  5. Quanta alegria. Uma musica horrivel menos para ouvir. E a falta de respeito para com toda a sociedade leva correctamente á sua não cualificação para a participação. Parabens UER/EBU pela acertada e correcta actuação (embora a desagradavel situação para muitos inculpaveis como é o caso de Ovidiu Anton). Demasiados anos dando publicidade a um pais que não paga e que por isso falta ao respeito das leis e contratos assinados.
    QUE CONSEQUENCIAS HAVERIA PARA PORTUGAL SE NÃO PAGA-SE UMA SÓ PRESTAÇÃO? Porque lembrem-se que o nosso pais sempre foi esquecido e humilhado neste concurso. Inclusivel já envio duas canções victoriosas e nem temos em mais de 50 anos de participacões nem um top 5.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O seu português faz me revirar os olhos

      Eliminar
    2. A mim deixa-me divertido e perplexo:Sera de proposito ou sera"sem querer"?

      Eliminar
    3. Anónimo23:47

      essa escrita é, de facto, uma das piores já vistas online.

      Eliminar
    4. Anónimo23:48

      "Inclusivel já envio duas canções victoriosas"

      já envias para onde as canções? Explica-te lá!

      Eliminar
    5. Caros amigos não vivo em portugal a muitos anos nem tenho comunicação diaria com o nosso pais ou idioma. Lamento o facto de o meu portugues já não ser o mais correcto. Contudo creio que aqui não se trata de julgar as pessoas mas sim comentar a noticia.
      Agradeceria respeito e consideração porque tod@s somos uma comunidade de eurofans e não um club de desrespeituosos.

      Quanto a questão dad canções victoriosas eu referia-me a que para mim existem duas canções. "lusitana paixão" e "senhora do mar" que são dignas do primeiro lugar na clasificação nos seus respectivos anos e infelizmente nem top 5 são.
      Uma vez mais desculpem o Portugues.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    7. Apoiado, tem razão no que diz. Mas se me permite dava-lhe este conselho antes de começar a transmitir a sua opinião: comece logo por pedir desculpa por eventuais erros ortográficos ou de sintaxe que possam ocorrer devido à sua falta de prática do uso da língua portuguesa, derivado a estar afastado do seu país de origem há já muito tempo. Tão simples como isto, para evitar as sempre incómodas críticas ao seu modo de escrever. Quanto à Senhora do Mar, sou de opinião que pelo menos o 3º lugar teria sido merecido e embora muita gente não aprecie o Dima Bilan eu acho que a vitória nesse ano de 2008 ficou bem entregue.

      Eliminar
    8. Obrigado pelo conselho. Muito produtivo.
      Aliaz Dan Carv se me permite gustaria deixar escrito que leio todos os seus comentarios e respectivas clasificações sobre cada representação.
      Sendo que voce transmite e expressa um excelente dom na escrita bem como um demonstrado conhecimento de historia do ESC deveria o escportugal convida-lo a fazer parte da plataforma.
      Uma vez mais muito obrigado pelo seu conselho.
      E ás pessoas que directamente estão relacionadas com esta pouca e desafortunada intervenção apenas escrever-lhes que sigam o exemplo de este HOMEM (con letras maiusculas), que aprendam a viver em sociedade e que não esqueçam jamais que a vida tera resposta para todos os seus elegantes o não tão elegantes actos.

      E ao ESCportugal deixar uma questão ou conselho: se as respostas antes de serem publicadas são analizadas/evaluadas onde fica a barreira do que se deve ou não publicar.

      Eliminar
  6. Já viram... Nós portugueses a quixarmo-nos da RTP não transmitir e agora os fans na Roménia estão muito pior já imaginaram?
    Pelos menos a RTP vai transmitir e não fomos desqualificados e vamos voltar para o ano...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente e um consolo ter uma RTP,que se comporta em relaçao ao ESC tal como se sabe...Ja agora podiamos oferecer um ramo de rosas a RTP,em agradecimento e reconhecimento. :-d (c)

      Eliminar
  7. A meu ver, o procedimento da EBUER e inqualificavel.Entao,so agora e que reagem a divida,a menos de um mes do inicio do ESC?!?!Tem andado a dormir este tempo todo? RTP,pergunta-lhes ,se a um preço de promoçao ainda podemos entrar na festa,com a Leonor Andrade e "Strong for too long"!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:02

      Se a RTP ainda tiver money money para o ESC para este ano até parecia certo levar a Leonor Andrade e ela assim fazia promoção do álbum dela que está para lançar.
      Ao menos que deixassem a Roménia só atuar, não?

      Eliminar
    2. 14:02 -Totalmente de acordo contigo.Seria da maxima justiça deixarem o artista romeno cantar no ESC,mas estaria quem a pagar os coros,bailarinos,tecnicas de cena etc? Mas,sem duvida, uma ideia bonita,justa e solidaria. :)

      Eliminar
  8. Anónimo14:03

    Eurovision Drama Contest

    ResponderEliminar
  9. Anónimo14:34

    Acho vergonhoso se tomada esta decisão depois da Roménia ter efetuado o seu processo de seleção, o que obriga a que o dinheiro gasto na participação tenha sido em vão! Se tivessem que tomar esta decisão que fosse antes do fecho das candidaturas ou então logo após o festival.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe mas essa ideia vai de encontro ao erro praticado pela equipa romena, do deixar andar porque pode não acontecer nada. Normalmente, também é assim que sucede com os corruptos.Os subornos, as lavagens de dinheiro, etc., só existem porque os agentes de tais atos ilícitos julgam que vão ficar impunes a vida inteira. Ora bem, se tinham aquele dinheiro disponível, agarrassem nele e reduzissem a dívida.

      Eliminar
  10. Anónimo14:51

    Ok, a Roménia devia muito dinheiro a UER, então depois da edição de 2015, a EBU contactava a TVR, e a EBU falava que não podiam participar pelo facto de terem uma dívida muito grande não depois de menos um mês do espectáculo, dizer agora que não vão participar, a Roménia gastou dinheiro num espectáculo para escolher o seu representante e quem fica mais prejudicado é mesmo o representante coitado, ele fez uma grande promoção, foi a vários países promover a sua canção, treinou muito e agr fazem lhe isto??? Também têm uma lata, então desqualificavam para 2017, não agora.

    ResponderEliminar
  11. Mandy14:51

    Eu adoro "operatic rock": um dos estilos que realmente aprecio. Contudo, esta música não é uma das minhas favoritas, mas eu também não acho justo a forma como a EBU tratou o assunto Romênia. Eu duvido muito que a EBU tenha tomado conhecimento somente agora dos débitos, cujo problema poderia ter sido resolvido de maneira mais adequada bem antes do Eurovision 2016.

    Não estou dizendo que a Romênia não tenha que honrar seus compromissos, sim, existem regras para que as coisas funcionem... se fosse o caso de desqualificação, que esta acontecesse bem antes de formular uma seletiva nacional, não agora, desrespeitando o artista, a música e, principalmente os fãs.

    É triste ver um artista que se dedicou meses de sua carreira para o festival, participando de seletiva nacional, festas pre-ESC, trabalhando na promoção de sua música, sendo desqualificado menos de duas semanas para o Eurovision.

    Infelizmente, tudo indica que a desqualificação romena não se baseia apenas nas dívidas, mas que o país perdeu o status de " EBU sweetheart" ou que era quase certa seu fracasso na semifinal.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo15:33

    Se fizeram o seleção interna o problema é dos romenos porque estavam convencidos que nada lhes acontecia os do leste estão convencidos que tudo podem fazer e que nada lhes acontece porque a Europa mais rica tem que os aturar e ainda é um favor que lhe fazemos, para umas coisas são pobres para outras são os melhores então que paguem pois tem estado sempre na FINAL e nós que andamos lá à meio século somos tratados abaixo de cão e sem dividas para com a UER, foi uma boa decisão.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo15:51

    Na Roménia fez-se um festival nacional para apuramento da canção a representar o país no ESC. Terá a EBU avisado a estação romena de que a canção poderia não chegar a Estocolmo, se a dívida não fosse paga? E ficaria a EBU mais pobre se expulsasse a TVR daqui a umas semanas, depois do ESC? Em Malta (cuja estação não duvido que pague tudo atempadamente) usou-se o símbolo do ESC num festival que, afinal, não apurou nenhuma das canções para o ESC. Poderia realmente ter-se usado o símbolo? E já agora que a EBU aborda publicamente a falta de pagamento da TVR, não seria oportuno divulgar-se quanto cada estação efetivamente paga à EBU? Não sei porquê, mas tenho a impressão de que a RAI (Itália) não estaria no "TOP 5", o que significa que não deveria integrar o grupo dos chamados "BIG 5"...

    ResponderEliminar
  14. Acho esta desqualificação mal gerida e não vem em tempo útil. Seria simpático que o artista seja convidado para atuar como interval act numa das semifinais, e de preferência, na que estava alocada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:32

      Alocada? Mas que português mais estranho... O artista estava alocada numa das semifinais? O artista alocada?

      Eliminar
  15. Anónimo01:52

    Por um lado, penso que a UER tomou a melhor decisão... Se virmos bem, não é justo um país Não pagar as suas dívidas, e obviamente quem perde e o cantor representante que já tinha sido escolhido.
    Por outro lado, penso que esta desqualificação foi tardia, deveria ter sido mais cedo para nem a Roménia organizar o festival nem o cantor Ovidiu treinasse. O cantor não tem culpa desta situação.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top