Mais uma grande produção de Filipe La Féria sobe ao palco do Casino Estoril. A aventura maravilhosa da vida de Filipe La Féria e da sua paixão pelo teatro e pela música e por todas as formas de Arte. “O Musical da Minha Vida” com um grande elenco encabeçado por Alexandra, Dora, Sissi Martins, Ruben Madureira, Pedro Bargado, Cláudia Soares, David Ripado, Catarina Mouro, João Frizza, Sofia Noronha e Daniel Galvão. O ESCPORTUGAL assistiu ao espetáculo lotado e traz-lhe alguns dos melhores momentos. 

Filipe La Féria já nos habituou a ver espetáculos grandiosos e faustosos, onde a música, a dança e o teatro se fundem para nos contar histórias. E, no caso de “O Musical da Minha Vida” é a própria vida de La Féria que é passada em revista, desde o tempo em que a sua avó o levava, em criança, a ver teatro, até às viagens “secretas” que fez a Londres e Paris para beber de toda a cultura de teatro dessas duas cidades.

Durante cerca de 90 minutos, é a própria história do país que é também revisitada, dos anos 50 do século passado à atualidade. Os mitos de La Féria, as suas vedetas, os filmes que o marcaram, o teatro, a música, a literatura são o ponto de partida para uma viagem que é afinal a viagem de todos nós.
 
“O meu musical nasceu antes de eu nascer, quando o meu pai ofereceu à minha mãe uma máquina de filmar. Um velho celeiro transformou-se, então, em sala de cinema”. Assim, começa a jornada do Salão Preto e Prata, com imagens da aldeia do Alentejo projetadas no ecrã. A partir desse momento, é como se La Féria fechasse os olhos e vivesse um sonho: no palco entram as suas estrelas de sempre, a começar por Marlene Dietrich, aqui encarnada por Dora, acompanhada pelo bailarino Augusto Gonçalves. Mas também vemos Carlos Gardel, famoso cantor de tango aqui na pele de David Ripado, ou Fred Astaire e Ginger Rogers, os inconfundíveis Ruben Madureira e Sissi Martins. As histórias vão se sucedendo, de forma encadeada, sem que o espetador dê conta de quebras, sempre com uma contextualização de segundos em voz off.

Alexandra protagoniza a saudade de quem está longe, cantando fado e emocionando o público. E Cláudia Soares veste-se de Edith Piaf, com imagens de Paris como cenário.

Um dos momentos mais animados da noite: as recordações dos filmes de cowboys com uma alegre encenação com mais de duas dezenas de cantores e bailarinos em palco, encabeçados por Pedro Bargado. Sem esquecer os diversos quadros de João Frizza, humor inteligente e popular.

Mas foram tantas outras as histórias, filmes ou peças de teatro recordadas, confundindo-se a realidade e fantasia: Charlie Chaplin, o movimento Flower Power, a vinda de Freddie Mercury a Portugal depois do 25 de Abril de 1974, Chicago na Broadway, Carrocel ou O Feiticeiro de Oz, entre muitos outros.

Há momentos intensos em que é a voz dos intérpretes que mais sobressai, mas também outros mais dinâmicos com muita luz, cor, movimento, ritmo, plumas e lantejoulas pois claro, fumo e ventoinhas, bailarinos e acrobatas em suspensão sobre a plateia, placas elevatórias, muitas entradas e saídas de cena...

 “O Musical da Minha vida”, que estreou no passado dia 16, é um espetáculo surpreendente, que irá certamente trazer boas memórias, por ser transversal às últimas 5 décadas.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: ESCPORTUGAL

5 comentário(s):

  1. Ricardo Alves19:05

    Excelente reportagem. Da vontade de ir. Saben ate quando esta em cena?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Ricardo Alves, não há uma data de términus do espetáculo, prevendo-se que se prolongue para além do verão.

      Eliminar
  2. Anónimo20:01

    O la feria da cartas nos musicais

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:24

    A Dora esta muito bem nas fotos

    ResponderEliminar
  4. Anónimo22:09

    David Ripado (h) (k)

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top