Portugal: Conheça o regulamento do Festival da Canção 2015

A emissora nacional portuguesa acabou de revelar o regulamento do Festival da Canção 2015! O certame será constituído por duas semifinais e a Grande Final e tem algumas novidades na votação.



A RTP, através da sua página oficial, anunciou, esta tarde, o regulamento do Festival da Canção 2015. O certame será, como em 2010, constituído por duas semifinais e uma final, sendo que em cada semifinal competirão seis candidatos. As duas canções mais votadas de cada semifinal apurar-se-ão para a Grande Final, sendo que uma terceira canção será apurada através do voto de um painel de jurados composto pelos compositores a concurso naquela semifinal, sendo que não poderão votar na sua candidatura. Na grande final, os seis apurados estarão a votação do público, sendo que os dois mais votados pelo televoto e um terceiro candidato escolhido pelos jurados apurar-se-ão para uma 'SuperFinal' onde disputarão o direito de representar a RTP em Viena, onde o televoto será o único método de votação.

Apesar de não ter sido ainda designado o local que receberá os eventos, o regulamento avança que o Festival da Canção 2015 contará com uma banda residente, algo inédito nos últimos anos. 

Aceda AQUI ao regulamento na íntegra!

Esta e outras informações também no nosso Facebook. Visite já!
Fonte e Imagem: RTP

122 comentários:

  1. Anónimo20:14

    Adorei as novidades do sistema de votacao!! E vamos ter 2 semis e a grande final. Para mim, mt bem rtp.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo M21:28

      2 semis, 1 final e 1 super final!

      Eliminar
    2. Anónimo12:26

      Não, são só duas semifinais e uma final.
      "2. O Festival da Canção 2015 vai ser constituído por duas Semifinais e uma Grande Final, todas elas realizadas em território nacional (em local a designar)."

      Eliminar
  2. Gosto da maior parte das regras. Um juri especializado que escolhe a 3ª cançao? Parece uma ideia muito boa. 2 semifinais? concordo. Votaçoes ao inico? Nah. Primeiro deveria se ouvir todas as canções e depois sim votar 1 voto por tlm/tlf. Cantar em PT? Prefiro em ingles para variar lol Falta ver as canções que vao a concurso. Possa ser que haja alguma canção milagrosa que faça com que Portugal ganhe finalmente o festival. Todos estamos ansioso!!!! (h)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo20:19

    Adoro a presença da banda

    ResponderEliminar
  4. Anónimo20:22

    gosto das regras!

    ResponderEliminar
  5. Estou muito contento como em 2010 vai ser lindo.

    Espero que apresentem antes das semis finais

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20:24

    Bem fiquei mesmo SURPREENDIDO! :o muito feliz por haver duas semi-finais e uma final e com o novo sistema de votação :D no entanto fico aborrecido com os antagonismos de sempre.. -.- (como por exemplo as canções terem de ser 100% português).. -.- mas vá já não é nada mau esta alterações! VAMOS CONTINUAR A INOVAR RTP!!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo20:48

    Gostei...vai muito ao encontro da selação sueca..o melodifestivalen. Falta saber o local as datas e as musicas :D

    ResponderEliminar
  8. Anónimo20:55

    As datas do festival são 3, 5 e 7 de março

    ResponderEliminar
  9. Anónimo21:03

    Sim deve ser isso anonimo das 20:55, em principios de marco.

    ResponderEliminar
  10. Pedro Carvalho21:09

    Este método de votação da mais pica e ansiedade. E assim nao ha muito tempo para chamadas em massa de fãs ou centrais telefonicas

    ResponderEliminar
  11. Anónimo21:12

    Quatro coisas, no mínimo, me parecem estranhas (ou talvez não): as canções podem já ter sido apresentadas/comercializadas depois de 1 de setembro de 2014 (podem, por exemplo, ter feito / fazer parte da banda sonora de uma telenovela estreada depois - tristes tempos em que muita da música portuguesa se torna conhecida por acompanhar cenas de telenovelas...); pode-se votar nas canções antes de serem apresentadas/ouvidas pela primeira vez (já agora até podem abrir as linhas antes da noite da primeira semifinal e sempre ganham mais algum dinheiro com o 760etc...); não tendo a RTP ao longo de um ano (2014) produzido um único espetáculo com profissionais acompanhados por músicos tocando ao vivo (não me refiro aos concursos para novos talentos, mas a espetáculos de profissionais - os concertos de Carlos do Carmo ou Áurea, entre outros, foram filmados mas não produzidos pela RTP), é triste que se fale de uma banda e não de uma orquestra; finalmente, não se deveriam ter indicado quais os critérios para a escolha dos compositores (algum êxito recente? um currículo de bons resultados em anos anteriores?)? O ideal mesmo seria explicarem-nos por que razão outros compositores não podem concorrer, mas talvez seja pedir muito... Não estou a dizer mal das canções, que obviamente não conheço; estou apenas a achar o processo de novo pouco transparente. Ao menos que todos os intervenientes leiam as regras, para não se atacar quem quer que seja que ganhe pelo "crime" de ter ganho...

    ResponderEliminar
  12. Anónimo21:23

    Sim as datas devem ser essas.

    O formato foi "recauchutado", e no geral parecem-me alterações positivas.

    A banda pode ser muito interessante (se se pensar em seguir o exemplo San Remo). Espero que a saibam colocar no palco (ou seja, que não impeça a existência de outras coisas em palco).

    As semi-finais e finalíssima parecem-me bem (pelo menos dão mais exposição ao festival e às músicas).

    Canções em português, é uma discussão antiga e polémica. Defendo que um FC tem que ter obrigatoriamente canções em português, mas acho que devia existir espaço também para canções noutras línguas (inglês).

    O ponto mais negativo (e que ainda ninguém tocou), é a responsabilidade pela produção musical e pela apresentação da canção ser da exclusiva responsabilidade da RTP. Considero isto muito grave, por um lado não incentiva os compositores a investirem na canção e a trazerem ideias, irreverência e criatividade ao FC; e por outro, deve significar trabalho para os "meninos dos tachos" do costume e assegurar à partida produções e apresentações datadas e desinteressantes.

    De resto, há que melhorar (e muito) a promoção.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo21:31

    isso é que é uma falta de respeito com tanta coisa boa para comprar vai-se gastar dinheiro numa me*** que não presta para nada e já todos sabemos que ficamos nos últimos lugares

    ResponderEliminar
  14. Muito bem RTP (h) (h) fiquei agradavelmente surpreendido pelas alterações feitas no regulamento. Agora desejo ser surpreendido pelo essencial, as músicas.
    RTP não esquecer de trabalhar na divulgação antecipada do evento para uma maior visibilidade do FC.
    Espero que a RTP mostre que quer estar a altura da competição com uma música de qualidade e com espírito competitivo.

    ResponderEliminar
  15. Fiquei bastante decepcionado.Acho inutil haver 2 semifinais para um total de 12 cançoes.Dependendo do alinhamento por semi,ha o risco de ficarem de fora da final varias boas cançoes,que havendo uma unica semi beneficiariam dum seleccionamento mais justo.Banda residente?Soa-me a charanga palaciana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:51

      Deves estar bebado. Muito melhor este método, está espetacular! Melhor que o Melodifestivalen

      Eliminar
    2. Anónimo23:00

      Aahahaha farto de rir com os teus comentários RG.. Enfim...

      Eliminar
    3. 22:51 e 23:00- Mas evidentemente que estou bebado,pois nunca tenho um unico momento de sobriedade. Rir faz bem ao figado,mas quem muito ri pouco siso tem,pelo que ri,ri muito! Ou se preferires chora! Whatever... :-))

      Eliminar
    4. Na minha opiniao,havendo so 12 cançoes dispensava-se bem o uso de semi-final,bastaria haver so a final com as 12 cançoes. Em 2010 houve,salvo erro, 24 cançoes distribuidas por 2 semis e 1 final,o que ja se justificou. Um voto por tlf?Como vai ser?

      Eliminar
    5. Anónimo02:53

      Eu tbm acho um disparate esta fartura de semifinais e a "banda residente" mais os produtores musicais da rtp causam-me vibes mt negativas.

      Eliminar
    6. Anónimo21:25

      Que interessa que fiquem de foras cançoes boas nas semi finais? O que interessa é que a melhor passa!

      Eliminar
    7. Anónimo22:23

      21:25- Interessa sim, e muito. Tudo uma questao de numeros e raciocinio logico, mas fico por aqui.

      Eliminar
  16. Bem parece que a mensagem que eu enviei para a Carla funcionou. Ela sentiu-se inspirada para fazer um bom trabalho. Fiquei muito contente com o que li, muito mesmo. Quer me parecer que as coisas este ano vão ser bem diferentes, e isso é um ótimo sinal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Carvalho21:46

      Com certeza, Claudio, foi mesmo por tua causa que eles começaram a trabalhar.

      Eliminar
    2. Você não perde uma, não é?

      Eliminar
  17. Anónimo21:46

    denovo televoto 100%? palhaçada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é palhaçada se a regra for um voto por cada número de telefone.

      Eliminar
    2. Os júris regionais provaram que não percebem nada do assunto, logo os seus votos são dispensáveis.

      Eliminar
    3. Pedro Carvalho12:44

      Concordo Claudio. Votos distritais eram uma valente seca e, mais grave, eram pessoas normalmenre fora da realidade

      Eliminar
  18. Anónimo21:51

    quando é que vão revelar as musicas? ou são assim tão más como em 2014?
    Este método de seleção nunca será tão bom como em 2010, pq em 2010 a RTP deu a chance a compositores novos, coisa que este ano não fez, convidou compositores repetidos e ainda por cima portugueses, e o que tem safo o FC nos ultimos anos são os estrangeiros... uma vergonha.

    ResponderEliminar
  19. Anónimo22:06

    vcs falam que este ano as coisas vão ser diferentes, mas diferentes como? este metodo de convidar 12 compositores resultaria se dessem chance a novos compositores, e não aos mesmos dos ultimos anos... que provaram que não fazem um bom trabalho.
    O que tem salvo os FC são os estrangeiros! este ano é só portugueses.. ou seja vai ser tudo muito mau..
    Espero que os senhores Tozé Santos e josé só não estejam entre os convidados... pq sinceramente as musicas que eles fazem são PÉSSIMAS!

    ResponderEliminar
  20. Anónimo22:20

    se mastiksoul não tiver nos compositores convidados, passo-me!

    ResponderEliminar
  21. Anónimo22:42

    Espetacular! E há júri! Está muito melhor que o Melodifestivalen! Só faltam as datas, mas acho que serão nos sábados 7, 14 e 21 de março, ou então, como 21 de março é muito tarde, pode ser a 1ª semifinal a 28 de fevereiro e a 2ª semifinal a 7 de março e a final a 14 de março,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas ninguém disse que os espetáculos vão ser todos transmitidos em sábados. Aliás o mais provável é ser: 1ª semi-final terça-feira, 2ª semi-final quinta-feira, e final sábado.

      Eliminar
    2. Anónimo11:00

      Em 2010 foi tudo na mesma semana, na terça, na quinta e no sabado. Por isso deve de ser assim

      Eliminar
    3. Segundo o que percebi serão 4 espetaculos....logo 4 datas...

      Eliminar
    4. Não. São 3 espetáculos: 2 semi-finais e 1 final.

      Eliminar
  22. Anónimo22:44

    a regra do 1 de setembro poderá trazer canções conhecidas... é uma boa jogada da rtp e a Carla mostra estar atenta às regras da Eurovisão. Teremos o Mar Salgado dos Amor Eletro, o Mountains da Carolina Deslandes, algum dos últimos hits do Mastiksoul, alguma do Miguel Araújo, Mikael Solnado? Com essa regra é mais fácil convencer os compositores portugueses mais conhecidos. Acredito que tb vão aparecer outros menos conhecidos e que podem ser boas surpresas :)

    ResponderEliminar
  23. Anónimo23:03

    Uhmmm é uma mudança interessante RTP(ou está apenas a copiar métodos de outras finais nacionais e já vai tarde).
    Mas sinceramente preferia que fosse só a final de sábado e que pelo menos as musicas fossem boas...já ficava muito satisfeita.
    Vá prefiro esperar por mais detalhes...

    Ah esqueçam o Mastiksoul se bem me lembro ele só aceitava ser escolha interna...mas nunca se sabe.E essa cena dos estrangeiros...se falam do Babic...sinceramente até parece que o homem é o salvador da pátria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:45

      os ultimos FC foram salvos por ele.

      Eliminar
    2. É verdade sim senhor. Se não fosse o Babic os últimos festivais teriam sido um tédio. Diga-se o que disser, o Festival da Canção sem uma música dele não é a mesma coisa.

      Eliminar
    3. O babic só nos salvou com senhora do mar, porque de resto foi uma grande treta...

      Eliminar
    4. Peço desculpa, mas a partir do momento em que Canta Por Mim e Mea Culpa têm o impacto que tiveram no público, não se pode falar em tretas. Contras factos não há argumentos.

      Eliminar
    5. Pedro Carvalho12:47

      O babic não esteve inspirado em 2011 e 2012. Ganhou em 2012 porque tudo era maus demais. Em 2010 esteve muito bem, inovou, mas "canta por mim" tinha uma letra muito clássica para uma canção que pretendia ser pop. Teve azar porque o FC2010 foi muito bom (dentro do género) e a concorrencia era mais forte. Em 2014 a canção soava a copy-past e a Catarina não estava bem, talvez muito cansada

      Eliminar
    6. Anónimo14:55

      Em 2011 a cançao ate era talvez a melhor de todas ,mas foi destruida por uma interprete mal escolhida.

      Eliminar
    7. Pedro Carvalho, "Canta por mim" tinha uma letra mt classica?? Ja agora, para si qual o nivel ou estilo que deve ter a letra duma cançao pop?Pimba-style?? Dizer q em 2012 era tudo mau demais...nao foi bem assim,nem Babic foi nesse ano para mim o melhor.

      Eliminar
  24. Anónimo23:04

    TEM GENTE AQUI A DIZER QUE ISTO É MELHOR QUE MELODIFESTIVALEN AONDE? NO MELODIFESTIVALEN ELES ABREM CANDIDATURAS PARA TODOS OS COMPOSITORES, INOVAM, COISA QUE A RTP NÃO FAZ!
    Pode parecer bom esse método de 2 semi finais... mas as musicas ainda não ouvi, e se for como os ultimos anos, vão ser más.

    ResponderEliminar
  25. Anabela Banana23:28

    Outra vez o publico a decidir sozinho quem ganha, ai tanto telemovel os compositores e cantores vão oferecer ao povo e os resultados vao ser outra vez distorcidos. Enfim! Isso é um sistema ABSURDO, NADA inovador e EM NADA MELHOR que o Melodifestivalen. Haja paciência com esta RTP!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda sejas Anabela ! Independentemente de concordar ou discordar de ti, e muito bom voltar a ver-te por estas "azinhagas" tortuosas do FC e do ESC.

      Eliminar
    2. Anabela Banana01:46

      Obrigada RG, és um amor. Eu prometi que não comentava mais mas não resisti, com tanta absurdidade nestas regras.

      Eliminar
    3. Não é absurdo se a regra for um voto por cada número de telefone, tal como acontece no Melodifestivalen.

      Eliminar
  26. Acho incorrecto dar-se premio so aos autores de letra e musica,ficando o interprete sem premio. Ja para nao falar de nao haver premio para os que nao vierem a vencer...ja para nao falar do montante do premio...acho que 750e nao da para motivar ninguem. Pode ser que sim,mas...vamos ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:20

      Acho o premio monetario o menos. Acho que neste caso se deve fazer as coisas por amor à camisola. Sendo os 750€ so pra autor e compositor que vença acho que faz sentido. Assim o compositor a fazer de tudo pra ganhar. Se formos a ver em anos anteriores que ganham 500€, julgo, todo os que participavam...ou seja fosse boa ou má a canção já tinham o premio monetario ganho. Desta vez faz sentido haver so pra os vencedores. Quanto ao premio do interprete acho que representar o seu proprio pais na eurovisao é o melhor premio que poderia receber

      Eliminar
    2. Anabela Banana01:45

      Concordo pleanamente com o RG

      Eliminar
    3. Anónimo02:34

      01:20- Sabias q os artistas e autores tambem comem e pagam contas? Tu fazias trabalho de graça?OK, se calhar ate fazias...ha quem tenha dinheiro a cair do ceu ou seja de onde for.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Anónimo12:50

      Sem pagar nada aos artistas,e depois querem que artistas conceituados e de renome participem!? Come on, desçam das nuvens e aterrem no planeta Terra! 750 euros! Isso da vontade de rir!

      Eliminar
    6. Anónimo16:00

      Bem, por 750 euros eu estaria num evento destes motivado para participar talvez a 25% dos meus recursos totais.Como artista NEM PENSAR em participar gratuitamente!!! Independentemente de ser principiante ou conceituado.

      Eliminar
  27. Anónimo00:00

    Parabéns (h) Vejo que estão a tentar inovar e a dar a uma nova vida ao Festival :) Agora apostem bem na divulgação e escolham bem as datas e o local do evento, como por exemplo um campo pequeno :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:05

      Ou Meo Arena. Quem dera! A ver vamos...

      Eliminar
  28. Anónimo00:42

    eu sei que as musicas vão ser más... mas tenho esperança que naquelas 12 tenha alguma boa... pelo menos uma

    ResponderEliminar
  29. Anónimo01:17

    Caso venha a verificar-se que há canções que não são originais e inéditas, ou que tenham sido divulgadas publicamente, por quaisquer meios, antes da data referida, as mesmas serão desclassificadas.
    Ou seja uma canção má é desclassificada? gosto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:47

      de onde tiras essa conclusão absurda?!?!

      Eliminar
    2. Anónimo02:23

      tirei la no regulamento.

      Eliminar
    3. Anónimo02:41

      01:47, regulamento absurdo,ideias absurdas! Cabe na cabeça de alguem com 12 cantigas ir fazer 2 semifinais e 1 final?? Haja bom senso!!!

      Eliminar
    4. Anonimo 02:23 - No regulamento nao existe nenhuma mençao referente a cançoes mas. OK tens direito a seres original na interpretaçao das entrelinhas do regulamento,mas fiquemos por aqui...

      Eliminar
    5. Anónimo02:49

      Não diz nada disso no regulamento. A final da Islândia é assim, 12 musicas, uma semi-final com 6 e passam 3, outra semi-final com mais 6 e passam as 3 mais votadas. A RTP é super atrasada, mas não vejo onde está o absurdo nesta parte.

      Eliminar
  30. Fly Iekaterina Fly01:44

    Deviam era fazer 6 semifinais,cada uma com 2 cançoes,de onde continuava uma pra final. Depois na final iam eliminando 1 de cada vez,por televotos seguidos,Assim sim,dava muita pika e ansiedade(o mais importante de tudo).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Edite Solar10:54

      a ansiedade é mais importante que a pika? Já agora, em Português de Portugal, o que é pika?

      Eliminar
    2. Anónimo12:39

      Edite,leia a ironia nas entrelinhas. PIKA escrita assim com K e tudo faz parte do mesmo contexto de sarcasmo. Pica em lingua de rua= desejo,apetite,vontade misturada com euforia e adrenalina.

      Eliminar
  31. Seria interessante ver de novo o Festival da Canção no Campo Pequeno com 10 mil pessoas a aplaudir as canções e os seus interpretes. Um grande palco com um jogo de luzes brilhante como o de 2012 (segundo sei foi uma empresa externa contratada pela RTP que tratou desse assunto) e certamente que muita gente iria assistir ao programa. A cereja no topo do bolo seria ter Isabel Angelino como a apresentadora do evento. Para mim ela é a pessoa mais indicada para o lugar e para ser a comentadora do Festival Eurovisão da Canção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:17

      Sim, o FC no Campo Pequeno era mesmo EXCELENTE!! Rezemos para que sim!! :D

      Eliminar
    2. Concordo contigo. Creio que o FC 2010 ficou como uma referencia. Sem margem para duvidas: ISABEL ANGELINO e a pessoa mais indicada,por todas as razoes e mais uma,para apresentar o FC 2015.

      Eliminar
    3. Ela é a Senhora Eurovisão!

      Eliminar
    4. Pedro Carvalho12:49

      Claudio, são sempre empresas externas a fazer o som/luz, até em 2012

      Eliminar
    5. Anónimo23:08

      E então o Meo Arena! Seria de arrasar!

      Eliminar
  32. Anónimo09:49

    Bem, duas semifinais e uma final bipartida é uma maneira de angariar dinheiro com os televotos, "obrigando" os espectadores a votarem quatro vezes na(s) sua(s) música(s) favorita(s). Como já foi dito por outros aqui, há o risco de haver uma semifinal com mais do que três músicas boas e na outra haver nada de jeito. Será que a RTP vai fazer um sorteio público, como no ESC e UEFA, para saber qual é a semi a que determinada música vai parar? Não percebo para que a RTP quer avaliar a qualidade numa maqueta se não tem outra escolha de ficar com essa música (se não de doze músicas ficariam quatro, se tanto!!). Será que é no último dia de entrega que o compositor vai fazer outra música melhor? Já que a RTP é a todo-responsável pelas músicas, se as músicas forem um nojo/hino ao mau gosto (é claro que aqui neste campo tudo é relativo!) o que é que ela vai fazer? Como vai justificar o mau uso do dinheiro público? Se são CONVIDADOS 12 compositores, há que pagar-lhes o combinado, que será o mesmo para cada um ou será que, na verdade, foram obrigados com uma arma apontada à cabeça, já que os bons compositores recusaram participar, pela atrapalhada de fazer algo de jeito de um dia para outro e a RTP tinha de ter doze músicas, independentemente da sua qualidade? De hoje há oito dias, a RTP já pode colocar online as maquetes das 12 músicas, nem que seja um minuto e meio(!), para sabermos se vale a pena assistir às semifinais e, por conseguinte, à final do Festival da Canção... E também amealharmos os tostões para termos um euro para televotar, que Portugal não é a Grécia, não dá para luxos que a crise a sentimos todos, mais os da base da pirâmide, claro!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anonimo 09:49 - Parabens por tudo o que escreveste! Nao posso estar mais de acordo do que o que estou em relaçao ao que expuseste e analisaste.

      Eliminar
    2. Até pode ser que aconteça ficarem mais que três músicas boas numa semi-final (o que acho pouco provável)...mas isso também pode acontecer nas semi-finais do ESC...por vezes há uma semi-final só de músicas boas e outra de menos boas ou mesmo más...É uma questão de sorteio...

      Eliminar
  33. Anónimo11:49

    desde que as musicas sejam cantadas em portugues, tudo bem!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  34. Anónimo14:28

    Acho no geral um bom sistema, melhor do que nos anos anteriores.
    O nº de musicas a concurso é que devia ser maior, em vez de 6, deviam ser 10 ou 12 musicas em cada semi. Serão 6 na semi1, 6 na semi2, 6 na Final e 3 na Super Final.
    Acho a Super Final dispensável. Segundo percebi serão apenas 3 canções a concurso nessa Super Final. O objetivo disso deverá ser rentabilizar as chamadas telefonicas.

    FGonçalves

    ResponderEliminar
  35. Anónimo15:13

    Adorei este método! Parabéns RTP! Falta uma única coisa, mudar a dupla de apresentadores l e acho que a Catarina Furtado e o Vasco Palmeirim seriam os ideiais e para a green room a Tatiana Figueiredo. O local do evento pode ser o Campo Pequeno ou o Meo Arena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:11

      Sim, sim, sim, sim, sim. O Meo Arena, por favor...

      Eliminar
  36. Anónimo17:03

    pessoas a falarem que isto é melhor que melodifestivalen? estão doidos não? melodifestivalen está anos luz do FC, eles dão chances a todos, não é como a RTP, dá chance aos mesmos todos os anos.

    ResponderEliminar
  37. Anónimo17:10

    e a nossa seleçao, recebem milhares de euros e fazem um cu nos campeonatos, e quem paga, o ze povinho. eles tambem deviam de jogar amor à camisola, pelo país sim, nos jogos olimpicos, creio eu, ninguem recebe nada. na eurovisao, a rtp é que paga tudo, os artistas nao têm gastos, e é só creditos que recebem a nivel internacional.

    ResponderEliminar
  38. Anónimo17:41

    Em Portugues? Alguem que conhece minimamento a eurovison do sec.21 acredita que em Portugues podemos ganhar? Mais uma vez vamos cantar pros emigrantes o resto não nos vao levar a serio apenas nos vao escutar com simpatia?

    ResponderEliminar
  39. Anónimo19:12

    tenho nojo e vergonha de ver meu pais a cantar em portugues, deviam cantar em ingles! Em portugues jamais ganharemos um ESC.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:06

      Desculpe, mas "nojo e vergonha" são palavras demasiado fortes. Concordo com a sua opinião de que não se ganha cantando noutra língua que não o inglês, mas daí a ter-se vergonha e nojo... é demasiado. Não creio que se tenha beneficiado com a reintrodução da liberdade de escolha do idioma: shine, dreams come true, etc. são mais do que frequentes e banais. A letra da canção vencedora em 2010, por exemplo, é paupérrima e se fosse portuguesa seria chamada de pimba para baixo...

      Eliminar
    2. Anónimo22:16

      Aí se vê a pessoa que voce é a dizer que tem nojo e vergonha da própria lingua. Muitos países ja ganharam sem ser em Inglês.

      Eliminar
    3. Anónimo22:33

      Se tens nojo e vergonha devido a lingua portuguesa,emigra para um pais de lingua inglesa(creio ser a tua lingua de estimaçao) vive la uns anitos,naturaliza-te e renuncia a nacinalidade portuguesa. Na EU tens Reino Unido,Irlanda e Malta para emigrar.Facil...

      Eliminar
    4. Nesta questao da lingua no ESC,sou pelo uso das linguas nacionais.De 78 a 98 nao houve liberdade linguistica no ESC.Mesmo assim venceu-se em Hebraico 3 vezes,Frances 3vezes,Sueco 2 vezes,Noruegues 2 vezes,Alemao 1 vez,Croata 1 vez,Italiano 1 vez.E em Ingles 9 vezes.

      Eliminar
    5. Anonimo 20:06 - Nem de proposito a Suiça acabou de seleccionar"Time to shine" para viena. Tenha mesma opiniao que a sua em relaçao a liberdade de escolha da lingua no ESC. a HEGEMONIA DO INGLES e de certa maneira estupidificante e monotonizante.

      Eliminar
    6. Anónimo03:26

      O MUNDO MUDOU...PORTUGUES... ORgulhosamente sós... Tanta coisa com a Lingua. Na Eurovision as regras sao para todos e se queremos comunicar há que comunicar em Inglês. SIMPLES Inglês Tanta coisa pra um pais que sempre falou a lingua dos outros... E nao faz nada pela Lingua portuguesa... LIBERDADE pra todos... RTP quer cantar em portugues que cante e deixe os outros em paz. Esses países adoram as suas linguas nao precisam mostrar isso...

      Eliminar
    7. Anónimo15:11

      vcs falam isso pq vcs sao todos velhos que viam o esc há 20 anos atras, mas meus amores as coisas mudaram! os tops10 é tudo musicas em ingles! as que ganham e tudo top10! a excessao da servia, mas isso era diferente!!

      Eliminar
    8. 15:11- 20 anos nao chegam para medir a perspectiva que tenho do ESC.Sou pelas linguas nacionais,nao quero impor regras a ninguem,nao gosto da hegemonia do ingles.Gostava ate de ver Portugal no ESC com algo em Crioulo,Chines,Kimbundu ou Kikongo. Ingles,NO THANKS!

      Eliminar
    9. 15:11- Tenho o privilegio de ser suficientemente velho para poder ter estudado no secundario linguas tais como frances,alemao,latim,sim, ingles e ,claro portugues.Depois por opçao propria mais umas tantas.Por ex. em 2013 no top10 ESC 1 cançao em italiano e outra em grego.

      Eliminar
    10. Nos tempos que correm e com o que tem sido apresentado pelos paises em que o ingles e lingua oficial(UK,Irlanda,Malta) nestes ultimos 10 anos,nao creio que tivessemos tido uma unica vencedora em ingles,mesmo caso os outros paises tivessem de se limitar as suas linguas oficiais.

      Eliminar
    11. Anónimo17:58

      Anonimos 03:26 e 15:11-Por ex. em 2012 no TOP10 do ESC cinco cançoes nao eram em ingles: Albania,Russia,Italia,Estonia,Serbia. Do TOP -3 so a Suecia,vencedora ,cantou em Ingles. Um pouco ilusoria a pica com a lingua inglesa no ESC.

      Eliminar
    12. Anónimo19:28

      Tenho estado atentamente a ler os vários comentários sobre o uso do português ou do inglês e acabo por ter uma dúvida - não em relação aos comentários, mas ao estipulado no regulamento da RTP. Presume-se que insistam no uso do português por se tratar da canção representante de Portugal. Mas a verdade é que há uma segunda língua oficial no país: o mirandês. Oficialmente ela é também... oficial. E a RTP está de imediato a pô-la de parte. Há quem escreva canções em mirandês. Claro que a RTP não lhes iria estender o convite; este fica para os compositores seus conhecidos que residem, decerto, em Lisboa ou perto de Lisboa ou aí vão frequentemente. Mas imaginemos que a RTP (ou a senhora responsável pelo regulamento) tinha um ato de generosidade e abria o concurso a todos os que quisessem participar, procedendo-se depois a uma seleção das canções a divulgar em março. Como estação pública, teria o direito de excluir temas em mirandês, ou seja, numa das línguas oficiais do país?

      Eliminar
  40. Anónimo20:00

    "As propostas de canção terão de ser obrigatoriamente originais e inéditas, não podendo ter sido comercializadas ou apresentadas em público antes do dia 1 de Setembro de 2014.

    14. Caso venha a verificar-se que há canções que não são originais e inéditas, ou que tenham sido divulgadas publicamente, por quaisquer meios, antes da data referida, as mesmas serão desclassificadas."

    Isto abre grandes possibilidades ao ESC deste ano... Grande surpresa para mim. Quanto ao júri, pena que a sua votação não tenha peso até ao fim.

    ResponderEliminar
  41. Anónimo21:31

    100% televoto ... se o painel de júris nacionais são acusados de terem mau gosto, o que dizer do publico português que não se importa de ir ver artistas pimba fazer playback num domingo tarde em qualquer um dos canais televisivos do nosso lindo pais ... palhaçada em ambos os lados ... agora as canções compostas? valem a pena? ou são mais um conjunto de notas compostas em cima do joelho, feitas à pressa, sem qualquer autenticidade ou teor que se possa valorizar? Mais do mesmo? Mais guitarras portuguesas forçadas a serem incutidas em géneros musicais dos quais não faz parte, só para dizer que somos portugueses, acabando por destruir a natureza sonora das canções? Vamos voltar a ter mais pimbalhada com Emanueis e afins?
    Mais uma participação num certame com o qual perdemos noção do que é, com o qual estamos a mil anos luz de alguma vez no enquadrarmos nele musicalmente e mesmo assim insistimos ... para nada. Queremos ser tão portugueses, queremos tanto cantar na nossa língua, mas a Eurovisão não é nem nunca será o local nem o contexto mais adequado para tais objetivos, muito menos quando musicalmente não sabemos traduzir essa identidade em algo que se compreenda no meio da Eurovisão. Ainda andamos a olhar para a Eurovisão como se fosse 199... e qualquer coisa. E depois aquele grupo de fãs que a única pela qual andam desesperado e ter duas semanas de desculpa para mais "encontros multi-culturais" em plena Lisboa ... já se vê pelo desespero de certos fãs europeus que querem uma pré-favorita para este ano o mais rápido possível ,, só para ter uma ideia de onde vão para o ano, ainda nem a Viena chegaram. Tanta hipocrisia escondida debaixo dos tapetes ....

    ResponderEliminar
  42. Anónimo22:28

    É um método muito melhor que o do ano passado! Só falta Rita Guerra e Áurea fazerem parte dos compositores e ser no campo pequeno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 22:28 - A ver vamos... Ainda nao sabemos se o televoto vai ser na base de um voto por nº de telefone,ou?.. Ja para nao falar de termos um juri a meter a colher no guisado...Lembra-se de 2006? Uma maravilha!!! Preferia Rita Guerra e Aurea como interpretes e nao como autoras no FC.

      Eliminar
    2. Anónimo09:50

      RG, acho que não há nada que impeça o compositor ser também o intérprete... E autor da letra.

      Eliminar
    3. Concordo consigo RG... tanto a Rita Guerra como a Aurea seriam Boas escolhas como interpretes...já como compositoras tenho as minhas dúvidas...também me assusta um pouco a votação na super final ser só por televoto...mas esperemos que as músicas sejam boas e isso sim é importante...

      Eliminar
    4. Não vamos por aí, porque toda gente sabe o que é que aconteceu no ano passado, logo não vamos atribuir a culpa aos espectadores. Esses não têm culpa de nada.

      Eliminar
    5. Anonimo 09:50 - Onde mencionei/disse eu que ha alguma coisa que impeça o compositor de ser tambem o autor e o interprete da mesma cançao?Com jeito e talento ate pode ser o acompanhamento musical TOTAL tambem(guitarra c a mao,tambor com o pe).

      Eliminar
    6. Helder Antonio,eu preferia que fosse so por televoto,mas com um maximo de 3 votos por nº de telefone,durante 15 minutos no maximo. Para evitar especulaçoes ao estilo de 2014. Havendo juri pelo meio,que o peso do voto do juri nao ultrapasse 10% do total.

      Eliminar
  43. Gosto do método, mas o facto de termos uma banda residente É RIDÍCULO! Por favor, estamos em 2015, não voltem aos anos 60!!

    ResponderEliminar
  44. Anónimo10:43

    Estarem dois produtores a serem pagos para fazerem arranjos de doze músicas para uma banda é, pelo menos, algo de ridículo, em vez de fazerem grandes orquestrações (já que a música é enlatada e é!). Ou será que a banda irá acompanhar o vencedor para o ESC? E se forem dois elementos, a banda vai "maneta"? E se for um grupo de seis elementos a cantarem e tocarem, tipo Flor-de-lis, arruma-se para canto logo na semifinal, tal como em 2006, com os MariaFolia, em que o júri cortou as assas à originalidade e irreverência? Estou a ver que esta "telenovela" do Festival da Canção ainda vai parar ao Parlamento, ahahah.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Carvalho14:21

      Há pessoas que têm o dom de dizer mal de tudo, mesmo daquilo que não conhecem porque ainda não aconteceu! Devem ser pessoas muito negativas

      Eliminar
    2. Anónimo20:58

      10:43,Estes dados segundo os quais temos uma banda residente fazem-nos crer que o pior pode vir a acontecer. As suas perguntas tem toda a razao de ser.No ESC nao ha bandas residentes,mas sim fundo musical pre-gravado...Dificil entender a RTP neste aspeto!

      Eliminar
    3. Anónimo01:30

      Basicamente a RTP quer por música ao vivo no festival da canção em vez de um CD a tocar. Isso é a banda residente. No ESC já toda a gente sabe que é música de fundo sem banda. A banda não acompanhará o vencedor, como está bem explicito nas regras. A atuação poderá ter em palco até 6 pessoas, e não estão a contar a banda.

      Eliminar
    4. Anónimo12:40

      Como resultado talvez 2 coisas muito diferentes, uma no FC e a outra no ESC. Sinceramente,isso tem algum jeito? Ainda se fosse uma orquestra,mas uma banda residente!?

      Eliminar
    5. Anónimo18:37

      Pedro Carvalho, pare de brincar aos psicanalistas a classificar a personalidade dos outros. Com base naquilo que sabemos podemos opinar e no fim trata-se de conjeturas e nada mais,umas positivas outras negativas.

      Eliminar
  45. Anónimo19:25

    Suiça 4 idiomas e advinhem vai cantar em que língua? RTP quer dar uma imagem de um país parado no tempo... triste e velho... enfim nao entendem que o evento tem uma dimensao mundial e que é importante inglês.. algum dia até será 2 lingua em portugal...

    ResponderEliminar
  46. Pedro Carvalho12:51

    A RTP para provar que aposta forte no FC devia pôr a Catarina Furtado a apresentar e organizar o FC no Campo Pequeno ou, se o €€ não chegar, no estudio do the Voice

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:23

      Por amor de Deus, no Meo Arena é que seria ótimo!

      Eliminar