Slider

Noruega: NRK anuncia mudanças no formato do 'Melodi Grand Prix 2023'

 

A emissora norueguesa NRK revelou mudanças para o Melodi Grand Prix 2023. Os concorrentes serão conhecidos a 4 de janeiro.


O chefe de delegação da Noruega no Festival Eurovisão, Stig Karlsen, revelou, esta manhã, novos detalhes do Melodi Grand Prix 2023, certame que será novamente utilizado como final nacional em 2023. Depois de ter sido revelado que a edição contaria com 21 canções e apenas 3 semifinais, o chefe de delegação revelou que, ao contrário dos anos anteriores, nenhum artista será previamente apurado para a Grande Final.

"Foram vários os bons motivos para a solução com artistas pré-qualificados, mas o MGP está em constante desenvolvimento. Partimos agora para um modelo de competição mais fácil de entender, onde todos os artistas competem com o mesmo ponto de partida. Estará tudo em jogo para todos desde o primeiro dia" frisou Stig Karlsen, revelando também a eliminação da ronda de repescagem bem como o formato de duelos na votação. Assim, os sete artistas de cada semifinal entrarão em competição, com os três mais votados a apurarem-se para a Grande Final. Os 21 artistas concorrentes na edição serão conhecidos a 4 de janeiro, sendo que as canções de cada semifinal serão reveladas na segunda-feira antes de cada transmissão.

Além disso, a Grande Final do concurso terá lugar a 4 de fevereiro em Trondheim, estando de regresso o júri internacional: "Depois de dois anos de pandemia, finalmente podemos regressar a uma grande arena. Sonhamos com um local lotado desde a última vez que tivemos casa cheia, apenas algumas semanas antes do país fechar em 2020" adiantou, justificando o regresso do júri internacional para aumentar as probabilidades de sucesso na Eurovisão, "O MGP faz parte de um evento internacional e queremos um modelo de votação semelhante à Eurovisão. E também aumentar as probabilidades de ganhar o evento.".

Aceda, de seguida, às datas da competição:

4 de janeiro - Revelação dos concorrentes
9 de janeiro - Revelação das canções da Semifinal 1
14 de janeiro - Semifinal 1
16 de janeiro - Revelação das canções da Semifinal 2
21 de janeiro - Semifinal 2
23 de janeiro - Revelação das canções da Semifinal 3
28 de janeiro - Semifinal 3
4 de fevereiro - Grande Final

A Noruega estreou-se no Festival Eurovisão em 1960, e à exceção do ano de 1991, o país tem usado o Melodi Grand Prix como método de seleção dos seus representantes. Até à data, a Noruega conta com 25 presenças no top 10 da competição, com destaque para as vitórias conseguidas nos anos de 1985, 1995 e 2009. Em Turim, a Noruega fez-se representar pelos Subwoolfer e "Give That Wolf A Banana", terminando em 10.º lugar com 182 pontos, fruto do 17.º lugar no júri (36) e o 7.º no televoto (146), tendo sido a nona canção mais votada pelo televoto português.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: ESCToday / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.