Slider

[Olhares sobre o Germany 12 Points] Quem representa a Alemanha no Festival Eurovisão 2022?



A sexta temporada do Olhares sobre as Finais Nacionais continua com a escolha da  Alemanha para o Festival Eurovisão 2022. Qual será a favorita dos elementos do painel a triunfar no  Germany 12 Points?

Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPORTUGAL realiza, esta temporada, uma nova edição alargada do Olhares sobre as Finais Nacionais, iniciativa de comentários e pontuações às canções das finais nacionais para o Festival Eurovisão. 

Olhares sobre as Finais Nacionais 2022 continua, hoje, com o Germany 12 PointsSeis candidatos estão na corrida para representar a Alemanha no Festival Eurovisão 2022. Os vários integrantes do painel do ESCPORTUGAL Regiões foram desafiados a votar nas suas candidaturas favoritas, deixando um comentário sobre qual a canção que gostariam de ver a representar a Alemanha em Turim.

Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:

Malik Harris - "Rockstars" - 5 pontuações máximas


Alina Aleixo - Relativamente a esta final nacional, tenho a dizer que apesar da boa qualidade musical, temo que nenhuma das canções seja impactante o suficiente para alcançar um bom resultado na final da Eurovisão. A minha favorita é "Rockstars", uma canção moderna, bem construída, agradável de se ouvir, com um rap que a torna ainda melhor. Espero que ao vivo não desiluda. Se não for esta a escolhida, acredito que "Anxiety", uma canção pop contagiante e moderna também possa ser a indicada.

Hugo Sepúlveda - Alemanha retoma as finais nacionais e “presenteia-nos” com um leque reduzido e um pouco aquém daquilo que se esperava. Parece tudo resumido a duas: Felicia Lu e Malik Harris – que de facto são as melhores escolhas que Alemanha pode fazer! As apostas apontam para a vitória de “Anxiety”, de Felicia Lu, ainda assim, a minha aposta é “Rockstars”! Malik Harris traz-nos uma canção que vai de encontro a sonoridades mais comerciais, as sonoridades essas que se têm ouvido nos meios mais mainstream e talvez isso possa ser uma vantagem, apesar da parte “rap”, que por norma não agrada uma maioria. “Rockstars” traz-nos uma mensagem importante, o que não sendo o principal, é sempre um bónus, e a voz de Malik assenta muito bem com o instrumental! Agora só espero que a actuação faça jus!

Marcel Pessoa - Mais um ano e mais uma tentativa reformulada vinda da Alemanha. Gosto das canções, considero todas bem produzidas e radiofónicas. Porém não vejo nenhuma brilhando em Turim. Há potencial para ficar no lado esquerdo da tabela, mas os lugares mais cimeiros acho difícil acontecer. Meus 12 pontos vão para Rockstars do Malik Harris, que passa um sentimento de urgência/angústia em sua letra, prendendo nossa atenção ao longo de sua execução. A parte de rap me agrada bastante, acelerando ainda mais o clima de desesperança. A Eurovisão não é só feita de músicas com mensagens positivas, e Rockstars merece ser uma representante do dark side. 

Pedro Dias - Numa final nacional pouco inspirada, a proposta defendida pelo Malik Harris parece-me ser a que poderá obter um melhor resultado em Itália. Afinal é uma canção emotiva que transmite uma melancolia, que vai ao encontro daquela que neste momento caracteriza o estado de animo europeu. Certamente que tudo dependerá da sua apresentação em palco e qualidade vocal, mas se não for esta canção a vencer, não estou a ver qual o possa fazer, e conseguir fugir dos últimos lugares da classificação, em Maio.

Tiago Silva - Bem....não tenho muito para dizer desta final nacional. Para mim umas das mais fracas, aparentemente o "júri" tinha como tema escolher as músicas mais "radio-friendly" o que a meu ver foi um grande erro. Nenhuma música se destaca, são um pouco básicas e acredito que a Alemanha não irá sair do bottom 5. A minha favorita é ´Rockstars´, tem um som um pouco diferente do que costuma haver na Eurovisão logo poderá se destacar.

Eros Atomus - "Alive" - 1 pontuação máxima


Jorge Durões - Alive não é um rasgo de genialidade... podemos até ter a impressão de já termos ouvido a canção de algum lado. No entanto, é a interpretação, o sentimento e a força que Eros Atomus coloca nela que faz com que seja, para mim, a escolha óbvia da Alemanha para este ano. E arrisco-me a dizer que, caso seja escolhida, tendo em conta o panorama musical deste ano, pode quebrar o enguiço que a Alemanha tem tido nos últimos anos e não se posicionar nos bottom five.

Felicia Lu - "Anxiety" - 8 pontuações máximas


Aan Gomes - Se a Alemanha quiser ter alguma hipótese de sair da zona do "nill points", a única chance é con Felicia Lu e a sua catchy e artística canção "Anxiety" que foca-se num tema universal mas que cada vez mais se torna essencial discutir este assunto preeminente, dado à conjuntura social, económica, política e humanitária no mundo. Muitos de nós sofremos de ansiedade e é bom o tema ser discutido com maior abertura.

Adão Nogueira - A Alemanha volta a ter uma final nacional e com uma proposta em alemão, o que já não acontecia há alguns anos, mas fora isso não apresenta nada de novo. Com 6 propostas muito básicas não há nenhuma que se destaque, estando à espera de uma final muito morna… mas como há que escolher uma, a minha aposta vai para a não estreante Felicia Lu e “Anxiety” pois acaba por ser a menos chata.

Cláudio Guerreiro - Depois de uma escolha interna que deu péssimos resultados, a Alemanha volta a apostar numa final nacional. É verdade que algumas das músicas presentes teriam potencial para dar um fraco resultado idêntico ao do ano passado. No entanto, tanto Malik Harris, como Felicia Lu surgem com as canções com maior probabilidade de fugir a esse desfecho. A minha preferência vai precisamente para Felicia Lu e a sua “Anxiety”. Uma música com uma letra com a qual muita gente se identifica e que apresenta uma melodia que audição após audição vai viciando e deixando aquela vontade de ouvir em modo repeat.

Diogo Martins - Depois da "joke entry" do ano passado, a Alemanha brinda-nos com uma final nacional muito morninha. Não consegui estar conectado com nenhuma das canções. Ainda assim destaco duas: "Anxiety" e "Rockstars" sendo que tenho uma ligeira preferência pela canção da Felicia. É um pop agradável que se podia ouvir nas rádios. Mesmo que não traga nada de novo, penso que e suficiente para que a Alemanha saia dos últimos 5.

Diogo Quintais - No geral, a Final Nacional Alemã é uma das mais fracas da temporada! Não tem nenhum tema que  conseguirá um bom resultado em Turim! No entanto, das existentes, penso que o tema "Anxiety" de Felicia Lu é a melhor opção para a Alemanha! Tem uma batida interessante e letra pode sempre chamar atenção ao Júri Eurovisivo.

Ivo Mendonça - Não é uma final competitiva. Parece mais uma final indie, levando ao extremo (e nem sempre no bom sentido) o factor "não competitivo" que a Alemanha nos tem presenteado na maioria das suas atuações na última década. É como se tivessem pegado na fórmula alternativa da República Checa, e fizessem um showcase de 6 canções completamente aleatórias. Não identifico aqui, para já, uma clara concorrente a um bom lugar na final da eurovisão. E que sorte, Alemanha. Estar na final é mesmo um dado adquirido. Quanto às canções, há 2 canções que se destacam das restantes quatro, sendo que a minha favorita recai sobre Felicia Lu - Anxiety - pareceu-me que pode ser uma lufada de ar fresco, dentro do estilo mais "irreverente, pop, indie-rock". Canção competente. Deixo também algumas palavras para Malik Harris, que traz uma proposta mais intimista, bem conseguida.

Marcelo da Silva - Começo por dizer Ok… porque estou sem palavras! A está final nacional americana falta sal, pimenta, falta simplesmente tudo. Nenhuma das propostas me agrada infelizmente, nem consigo entender porque um país como Alemanha, que exporta música de qualidade insiste em não apostar nos melhores compositores que tem, e eu posso enumerar uma lista enorme, no meio de tanta música medíocre eu consigo escolher Felicia, que mesmo sendo escolhida para representar a Alemanha este ano, a música necessita de um Revamp severo. Estou desiludido com o meu país vizinho! 


Nico Suave & Team Liebe - "Hallo Welt" - 1 pontuação máxima


Carlos Fernandes - "Hallo Welt" é a canção mais original de todas as canções originais  que fazem parte da final nacional da Alemanha deste ano. O facto de ser cantada em Alemão dá-lhe um sabor ainda mais especial... apenas precisa de carisma por parte dos seus intérpretes quando for cantada ao vivo para que possa chegar ao topo da tabela classificativa.

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 15 comentadores do painel do Olhares sobre as Finais Nacionais:
(cada elemento votou no seu top 10 segundo a escala eurovisiva)

1.º Felicia Lu - "Anxiety" - 164 pontos
5.º Eros Atomus - "Alive" - 100 pontos
6.º Emily Roberts - "Soap" - 97 pontos


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: ESC Portugal / Imagem: ESC Portugal / Vídeo: Youtube
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.