Slider

FC2022: Primeira semifinal do 'Festival da Canção 2022' acompanhada por 548 mil espectadores

 

A primeira semifinal do Festival da Canção 2022 foi acompanhada por uma média de 548 mil espectadores, tendo sido o 12.º programa mais visto do dia em Portugal.


Apresentada por Jorge Gabriel e Sónia Araújo, a primeira semifinal do Festival da Canção 2022 foi acompanhada por uma média de 548 400 telespectadores, conquistando 5.8 de audiência média e 12,7% de share. O pico da audiência foi registado às 21h39, durante a atuação de FF, com 784 400 telespectadores (8,3 de rating), enquanto o pico de share foi atingido durante a revelação dos finalistas às 23h47, com 16,9%. No final do dia, o programa foi o 12.º mais visto do dia em Portugal.

Relativamente ao concurso do ano passado, a gala inaugural do certame perdeu cerca de 118 mil espectadores, conforme pode recordar AQUI, mas subiu 0,2% de share. O registo superou a audiência de 2020 (531 mil), mas ficou também abaixo das edições de 2017 (583 mil), 2018 (770 mil) e 2019 (623 mil).

Recorde, em baixo, os cinco temas apurados para a Grande Final:






Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: Zapping / Imagem e Vídeo: RTP
18
( Hide )
  1. Anónimo13:54

    Talvez sejam, no mínimo, prematuras as opiniões ontem ouvidas de que os portugueses se reconciliaram com o Festival. Não será altura de, na RTP, se tentar perceber por que razão a audiência é tão baixa? Houve uma concorrência muito forte por arte dos outros canais? Não creio. Haverá promoção suficiente (e suficientemente apelativa) do evento? Haverá alguma inovação ou alguma inovação verdadeiramente significativa? Os apresentadores (cujo profissionalismo não se questiona) são os mesmos, ano após ano. O novo coapresentador (chamemos-lhe assim), Hugo van der Ding, teve alguma graça nas suas intervenções? A apresentadora da "green room" foi ao ponto de - demagógica e desnecessariamente (a canção não precisava disso) - dizer que um ucraniano lhe tinha dito que tinha ficado muito impressionado com o tema "Saudade, saudade". Isto é profissionalismo e independência? A própria escolha dos autores não deveria ser equacionada? Deverá caber a uma só pessoa, que parece ter-se apoderado do FC (o documentário sobre a presença portuguesa nas anteriores edições do ESC transmitido logo a seguir, também da autoria de Nuno Galopim, até erros históricos tinha, como a data da subida ao poder de Marcelo Caetano)? Não estou a dizer que tudo está mal, mas apenas que pode (e deve) melhorar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Simplemente sublimes as suas reflexões.

      Eliminar
    2. Anónimo17:23

      Concordo! O festival está muito melhor, mas continua muito mau a nível de programa. É uma seca ver o FdC do inicio ao fim. Eu mesmo que sou fã, só vejo as atuações e depois desligo completamente. Isto porque a condução do programa não tem graça nenhuma, os apresentadores são sempre os mesmos, dizem sempre o mesmo e não são adequados para este tipo de formato.
      Há que mudar este aspeto e apostar em algo mais apelativo.
      E na sequência de tornar o programa mais apelativo, ha que investir ainda mais na produção. Acho que a qualidade das luzes e dos LED está muito melhor. Mas de facto, o palco é pequeno e baixo o que limita muito as atuações. A RTP deveria arranjar um estúdio maior e colocar o público à frente do palco e não de lado. É que até os países mais pobres hoje em dia têm finais nacionais com palcos de bastante qualidade. Se não houver investimento nisto, não se pode esperar resultados.
      A maior qualidade das canções tem sido evidente e traduz-se em alguns resultados medianos na Eurovisão. Mas o programa em si ninguém quer ver.

      (PS: isso e não há uma única atuação que traga bailarinos, músicos, não há movimento,...Todos os artistas estão sozinhos no palco agarrados a um microfone estaticos...)

      Eliminar
    3. Anónimo18:35

      @17:23 Espera até a atuação da Chanel para julgar se a culpa dos stagings portugueses é da RTP ou dos artistas.
      Pelo snippet que a RTP revelou o staging dela vai ser idêntico ao do Benidorm e se for esse o caso temos aqui a clara prova que a RTP têm a capacidade de criar um espectáculo tão bom e até melhor que o Benidorm Fest, mas não têm os artistas com visão ou vontade de criar uma atuação memorável

      Eliminar
    4. Anónimo20:25

      Estas mensagens que escrevem deviam ser dirigidas a RTP diretamente. O que eu acho que falta cá é a revolta que existe em espanha, e que é ouvida pelo canal

      Eliminar
    5. Anónimo00:51

      18:35. A sua conclusão não tem muita lógica. O staging ali foi criado pela RTVE e pela Channel e eles só chegam e fazem a coreografia que já estava feita e o cenário foi dado pela RTVE. Em quê que a RTP contribuiu para aquilo? Nada.
      Ambos têm culpa: artistas e RTP

      Eliminar
    6. Anónimo19:34

      18:35 é muito fácil culpar os artistas e até poderia concordar contigo se não tivesse saído aquela entrevista do conan osiris na MEGAFM a queixar-se da falta de apoio, que antes não tinham disponibilidade para dar X coisa mas para outros artistas ja tinham, que não queriam gastar muito, que havia resistência na ajuda, etc, ficou com uma misera escada, portanto não venhas com essa de que a culpa não é da estação e de TODOS os concorrentes porque ele já abriu a boca e deu expose a tudo mesmo correndo o risco de se prejudicar com isso. Ele até falou com eles e tudo. Quanto a Espanha, achas mesmo que vão dar tudo agora? estão a guardar-se para o dia que interessa, não vao mostrar as surpresas e o trabalho todo agora.

      Eliminar
  2. Ainda não compreendo porque não é como a Eurovisão. Os mesmos apresentadores os três espetáculos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:51

      Ora...

      Eliminar
    2. Anónimo09:31

      A Sónia Araújo e o Jorge Gabriel não são adequados para este tipo de programa. É penoso vê-los.

      Eliminar
  3. Meu top 5 depois da primeira semi-final.

    5-Os quatro e meia.
    Insuportavel, aburrecida e chata melodia com essa procura de um amor impossível ao estilo Salvador Sobral.
    Tento ouvir a canção até ao final mas essa sonoridade nasal na voz do artista é super desagradável.
    Como eles mesmo dizem: "com que lata" apresentam algo sem originalidade nenhuma.
    A seu favor. Os fantasticos planos da rtp.

    ResponderEliminar
  4. Meu top 5, depois da primeira semi-final.

    4- Diana Castro.
    Básicamente porque a letra é tão mediocre que não tem por onde agarrar-se.
    Ser Mãe é muito mais que descontrair-se com um Ginger Ale.
    "Não me podem julgar" diz a letra da canção. Melhor será não o fazer.
    Joga a favor a imagem final e o ritmo musical. Pontuação final 2 sobre 10.

    ResponderEliminar
  5. 3-Maro.
    Canção que é uma obra em bruto, mas a presença da cantora é inexistente e chega quase a destruir todo o projecto. Seria melhor com outra artista interpretando sua obra porque Maro não sabe bater as palmas e porque os pequenos gestos que faz são tão robotizados que se aprecia que é uma pessoa sem sentido de ritmo corporal.
    Muito por trabalhar; não na canção mas sim no já referido a linguagem corporal da artistica. Maro diz "espero por sinais" e eu também para que lhe ajudem a melhores resultados.
    Pontuação 6 sobre 10.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo17:32

    E a semifinal amanhã vai ter uma audiência ainda mais baixa, mas não acho que a culpa seja totalmente da RTP, eles lá tentam melhorar a qualidade da produção e ter artistas conhecidos a concorrer e nos interval acts, mas se os artistas que estão a concordo estão-se a marimbar para fazer boa figura e ter uma boa apresentação em palco o que é que se há de fazer?

    ResponderEliminar
  7. Anónimo18:30

    A RTP está com audiências miseráveis e isso afeta o FC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:33

      É isso. Ainda por cima a competir com duas estreias e uma delas muito popularucha na TVI. Na final, audiências serão melhores. Devo lembrar q o ESC ainda é sinal de muito boas audiências para a RTP. No ano passado, foi dos pouquíssimos dias que ganhou aos privados. Nunca percebi pq não apostam a sério na transmissão de cá...

      Eliminar
    2. Anónimo00:53

      Sim sim... É mesmo isso. A RTP quando passa a Eurovisão é lider de audiências. Porque será? Porque é um programa bem produzido. Já o FC...

      Eliminar
    3. Anónimo19:27

      Eles achavam que a formula de convidar famosos para o FC ia durar pra sempre? temos pena...e só vai piorar, ou começam a ter mais diversidade, a trazer musica que jovens ouvem, que aparece no spotify, ou estao em risco de desaparecer

      Eliminar

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.