Slider

[Olhares sobre o Festival di Sanremo 2022] Quem representa a Itália no Festival Eurovisão 2022?


A sexta temporada do Olhares sobre as Finais Nacionais continua com a escolha de Itália para o Festival Eurovisão 2022. Qual será a favorita dos elementos do painel a triunfar no Festival di Sanremo 2022?


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPORTUGAL realiza, esta temporada, uma nova edição alargada do Olhares sobre as Finais Nacionais, iniciativa de comentários e pontuações às canções das finais nacionais para o Festival Eurovisão. 

Olhares sobre as Finais Nacionais 2022 continua, hoje, com o Festival di Sanremo 2022. Vinte cinco candidatos estão na corrida para representar Itália no Festival Eurovisão 2022. Os vários integrantes do painel do ESCPORTUGAL Regiões foram desafiados a votar nas suas candidaturas favoritas, deixando um comentário sobre qual a canção que gostariam de ver a representar Itália em Turim.

Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:


Ana Mena - "Duecentomila Ore" - 1 pontuação máxima


Alina Aleixo - Após escutar as várias canções desta edição do Sanremo, apercebi-me que foram poucas as que realmente apreciei. Para mim a que mais se destaca é sem dúvida "Duecentomila Ore". Uma canção viciante, com ritmos latinos alegres, contagiantes e um refrão que fica no ouvido e é fácil de trautear. A voz doce de Ana Mena é perfeita e não poderia soar melhor nesta canção. A versão ao vivo consegue superar a versão estúdio. Considero que esta é uma canção com potencial para subir ao palco da Eurovisão e merecedora de uma boa classificação. Mesmo que não vença esta edição do Sanremo, vou querer ouvi-la por duzentas mil horas... ou mais!


Elisa - "O Forse Sei Tu- 1 pontuação máxima



Marcel Pessoa - Confesso que esperava canções mais arrebatadoras no Sanremo deste ano, principalmente por 2022 ser a vez da Eurovisão na Itália. Contudo, o festival permanece apresentando qualidade em suas propostas. Talvez eu tenha colocado muitas expectativas e me desiludido por causa delas. Sobre minha aposta para canção vencedora: O Forse Sei Tu da Elisa. É cantada de modo belíssimo e possui uma melodia muito agradável de escutar. Elisa seria uma excelente escolha para representar os italianos em seu próprio solo, considerando sua trajetória na música. Sem dúvidas que faria uma ótima prestação em Turim, entregando emoção no palco eurovisivo.  

Irama - "Ovunque Sarai- 3 pontuações máximas


Luís Coelho - Irama traz-nos "Ovunque Sarai", uma música muito bem construída, um piano magistral e uma voz excelente. Esta música foi demasiadamente bem construída o que a torna numa combinação perfeita entre a voz do cantor e a melodia. 

Manuel Farinha - O Sanremo mostra-se mais uma vez como uma final nacional de imensíssima qualidade, havendo pois varias canções dignas de serem vencedoras. A minha escolha vai para "Ovunque Sarai" visto tratar-se de uma balada lindíssima onde a sonoridade do piano se destaca, o que a torna muita apelativa para o meu ouvido. Acrescentar que a música me cativa logo ao seu início, algo que sai reforçado com o refrão. Por sua vez, Irama é um excelente intérprete e sem grandes malabarismos vocais consegue dar ao vivo o que a canção precisa.

Marcelo da Silva - O Sanremo, espetáculo esse que inspirou a Eurovision. Espetáculo esse que nos oferece todos os anos um leque de canções com qualidade e variedade. E este ano os Italianos muito por onde escolher, pois eles conseguirão arrecadar mais uma vez o TOP 10 na tabela final em Maio. O meu Top é baseado sempre na minha preferência musical, e não no que é ‘Trend’, por isso a minha escolha recai no Irama. Irama, mas que música estupenda, a letra é poesia, as palavras são de grande afeto, a voz parece mel aos meus ouvidos.  Espero, que esta seja a escolha final dos italianos. 

La Rappresentante di Lista  - "Ciao Ciao- 1 pontuação máxima


Cláudio Guerreiro - Começo por referir que já ouvi edições de Sanremo mais inspiradas do que esta, facto que a elevada quantidade de músicas ainda reforça mais. Apesar de haver uma mão cheia de canções que representariam dignamente o país na defesa do título eurovisivo, a verdade é que acho que apenas duas músicas poderão acabar com a maldição do mau resultado para o país anfitrião. “Brividi” de Mahmood & Blanco é uma balada que não passa despercebida e ganha ainda mais força com a emoção que os dois colocam na interpretação. No entanto, foi “Ciao Ciao” dos La Rappresentante di Lista que me proporcionou aquela paixão à primeira audição que tanto gosto de sentir numa final nacional. Com uma aura muito boa, é uma canção que fica facilmente na memória, sendo aquele vício que faz bater o pé e querer dançar intensamente. “Con le mani, con le mani, con le mani”... Não vai ser fácil tirar isto da cabeça.

Mahmood ft. Blanco  - "Brividi- 14 pontuações máximas


Aan Gomes - Mahmood consegue de novo trazer uma canção que se tornou rapidamente um hit global (chegando ao nº5 do Top 50 do Spotify). A balada intensa de "Brividi" cantada a par com o jovem Blanco traz energia, emoção, fragilidade para o palco de Sanremo. A conjunção dos dois talentos e estilos vocais aliada a uma letra sensível, que expõe o mais intimo dos autores, faz desta canção uma natural potencial vecendora de Sanremo 2022. Sabemos que Mahmood consegue transpor a energia de Sanremo para a Eurovisão e acredito que Blanco também.

Adão Nogueira - Se há coisas que não mudam, uma delas é o Festival di Sanremo, e ainda bem!!! Ano após ano as expectativas nunca ficam defraudadas, e este ano continua com a excelente qualidade musical e artística. A aposta na presença da orquestra e na sua própria língua dá-lhe um outro gosto. Mais uma edição em que as propostas são tão variadas e com potencial que não fica nada fácil conseguir escolher um vencedor. Quanto ao vencedor, é impossível ignorar a obra prima que é Brividi.

André Pereira - E chega então a grande final de uma das melhores finais nacionais da Eurovisão, ou melhor dizendo o grandioso Festival di Sanremo! Qualidade é o melhor adjetivo a dar a este concurso, pois tudo tem qualidade nesta final nacional, até as partes mais chatas! Sobre as canções podia agora aqui fazer uma longa lista, mas destaco, Virale, O Forse Sei Tu, Ovunque Saro, uma das minhas favoritas com uma história muito linda, e que mais uma vez o Irama fica no meu TOP3, e claro a minha grande favorita, Brividi, de Mahmood e Blanco, canção esta que me faz mesmo ter arrepios e até chorar vejam só, as duas vozes nesta canção trazem algo de único à mesma, e a letra e toda a melodia tornam esta canção num grande diamante musical e que merece imenso ganhar esta edição do Sanremo.

Carlos Fernandes - "Brividi" é uma óptima canção,  embora não seja cantada pelos melhores vocalistas. Aliás, ser um bom vocalista não parece ser um requisito para participar no Festival de San Remo. Fiquei decepcionado pelo fraco nível das canções deste ano. 

Diogo Martins - O Sanremo todos os anos nos habitua com canções cheia de qualidade. Penso que é o meu ano favorito deste festival. Contudo, foi fácil encontrar a minha canção favorita. "Brividi" é uma excelente balada cantada divinalmente pelo Mahmood e Blanco. As vozes combinam! Seria uma grande aposta do país anfitrião e tem tudo para arrancar outro grande resultado. 

Diogo Quintais - Na minha opinião, Mahmood & Blanco devem de vencer o Festival di Sanremo 2022 com o tema "Brividi". É uma das únicas que vejo com capacidade para conseguir uma boa classificação na final do ESC. Claro que a qualidade da Canção junta-se ao facto de Mahmood ser um fan favourite também! Mas tendo tantas visualizações e streams online, é certo que deve vencer e eu não irei ficar desiludido com essa decisão!

Hélder Simões - O Sanremo afirma-se como um dos festivais mais bem produzidos e pensados a nível mundial. Já tenho saudades das 40 horas de emissão desta semana. O nível está altíssimo: Mahmood e Blanco, Irama, Elodie, LRDL, Emma, Noemi, Matteo, Sangiovanni, as Donatellas e as Dinotellas destas vidas. Que qualidade do inferno! Deverão sair vencedores o Mahmood e o Blanco, no entanto, há um lado meu que reza para que seja o Irama porque o rapaz merece, já há muitos anos, subir ao palco da Eurovisão. Ainda por cima em casa... Ele merece! 

Hugo Sepúlveda - Eis que chegamos à última gala do Sanremo, com Itália a trazer recordes de audiências e um alinhamento com bastante qualidade, especialmente num ano que para já se mostra algo desvigoroso. Ainda assim, admito que algumas das canções foram crescendo com a repetição e a respectiva versão estúdio. Mahmood & Blanco parece que vieram para dominar as galas, mas espero que o Mahmood não sofra do irónico destino de perder da maneira que ganhou há uns anos! No Sanremo nada é garantido e quando tudo parece estar ganho, à última hora surge um vencedor vindo do “nada”. Este duo era dos que mais criava expectativas e não desiludiram, mesmo trazendo algo que não se esperava. “Brividi” é uma balada com uma sonoridade bastante actual. É daquelas músicas e actuações em que a própria energia, quer da música, quer dos intérpretes é tão poética e envolvente que nos sentimos parte da história que contam. Caso ganhe, acredito que seja das melhores apostas de um país anfitrião dos últimos tempos.

Ivo Mendonça - Itália não está para brincadeiras. Que leque rico de canções, sonoridades e intenções. Tenho várias canções que já passaram para a playlist pessoal, mas há uma em particular que me deixou todo arrepiado, tutti i brividi. A primeira audição deixou-me desconcertado. Percebi de imediato porquê quando fui pesquisar mais pela letra da canção. Que murro no estômago, que mensagem linda e angustiante ao mesmo tempo. Um hino ao amor, ao impossível, às barreiras que colocamos naquilo que somos, naquilo que queremos ser, naquilo que queremos que os outros sejam. A canção transmite a eterna dificuldade que todos temos em mostrar um simples arrepio, símbolo da prova mais sincera de amor que conseguimos dar ao próximo. Volto a dizer. Desconcertante. E é tão bom quando uma canção me desconcerta desta maneira. Brividi. Esta dupla tem uma química invejável e acho que a Europa está preparada para conhecer mais uma cidade em Itália.

Jorge Durões - Uma vez mais, a letra. Brividi, talvez muito diferente daquilo que os Eurofãs esperavam de Mahmood, é um hino introspectivo, uma canção de singela mas poderosa beleza que não consegue deixar ninguém indiferente. É o casamento perfeito entre as vozes do Mahmood é do Blanco e prova de que Mahmood é muito mais que um filho do hip-hop. 

Miguel Pinto - Sanremo já há muito nos habituou a grandes canções e bons intérpretes. O certame deste ano vem, mais uma vez, comprovar a qualidade deste festival. No entanto, e apesar de várias canções terem muito potencial, Mahmood e Blanco com o seu "Brividi" estão num patamar superior de qualidade. Tudo nesta proposta parece funcionar bem. As vozes dos intérpretes encaixam na perfeição. A apresentação em palco é simples, mas com muita química. A música e a letra são muito bonitas. "Brividi" tem tudo para vencer o Sanremo 2022 e, quem sabe, garantir mais um Top 5 a Itália no ESC.

Nuno Carrilho - O Festival di Sanremo continua a ser, de longe, a minha final nacional (ainda que não o seja propriamente) favorita para o Festival Eurovisão... mesmo que não consiga assistir toda a transmissão pela sua longa(aaaaaaaaaaaaaaaaa) duração. Desde cedo que "Brividi", de Mahmood & Blanco, disparou para o topo das minhas preferências, tornando-se na minha favorita para triunfar e ir a Turim. Contudo, nota positiva para a participação de Elisa, que me deu muito winner vibes, bem como para as prestações de Emma e Fabrizio Moro. Que luxo de elenco e que luxo de canções. Seja qual for a vencedora, Itália vai à procura da dobradinha!

Paulo Lima - A minha favorita é, sem dúvida, "Brividi", interpretada pela dupla Mahmood e Blanco. Duas vozes que se complementam na perfeição. Instrumental quase perfeito. Um misto de sensibilidade e força, à qual é impossível ficar indiferente. Para mim, a melhor canção do Sanremo 2022. Numa edição que, quanto a mim, está uns "furos abaixo" de outros anos, em termos de qualidade de canções. 

Pedro Dias - “Mamma mia questa scelta è veramente difficile!”. O Festival de Sanremo é a minha final nacional favorita, que todos os anos acompanho religiosamente. A minha paixão por Itália, e pelo italiano, faz com que tenha uma ligeira tendência para adorar quase todas as canções, o que torna extremamente difícil escolher os meus favoritos. Ficaria ultra feliz se vencesse o Dargen D’Amico, que no fundo é o meu favorito, mas acho que este ano vai ser o da segunda vitória de Mahmood, desta vez ao lado da estrela emergente Blanco. Como após a vitória dos Maneskin, Sanremo voltou a ser um festival cool para as novas gerações italianas (como se tem comprovado pelas audiências astronómicas que as várias galas têm tido), isso poderá ter um peso muito grande na escolha do vencedor, pois os cantores mais jovens, com legiões de fãs e seguidores, vão ter alguma vantagem na votação do público. E a votação dos vários júris, poderá não ser suficiente para levar à vitória a regressada Elisa, que é a favorita de grande parte dos italianos mais velhos. Dito isto, “Brividi” é uma canção bastante atual e bem interpretada. A química entre os dois interpretes é evidente, e penso que tem o potencial necessário para fazer brilhar o país anfitrião da próxima Eurovisão. Mas se algo é certo, é que Sanremo é pródigo em surpresas e resultados inesperados. Se assim for, e se não for o Dargen D’Amico a vencer, que seja Irama, Noemi, Emma, La Rappresentante di Lista ou Rettore & Dittonellapiaga que todos eles apresentam propostas excelentes.

Sangiovanni - "Farfalle- 1 pontuação máxima


Gonçalo Canhoto - Não há espaço para dúvidas: o histórico SanRemo consolida, ano após ano, a sua posição como o principal festival de música nacional a nível mundial. Trazendo mais um leque de canções estupendas e que tornam árdua a minha decisão, o meu favoritismo recai sobre "farfalle" e sangiovanni. O jovem apresenta-nos um tema leve, fresco e assustadoramente viciante. Com uma sonoridade muito atual, a canção tem o fulgor e a excentricidade que lhe permitem destacar-se, cumprindo todos os requisitos para figurar nos principais charts musicais da atualidade. Como sabemos, o SanRemo tem sempre a capacidade de nos surpreender. Tudo pode acontecer. 

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 21 comentadores do painel do Olhares sobre as Finais Nacionais:
(cada elemento votou no seu top 10 segundo a escala eurovisiva)

1.º Mahmood ft. Blanco - "Brividi" - 213 pontos (14PM)
2.º Elisa - "O forse sei tu" - 166 pontos (1PM)
3.º Irama - "Ovunque Sarai" - 153 pontos (3PM)
4.º Emma - "Ogni volta è così" - 96 pontos
6.º Sangiovanni - "Farfalle" - 70 pontos (1PM)
8.º Matteo Romano - "Virale" - 50 pontos
10.º  Fabrizio Moro - "Sei Tu" - 45 pontos

14.º Achille Lauro - "Domenica" - 23 pontos
15.º Ana Mena - "Duecentomila Ore" - 16 pontos (1PM)
17.º Aka7even - "Perfetta Così" - 14 pontos
18º Rkomi - "Insuperabile" - 11 pontos
19.º Iva Zanicchi - "Voglio Amarti" - 11 pontos
20.º Giusy Ferreri - "Miele" - 11 pontos
22.º Le Vibrazioni - "Tantissimo" - 5 pontos
23.º Yuman - "Ora e qui" - 4 pontos
25.º Tananai - "Sesso Occasionale" - Sem pontuação


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: ESC Portugal / Imagem: ESC Portugal / Vídeo: Youtube
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.