Slider

[Olhares sobre o Dora 2022] Quem representa a Croácia no Festival Eurovisão 2022?


A sexta temporada do Olhares sobre as Finais Nacionais continua com a escolha da Croácia para o Festival Eurovisão 2022. Qual será a favorita dos elementos do painel a triunfar no Dora 2022?

Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPORTUGAL realiza, esta temporada, uma nova edição alargada do Olhares sobre as Finais Nacionais, iniciativa de comentários e pontuações às canções das finais nacionais para o Festival Eurovisão. 

Olhares sobre as Finais Nacionais 2022 continua, hoje, com o Dora 2022Catorze candidatos estão na corrida para representar a Croácia no Festival Eurovisão 2022. Os vários integrantes do painel do ESCPORTUGAL Regiões foram desafiados a votar nas suas candidaturas favoritas, deixando um comentário sobre qual a canção que gostariam de ver a representar a Croácia em Turim.

Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:

Mia Negovetić - "Forgive me (Oprosti)" - 9 pontuações máximas


Aan Gomes - Mia Negovetic traz-nos uma balada com uma voz doce, transição subtil entre inglês e croata, um crescendo poderoso e um refrão catchy. Sendo uma semifinal um pouco fraca, esta é das poucas canções que vejo com potencial para poder arrecadar votos e fazer um bom espetáculo no palco eurovisivo em Turim. Se houvesse orquestra, a canção teria ainda mais impacto.

Alina Aleixo - Relativamente a esta final nacional, tenho a dizer que todas as canções têm algo de espetacular, mas algumas pecam por serem repetitivas, o que me aborreceu um pouco enquanto as ouvia. A minha favorita é "Forgive Me", uma canção com uma vibe mágica, e que poderia fazer parte da banda sonora de um filme da Disney. Encantadora e surpreendente! Espero que o staging esteja à altura de tamanha simplicidade e beleza. Tem bastante potencial para se sair otimamente na Eurovisão e acredito que consiga alcançar um lugar na final.

André Pereira - Eis mais uma vez o Dora! Este ano com uma melhor qualidade musical do que nos outros. Destaco então a minha grande Favorita, "Forgive Me" da Mia Negovetic, que é sem dúvida a melhor canção que a Croácia pode escolher para a Eurovisão e vir a ter um excelente resultado!

Cláudio Guerreiro - Mesmo com uma final nacional com algumas canções muito fora de época, a Croácia apresenta, pelo menos, duas propostas capazes de colocar o país novamente na rota da final. Numa primeira audição, a minha preferência parecia recair em Marko Bošnjak. No entanto, não me estava a sentir convicto da minha escolha, já que a balada com toques Disney de Mia Negovetić parecia estar a ameaçar esse lugar. Com o passar do tempo, dei por mim a querer ouvir cada vez mais "Forgive Me (Oprosti)". Mia já deu provas em anos anteriores que, apesar da juventude, a parte vocal não é um problema para si. E se a utilizar na sua plenitude, colocando toda a emoção que a música pede na interpretação, poderemos estar perante a representante croata na Eurovisão deste ano. 

Diogo Quintais - Nesta final nacional a única coisa certa que tinha era a minha favorita e isso foi, desde a primeira vez que ouvi todas as canções, Mia Negovetić e o tema "Forgive Me". Penso que seja uma proposta segura que tem possibilidades de chegar à final se tiver um staging adequado à canção! 

Hugo Sepúlveda - A Croácia volta a ter uma final algo “morna”, onde Marko Bošnjak e Mia Negovetić são os dois favoritos à vitória! "Moli za nas", de Marko Bošnjak, teria mais potencial se não fosse tão “plana” e pouco memorável, sendo que ficamos sempre à espera do clímax que acaba por não chegar. Realço apenas por ser em croata, o que lhe dá sempre um toque mais distinto. Já Mia Negovetić traz-nos "Forgive Me (Oprosti)", uma canção que primeiramente parece só mais uma balada, mas que se entranha muito facilmente. Tem uma sonoridade bastante familiar, sendo que me lembra um momento musical de um filme da Disney ou algo do género! Apesar de tudo poder mudar com as actuações, é que me parece ser a melhor escolha para Turim!

Marcelo da Silva - Todos os anos, existe um país que representa a Disney, este ano o representante da Disney será a Croácia, o tema Forgive me ( Oprosti ) parece fazer parte da banda sonora do próximo filme da Disney. A técnica vocal da Mia é incrivelmente bem treinada, ou seja, no próximo Sábado tenho a certeza que ela fará uma prestação formidável em palco. A letra da música é simples, mas com uma mensagem que apela a esperança, aos dias melhores, etc. Viva a música da Disney!

Pedro Dias - Uma final nacional muito interessante, com várias canções que me cativam. No entanto, a proposta da Mia Negovetić conquistou-me desde a primeira audição. Acredito que, se a atuação for bem trabalhada, poderá proporcionar um momento muito bonito e impactante. Caso a vitória não recaia sobre esta proposta, ficaria igualmente feliz se vencesse a Elis ou a Mila, que também têm canções que me agradam bastante.

Tiago Silva - A Sérvia deveria aprender com a Croácia...em vez de 50 canções onde nem metade se destacam, a Croácia dá-nos 14 canções no mínimo agradáveis e variadas. A minha grande favorita e confesso estou obcecado...Forgive Me (Oprosti)! Adoro tanto isto, gives me chills, emocionou-me a primeira vez que ouvi e apesar do Marko estar muito forte adorava que a Mia consegui-se ganhar.

Marko Bošnjak - "Moli za nas" - 6 pontuações máximas


Adão Nogueira - Ao contrário dos anos anteriores a Croácia decidiu presentear-nos com as músicas completas antes do dia da final do Dora22. Este ano o que não é diferente é a variedade das propostas e ainda apresentarem alguma na sua língua, se bem que a maioria é em inglês. Não tendo nenhuma favorita é achando uma final muito morna, aposto em Marko Bosnjak e "Moli za nas" por apresentar uma vibe diferente e porque gosto sempre de ouvir a língua croata no ESC.

Carlos Fernandes - "Moli za nas" é uma balada moderna, muito atmosférica...Gosto imenso do instrumental e dos coros. O Marko tem uma voz forte que transmite muita emoção. Para mim seria a justíssima vencedora do "Dora".

Diogo Martins - Nesta final croata, há canções bem interessantes para a Eurovisão. Aquela qur me chamou mais a atenção foi a canção do Marko Bosnjak "Moli Za Nas". Uma canção moderna, emotiva, dramática e cantada na lingua materna. Bem diferente da tipica balada balcã. O Marko parece-me bem competente para defender esta proposta. Para mim, é a aposta mais segura para uma qualificação para a final ao fim de 4 anos. 

Ivo Mendonça - Arriscar. É isto que gostava de ver a Croácia fazer com Moli Za Nas. Canção que é altamente intrigante, orelhuda, e diferente daquilo que vamos ouvir noutros países. Foi a proposta que me deixou a palpitar, alarmado com a sonoridade do instrumental e com a forma como Marko Bosnjak se entrega na interpretação. E mais uma vez refiro, arriscar! Há muito que espero uma Croácia arrojada, uma Croácia que sabe ser e estar fora da caixa, alternativa. Não parecendo ser a escolha óbvia para a maioria das pessoas, é no que aparentemente não é certo que conseguimos encontrar os melhors diamantes por esculpir. Boa sorte Croácia!

Jorge Durões - Não existe nenhuma canção que me deslumbre no alinhamento do DORA deste ano. No entanto, não posso passar indiferente ao instrumental de Moli za nas, que destaco como o ponto forte da canção.

Marcel Pessoa - Minha favorita para vencer o Dora 2022 é a canção de Marko Bošnjak. Gosto muito da vibe da música que é meio misteriosa, sombria até. A canção nunca chega a explodir no refrão, se mantendo mais linear durante os quase 3 minutos de execução, o que ao meu ver auxilia na criação de uma atmosfera particular. Os trovões na metade de Moli Za Nas reforçam essa ambientação e são um indício do que podemos esperar no staging. Apenas acho que a canção acaba de modo um tanto abrupto, porém isto é o de menos. Minha única dúvida em relação a essa proposta é se o cantor irá defender bem sua canção em palco, já que ele é bastante jovem. 

Tina Vukov - "Hideout" - 1 pontuação máxima


Daniel Cunha - Muito potencial. Todos os interpretes têm de tentar compensar as canções com a atuação em palco. De entre as catorze canções, os meus 12 pontos vão para a canção "Hideout", interpretada por Tina Vukov. 

ToMa - "In The Darkness" - 1 pontuação máxima


Nuno Carrilho - Outra das finais nacionais que fica longe das minhas preferências ano após ano... Não há nenhuma canção que diga "É esta!" e dificilmente qualquer uma das candidatas entrará no meu top10 do Festival Eurovisão 2022 aquando da sua escolha. Contudo, de entre as candidatas, o meu primeiro lugar vai para "In The Darkness" de ToMa. Não há grande discurso a fazer, apenas foi a canção que mais me agradou e/ou aquela que menos me desagradou... Vamos a ver Croácia, vamos a ver!

Tia - "Voli me do neba" - 1 pontuação máxima


Mariana Fernandes - Não foi difícil decidir quem seria o vencedor neste grupo. A canção de Tia é única e, apesar de não entender a sua letra, percebe o sentimento que passa e que realmente tem o que é preciso para representar a Croácia na Eurovisão. Depois da concorrente anterior, talvez seja um sinal que se deve experimentar algo novo a levar a festival e uma balada forte como esta, pode levar a Croácia à final em 2022. 

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 18 comentadores do painel do Olhares sobre as Finais Nacionais:
(cada elemento votou no seu top 10 segundo a escala eurovisiva)

2.º Marko Bošnjak - "Moli za nas" - 155 pontos (6PM)
3.º Bernarda - "Here For Love" - 120 pontos 
5.º Tia - "Voli me do neba" - 100 pontos (1PM)
6.º ToMa - "In The Darkness" - 83 pontos (1PM)
7.º Jessa - "My Next Mistake" - 67 pontos
10.º Tina Vukov - "Hideout" - 37 pontos (1PM)
11.º Eric Vidović - "I Found You" - 34 pontos 
13.º Mila Elegović - "Ljubav" - 10 pontos


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: ESC Portugal / Imagem: ESC Portugal / Vídeo: Youtube
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.