Slider

[Olhares sobre o Benidorm Fest] Quem representa Espanha no Festival Eurovisão 2022?

 

A sexta temporada do Olhares sobre as Finais Nacionais continua com a escolha de Espanha para o Festival Eurovisão 2022. Qual será a favorita dos elementos do painel a triunfar no Benidorm Fest 2022?


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, e depois do sucesso da edição da temporada passada do Olhares sobre as Finais Nacionais, o ESCPORTUGAL realiza, esta temporada, uma nova edição alargada da iniciativa de comentários e pontuações às canções das finais nacionais para o Festival Eurovisão. 

Olhares sobre as Finais Nacionais 2022 continua, hoje, com a Grande Final do Benidorm Fest 2022. Oito candidatos estão na corrida para representar Espanha no Festival Eurovisão 2022, sendo que a votação estará a cargo do júri e do público. Os vários integrantes do painel do ESCPORTUGAL Regiões foram desafiados a votar nas suas candidaturas favoritas, deixando um comentário sobre qual a canção que gostariam de ver a representar Espanha em Turim.

Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:


Rayden - "Calle de la Llorería" - 1 pontuação máxima


Jorge Durões - Letra. A Letra. Rayden conseguir numa canção, e com uma letra super potente, identificar e resumir tudo aquilo que hoje ganha cada vez mais uma centralidade na nossa sociedade: a cultura do politicamente correcto enviezado, do cancelamento por aqueles que têm telhados de vidro, do umbiguismo e falta de empatia e, acima de tudo, da paz podre em que muitos vivem, envoltos numa bolha de cinismo que corroi o mundo em que vivemos por dentro, sem nos darmos verdadeiramente conta.


Tanxugueiras - "Terra" - 7 pontuações máximas



Adão Nogueira - Finalmente nuestros hermanos voltam às finais nacionais, é que já sentia saudades destas finais, à exceção do drama espanhol. Quanto às propostas em si, fomos presenteados com propostas diferentes, umas com mais qualidade que outras mas que nos irão dar um bom espetáculo na final. Mais que óbvio é que a vitória estará entre 3 candidaturas bem diferentes, mas com impactos muito positivos nos Eurofãs. Entre o júri e público espanhol também não há concordância e penso que esse facto fará que a vencedora não será a favorita. É uma pena o júri aniquilar as Tanxugueiras pois sem sombra de dúvida que com um staging melhorado seriam sem dúvida as vencedoras do Benidorm Fest. E como sou do contra, não concordo com o júri especializado e são mesmo elas a minha aposta para representar Espanha em Turim.

Cláudio Guerreiro - Espanha decidiu regressar este ano às finais nacionais abertas a vários artistas. E em boa hora tomou essa decisão. Este formato de escolha renovado traz mais frescura, mais competitividade e, acima de tudo, mais qualidade musical e espetáculo. Se a vitória parecia estar inicialmente entre Rigoberta Bandini e as Tanxugueiras, eis que as atuações ao vivo e a votação do júri vieram abanar aquela que parecia ser uma corrida entre duas canções. Chanel foi a grande surpresa da sua semifinal e mostrou-se prontíssima para dificultar a vida às favoritas com a sua performance já pronta para o palco da Eurovisão. No entanto, “Terra” é aquele tema pelo qual Espanha está à espera há anos. Num instrumental épico e poderoso, que mistura toques de modernidade e etnicidade, esta é a música que tem a força necessária para não deixar Espanha passar despercebida (outra vez). O júri parece não querer ajudar nessa vitória, mas ainda acredito que teremos a hipótese de ouvir este grandioso e arrepiante tema no palco eurovisivo. 

Diogo Martins - Este ano a Espanha tem um bom lote de canções para a Eurovisão. A minha favorita é a canção Terra das Tanxugueiras. Uma canção folclore que nos remete para a Galiza. Isto é diverdidade que tanto caracteriza a Eurovisão. Penso que a atuação deverá ser melhor trabalhada. Está muita coisa a acontecer ao nesmo tempo. De resto, canção e vozes perfeitas.  Estou completamente rendido! 

Gonçalo Canhoto - Os nossos vizinhos mostraram-se preocupados em não repetir o desaire do ano anterior e organizaram uma final nacional que prima pela sua enorme qualidade e pela diversidade de estilos a concurso. Apesar do leque de inúmeras opções extraordinárias, a minha escolha é demasiado simples: "Terra" deve representar o país em Turim. A fusão do tradicional folclore galego com sons eletrónicos ilustra aquilo que, na minha opinião, deve ser a Eurovisão: a mostra de diferentes culturas aliada aos sons da atualidade. Realço ainda a importante preocupação com a estética da apresentação em palco, que resultou muito bem em televisão. Ainda que apelem à união e à queda de barreiras, acredito que o idioma galego virá a ser um obstáculo à sua consagração como vencedoras e, infelizmente, não creio na sua vitória. 


Hugo Sepúlveda - Depois de tantos desaires, Espanha traz-nos o Benidorm Festival! Entre surpresas, actuações “fora da caixa” e outras que ficaram aquém, considero que Espanha tem uma final bem composta! Várias tem um grande potencial para Turim, mas destaco Tanxugueiras e Rigoberta Bandini, sendo as minhas favoritas! Apesar de o hino feminista ser uma boa opção, gostava que as Tanxugueiras ganhassem! Com a junção das raízes tradicionais com um traço moderno, “Terra” é impactante, tem força e um carácter épico que conquista! Dizem os rumores que as “politiquices” não vão deixar que “Terra” vença - se calhar é por isso que o voto do público está dividido e o televoto tenha apenas o peso de 25% - ainda assim, seria a minha aposta! Acredito que tenha chances de conseguir um bom resultado com os devidos – e habituais - retoques. Mas que "veñan para quedar e gañar”!

Ivo Mendonça - Terra. Às vezes necessitamos de espreitar, respeitar e honrar as nossas raízes. Às vezes temos de regressar à nossa Terra e sentir a folia à nossa volta, qual poeira que se levanta com a nossa presença. Terra para mim é o significado da fusão de elos do passado, presente e futuro, e é uma canção que me faz sentir parte de uma história que se encontra a ser escrita com todos os elementos que nos rodeiam. A junção de instrumentais tradicionais com elementos modernos, a interpretação da canção nos vários dialetos existentes em Espanha e a excelente coesão vocal das 3 intérpretes fazem de Terra uma proposta inigualável. Gostava de ver Espanha a arriscar em lançar uma mensagem muito própria à Europa - as nossas raízes interessam e impactam-nos a todos. E Terra? Terra tem todo esse propósito. Com as pandeiretas nas nossas mãos.

Patrícia Gargaté - Escolhi Terra das Tanxugueiras pois acredito ser a proposta mais forte a concurso e mais completa. Temos uma boa harmonia de vozes e uma atuação pensada, ainda que tenha aspectos a melhorar. Pode ser uma boa base para Turim. Uma fusão de estilos musicais muito interessante e que pode destacar-se pela diferença e pelo impacto que causa. Sou também muito defensora da expressão multicultural de Espanha e sinto que vão verdadeiramente representados com algo deles e das suas raízes. O esforço em conseguir um produto bom a todos os níveis é evidente e merece ser recompensado. 


Chanel - "SloMo" - 5 pontuações máximas



Carlos Fernandes - A Chanel tem um "pacote completo". SloMo é uma boa canção, tem uma coreografia apelativa e a cantora teve, na semifinal, uma prestação vocal decente (o mesmo não posso dizer da favorita Rigoberta, o que é uma pena). Creio que ê uma aposta para um bom resultado no Eurofestival.

João Tomás Costa - Com uma vitória na primeira semi-final a minha aposta vai para a Chanel que teve uma performance sólida e convincente a todos os níveis. 

Marcelo Pessoa - É chegado ao fim o eurodrama espanhol deste ano. Porém se formos esquecer-nos das polêmicas com Luna Ki, o único drama mesmo é escolher uma canção dentre tantas boas opções. Ao que parece, Espanha encontrou seu caminho para a Eurovisão com seu Benidorm Fest. Uma final diversificada, onde visualizo cada canção com condições de representar os espanhóis de forma honrosa. Blanca Paloma, Chanel, Rigoberta e Tanxugueiras são os maiores destaques para mim (levando em conta que ainda há o que melhorar no quesito prestação em palco). Qualquer uma destas 4 propostas tem enorme potencial para brilhar em Turim, mas como preciso dar meus 12 pontos, vou escolher a que considero que está neste momento mais completa para o festival: SloMo. A energia é inegável, o carisma e a dança de Chanel elevam sua candidatura para outro patamar. De certo que fará bonito na final da Eurovisão. 

Marcelo Silva - Chanel foi a grande surpresa desta edição do Benidorm.  Não tinha prestado grande atenção a esta música, pois ela é só mais uma música pop, parecendo uma chiclete mastigada. Contudo, a Chanel foi a única de todos os semi-finalistas do Benidorm 2022 que fez o seu trabalho de forma exemplar, ela deu vida a uma musica que se parece como tantas outras, e espero que seja a vencedora no próximo sábado. Ela cantou, dançou, e hipnotizou!  Ela é o Dark Horse da competição, 

Tiago Silva - A minha vencedora do Benidorm Fest 2022 é a Chanel depois daquele performance estrondosa! Também não me importava que ganhassem as Tanxugueiras. Tenho a certeza de que qualquer uma das canções estaria no meu top 10 no Festival Eurovisão 2022.



Rigoberta Bandini - "Ay mamá" - 7 pontuações máximas


Aan Gomes - Uma final fortissima onde todos os meus favoritos estão presentes. Confesso que foi extremamente difícil escolher entre Tanxugueiras e Rigoberta (Rayden estava empatado com elas antes do live, mas o staging desapontou), mas a Rigoberta tem a proposta que não consigo deixar de ouvir, cantar, dançar, um hino ao feminismo, ao movimento das mamas livres e às mães, a quem devemos a vida. É catchy, artística, com uma mensagem clara e com um staging que pode ser elevado na Eurovisão. Ay, Mamá!

Diogo Quintais - Entre Rigoberta, Chanel e Tanxugueiras venha o diabo e escolha! Se por um lado uma performance excelente de "SloMo" nos faz acreditar que seria um sucesso na europa, por outro lado canções como "Terra" e "Ay Mama" são canções tão únicas (que nunca se ouviram no palco do ESC) que nos fazem querer uma dessas como a escolha espanhola! De facto, acredito que qualquer uma das 3 faria um bom trabalho mas penso que no fim a canção que vai levar a melhor é mesmo "Ay Mama'. A canção tem tudo: inicio meio balada que muda para um beat que fica muito facilmente na cabeça, uma coreografia e cenografia que fica na memória e uma mensagem completamente diferente mas completamente válida! No final de contas será uma Final Nacional 5 estrelas e a Espanha está de parabéns pelo esforço visível de querer levar algo diferente e arrecadar um bom resultado em Turim!

Miguel Braga - Espero mesmo que a Ay Mama seja a vencedora. Única, singular! 

Nuno Carrilho - Depois de anos de escolhas duvidosas e fracassos consecutivos na Eurovisão, a RTVE colocou tudo em cima da mesa e trouxe-nos uma das finais nacionais mais interessantes de que me recordo. Um bom lote de canções que colocarão a comunidade eurovisiva em eurodrama, qualquer que seja o resultado... Os meus doze pontos vão para "Ay mamá", aquela que, neste momento, é a minha favorita, tendo em conta a versão estúdio e o que vimos na semifinal. Uma mensagem fortíssima e um refrão interessante que, caso vença, terá muita dificuldade em afirmar-se na Europa. Pensando na Eurovisão, a minha pontuação máxima seria para as Tanxugueiras com o seu fortíssimo "Terra", mas cuja atuação deixou muito a desejar. De qualquer forma, que vença a melhor!

Pedro Caramba - A minha escolha balançou entre o coração e o que faz falta na Eurovisão. E se os Varry Brava levam o meu coração, Rigoberta Bandini e o seu "Ay, Mama" representa o grito de liberdade que Espanha precisa de mostrar à Europa. Mensagem e conceito fortes. Talvez o ponto menos bom desta canção tenha sido a prestação em palco. Demasiada informação que é dificil de identificar logo à primeira visualização. Só espero que seja esta a escolha para Turim.

Pedro Dias - Há muitos anos que nuestros hermanos não tinham uma final nacional com tantas canções interessantes e cheias de potencial. Apesar de ser team Rayden, após terem sido conhecidas as versões estúdio, depois das atuações nas semi-finais, o “Ay mama” da Rigoberta Bandini passou a ser a minha canção favorita. É diferente, descontraída, melodiosa e tem uma mensagem poderosa, fazendo jus à voz da intérprete.  O refrão fica facilmente na cabeça, e aliado ao carisma da Rigoberta podem proporcionar uma grande surpresa em Turim.

Ricardo Leal - Rigoberta Bandini tem a melhor letra da edição e creio que vencerá o concurso espanhol mas será taco a taco com Chanel. Tanxugueiras para mim tem uma aposta em cena fraca para o esperado.

Blanca Paloma - "Secreto de Agua" - 4 pontuações máximas



Alina Aleixo - Menos é mais e "Secreto de Agua" é a prova disso. Uma canção tranquila, simples, que parece vinda do fundo do mar e trazida pelo vento. O poema é lindíssimo, e a melodia, apesar de não possuir grandes variações, tem tudo o que é preciso para criar uma atmosfera única. A atuação na semifinal não poderia ter sido realizada da melhor forma: Blanca Paloma cantou e encantou a flutuar na água com a sua voz maravilhosa. Divinal, sublime, bonito. Sem dúvida a minha vencedora desta edição do Benidorm Fest!

André Pereira - Eis então, a tão esperada, final nacional de Espanha, O Benidorm Fest! Com alguns eurodramas no meio da competição, como habitual, este ano a Espanha trouxe-nos uma nova final nacional, e com melhor qualidade. Há 4 canções que podem muito bem representar o país na Eurovisão, 3 delas que poderão ter um resultado bom em maio, das quais destaco "Terra", "Aí Mama" e "Secreto de água", última está que é a minha favorita da competição, com uma sonoridade bastante calma e muito boa, Blanca Paloma tem uma voz incrível ao vivo, e fez uma performance, que para mim foi a melhor deste Benidorm Fest. 

Manuel Farinha - Blanca Paloma apresenta-nos uma canção extraordinária que me remete para uma filme de época maravilhoso. O que se viu em placo foi uma intérprete fantástica e irrepreensível, servida por um staging que lhe assentou que nem uma luva à sua proposta musica., Acredito que poderia facilmente destacar-se no palco eurovisivo, todavia e infelizmente os indicadores parecem não apontar para a sua vitória.

Rodrigo Pinto - "Ya no habrá quién lo detenga." E ninguém para a Blanca. Uma ARTISTA de letras mais que maiúsculas! Desde a primeira audição que viciei - drogas como esta são sempre bem vindas. Uma canção misteriosa e potente como nenhuma outra. A letra procura esperança na justiça da história não só de Lucía Garrido e da família, mas de muitas outras que passaram por tormentas que até hoje pensam ser sem fim. Ao vivo arrepia mas não me surpreende - porque acreditei na qualidade artística da senhora e da sua formidável equipa e sabia que o package completo de Secreto de Agua ao vivo seria fenomenal. She is Paloma. Blanca Paloma. Y "ya vuela su cantar".



Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 24 comentadores do painel do Olhares sobre as Finais Nacionais:
(cada elemento votou no seu top 8 segundo a escala eurovisiva)

1.º Tanxugueiras - "Terra" - 231 pontos (7PM)
2.º Rigoberta Bandini - "Ay mamá"- 215 pontos (7 PM)
3.º Chanel - "SloMo"- 200 pontos (5 PM)
4.º Rayden - "Calle de la llorería" - 165 pontos (1 PM)
5.º Blanca Paloma - "Secreto de Agua"- 163 pontos (4 PM)
6.º Xeinn - "Eco"- 124 pontos
8.º Varry Brava - "Raffaella" - 111 pontos


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: ESC Portugal / Imagem: RTVE / Vídeo: Youtube
6
( Hide )
  1. Anónimo19:45

    Os meus 12 pontos vão para a incrível Chanel

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:19

    A torcer pelas Tanxugueiras. Sim, a prestação na semifinal não foi das melhores mas há bastante tempo para melhorar e é de longe a proposta mais interessante. Também seria bom para Espanha arriscar um pouco e levar algo que possa marcar pela diferença (e positiva).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:03

      Estou contigo, Espanha têm imenso tempo para aperfeiçoar o staging e as Tanxugueiras são os artistas que deveriam enviar à esc

      Eliminar
  3. Anónimo21:04

    Tanxugueiras !!!! Por favor Espanha !!

    ResponderEliminar

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.