Portugal: Final do 'Festival da Canção 2022' agendada para 12 de março

 

A RTP revelou as datas do Festival da Canção 2022: as semifinais terão lugar a 5 e 7 de Março e a Grande Final decorrerá a 12 de Março .


A RTP anunciou, esta tarde, nas redes sociais, novos detalhes do Festival da Canção 2022, evento que selecionará os representantes de Portugal para o Festival Eurovisão 2022. A primeira semifinal do concurso terá lugar a 5 de março, sábado. Por sua vez, a segunda semifinal acontecerá a 7 de março, segunda-feira, data que coincide com o aniversário da RTP. Já a grande final ocorrerá no sábado seguinte, a 12 de março. A estação pública portuguesa prometeu ainda mais novidades para o dia de hoje.

Aceda, de seguida, à lista de compositores do Festival da Canção 2022:

Convite direto da RTP:
Agir
Aurea
Blacci
Cubita
DJ Marfox
Fábia Rebordão
Fado Bicha
FF
Joana Espadinha
Kumpania Algazarra
Maro
Norton
Os Azeitonas
PZ
Syro
Valas

Livre Submissão de Temas
Pedro Marques
Pepperoni Passion
The Mister Driver
Tiago Nogueira (Os Quatro e Meia)

Como nos últimos anos, o Festival da Canção será constituído por duas semifinais, sendo que cada gala contará com 10 canções a concurso, onde as 5 mais votadas pelo público (50%) e pelo júri (50%) conquistarão o apuramento para a Grande Final, com a votação do júri a prevalecer em caso de empate. Na Grande Final, onde estarão 10 canções a concurso, as proporções de cada votação serão as mesmas, sendo que o televoto predominará em caso de empate.

Representado por The Black Mamba e "Love Is On My Side", Portugal ficou em 12.º lugar na Grande Final do Festival Eurovisão 2021 em Roterdão com 153 pontos, fruto do 7.º lugar no júri internacional (126) e o 19.º lugar no televoto (27).

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP /Imagem/Vídeo: EurovisionTV 

3 comentários:

  1. Anónimo16:22

    Já que a RTP aparentemente não quer "gastar" dois sábados com as semifinais, não seria mais lógico fazer uma numa terça-feira e outra numa quinta, como no ESC? Se a intenção é que os finalistas possam ter tempo para alterar alguns aspetos da sua apresentação, então por que razão o júri regional vota de acordo com as atuações das semifinais (a menos que este ano seja diferente) em vez de votar com base nas atuações da final? Em termos de audiências (e uma vez que o público também é "chamado" a votar), há inevitavelmente diferenças em termos de visibilidade quando se atua num sábado ou numa segunda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:06

      A lógico deles não é essa, simplesmente querem fazer o programa no dia 7 porque é o aniversário da RTP

      Eliminar
  2. Anónimo17:44

    Qual é a lógica de atirar um festival para uma 2a? Se queriam despachar tudo numa semana, então fizessem 3a e 5a, ou 6a e Domingo. Esta escolha é que não se entende...

    ResponderEliminar