ESC2022: EBU/UER reduz o número máximo de participantes no Festival Eurovisão 2022

A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) diminuiu o número máximo de participantes no Festival Eurovisão 2022.


A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) reduziu o número máximo de participantes permitidos no Festival Eurovisão 2022, conforme pode ser observado no regulamento oficial do concurso que foi lançado indevidamente pela emissora estatal da Islândia. Ao contrário dos 46 participantes permitidos nas edições anteriores, o concurso de 2022 apenas poderá contar com 44 países participantes. O número havia sido fixado em 2021 de forma temporária, sendo uma das mudanças devidas à pandemia de Covid-19, mas permanecerá para 2022, tal como a permissão de coros pré-gravados.

Contudo, apesar da redução do número, é bastante improvável que a nova limitação tenha consequências práticas. O máximo alcançado foi de 43 países a concurso nos concurso de 2008, 2011 e 2018, sendo que o concurso de 2021 contou com 39 países participantes, depois da expulsão da Bielorrússia e a retirada da Arménia. 

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionSpain/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

3 comentários:

  1. Anónimo17:31

    Desconfio de tanta mudança

    ResponderEliminar
  2. Anónimo17:32

    Nao creio que beneficiem o festival mas enfim

    ResponderEliminar
  3. Anónimo18:42

    Como as coisas estão duvido que esse número seja alcançado em breve, contudo não percebo esta limitação, a final já conta com 26 países a atuar, faz sentido limitar o número de países participantes até o máximo de 26 países por semifinal, i.e., de 52 países ao qual acresce os big5 mais país anfitrião, fazendo um total de 58 países como máximo número de participantes

    ResponderEliminar