Portugal: Conheça os nomeados da 3.ª edição dos 'PLAY - Prémios da Música Portuguesa'


Bárbara Tinoco, Dino d'Santiago, Carolina Deslandes e Cláudia Pascoal são alguns dos nomeados da 3.ª edição dos Play - Prémios da Música Portuguesa.

A organização da terceira edição dos PLAY - Prémios da Música Portuguesa apresentou, esta terça-feira 8 de junho, a lista de nomeados das premiações deste ano, com a apresentação a decorrer no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, espaço que receberá a gala de 8 de junho, que será transmitida pela RTP1. "Vai ser ótimo (...) Não há ano que faça mais sentido do que este para fazer esta cermimónia", frisou a apresentadora.

Uma das mudanças da edição deste ano é o aumento do número de nomeados na categoria Vodafone Canção do Ano, com seis canções nomeadas ao contrário das anteriores quatro. Bárbara Tinoco (FC2020), Dino d'Santiago (FC2020), Capicua (FC2018), Carolina Deslandes (FC2020) e Cláudia Pascoal (ESC2018) são alguns dos nomeados da edição.


Aceda, de seguida, aos nomeados:

MELHOR GRUPO
Clã
HMB
Os Quatro e Meia
Wet Bed Gang

VODAFONE CANÇÃO DO ANO
“Louco” – Piruka feat Bluay
“Sei lá” – Bárbara Tinoco
“Kriolu” – Dino D’Santiago feat. Julinho KSD
“Assobia Para O Lado” – Carlão
“A Noite” – Stereossauro X Marisa Liz X Carlão
“Tribunal” – ProfJam, benji price

MELHOR ÁLBUM
“Mais Antigo” – Bispo
“Kriola” – Dino D’Santiago
“Véspera” – Clã
“Madrepérola” – Capicua

MELHOR ARTISTA MASCULINO
Dino D’Santiago
Samuel Úria
Sérgio Godinho
Carlão

MELHOR ARTISTA FEMININA
Carolina Deslandes
Capicua
Bárbara Tinoco
Mariza

MELHOR VIDEOCLIPE
“A Noite” – Stereossauro, Marisa Liz, Carlão (Realizado por Bruno Ferreira)
“Assobia Para O Lado” – Carlão (Realizado por Fernando Mamede)
“Kriolu” – Dino Santiago feat. Julinho KSD (Realizado por João Pedro Moreira)
“+351 (Call Me)” – Nenny (Realizado por Tiago Plácido)

ARTISTA REVELAÇÃO
Cláudia Pascoal
Pedro Mafama
SYRO
Chico da Tina

MELHOR ÁLBUM FADO
“Do Coração” – Sara Correia
“Mariza Canta Amália” – Mariza
“Amália por Cuca Roseta” – Cuca Roseta
“Buba Espinho” – Buba Espinho

PRÉMIO LUSOFONIA
“Te gusta” – MC Kevinho
“É Tudo pra ontem” – Emicida part. Gilberto Gil
“Nzambi” – Esperança (Paulo Flores & Prodígio)
“Inesquecível” – Giulia Be, Luan Santana

MELHOR ÁLBUM JAZZ
“Dianho” – André Fernandes
“Dice of Tenors” – César Cardoso
“Portrait” – João Barradas
“Evidentualmente” – NoA

MELHOR ÁLBUM MÚSICA CLÁSSICA / ERUDITA
“Duarte Lobo: Masses, Responsories & Motets” – Cupertinos
“Il Mondo della Luna de Pedro António Avondano” – Músicos do Tejo
“Luís de Freitas Branco / Sonatas” – Vasco Dantas, Isabel Vaz, Tomás Costa
“Joly Braga Santos – Complete Chamber Music III” – Olga Prats, Leonor Braga
Santos, Irene Lima, Luís Pacheco Cunha, António Saiote e outros.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP / Imagem: Google

2 comentários:

  1. Anónimo15:16

    Confesso que entristece-me ver o quando bom e talentoso é o Dino D'Santiago e lembrar a música medíocre que apresentou a concurso no Festival da Canção 2020... Só espero que com as vendas digitais que os Black Mamba ganharam graças a terem ganho o festival que para o ano haja mais empenho e vontade de ganhar por parte dos artistas

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto é do nome do prémio: "play" prémios da música portuguesa. Talvez compreenda, é mais fino. A incongruência pode estar no facto de a palavra "play" ter vários significados, mas tudo bem, à frente esclarecem que são prémios relacionados com música, mas atenção que é a portuguesa não a anglo-saxónica ou outra qualquer. Começo a desistir de pensar que para tudo o que se refere a temas portugueses a ordem é pensar sempre em português. Mais outra coisa que também não posso esquecer é que além-fronteiras conhecem bem estes prémios.

    ResponderEliminar