[ESPECIAL] Os números de Portugal na história do Festival Eurovisão

 

Em Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, recorde connosco alguns dos momentos mais marcantes da história de Portugal no Festival Eurovisão.


Com origens em 1880, quando um decreto real de D. Luís I declara o dia 10 de junho como "Dia de Festa Nacional e de Grande Gala" para comemorar os 300 anos da hipotética data da morte de Luís de Camões, o dia 10 de junho foi posteriormente estipulado como Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Neste dia festivo, o ESCPORTUGAL convida-o a recordar alguns dos momentos mais marcantes de Portugal no Festival Eurovisão... através de números:

0 - O número de pontos recebido na estreia em 1964
A história de Portugal no Festival Eurovisão esteve longe de correr bem... Representado por António Calvário e "Oração", vencedores do Festival da Canção de 1964, Portugal veio de Copenhaga com "as mãos a abanar": 0 pontos foi o resultado dos quinze painéis de jurados para a canção portuguesa. A história havia de se repetir em 1997, quando Célia Lawson e "Antes do Adeus" ficaram a zeros em Dublin.


1 - O primeiro ponto veio do Mónaco
E seria em Nápoles, na segunda participação eurovisiva, que Portugal receberia o primeiro ponto. "Sol de Inverno", interpretado por Simone de Oliveira, foi a terceira classificada na votação do júri monegasca, recebendo 1 ponto, sendo essa a única pontuação recebida por Portugal na edição de 1965. Ao longo da história, Portugal não voltou a acabar uma edição com apenas 1 ponto mas em 1999 foi votado apenas por um país: França deu os 12 pontos a Rui Bandeira e a "Como Tudo Começou".


2 - O número de países que NUNCA votaram em Portugal
Ao longo da história do evento, o Festival Eurovisão contou com a participação de 53 países diferentes, sendo que todos participaram, em algum momento, com Portugal no alinhamento. Contudo, dois deles NUNCA pontuaram uma canção portuguesa em qualquer circunstância: Marrocos, participante em 1980, deixou José Cid sem qualquer pontuação, enquanto que a Sérvia & Montenegro colocou Sofia Vitória e os 2B, em 2004 e 2005, respetivamente, fora dos pontuados.



3 - O número de canções bilingues de Portugal na Eurovisão
Apesar de ser um dos poucos países que quase sempre apostou exclusivamente na sua língua materna no concurso, Portugal enviou três canções em português e em inglês: "Deixa-me Sonhar (Só Mais Uma Vez)" em 2003, "Amar" em 2005 e "Coisas de Nada (Gonna Make You Dance)" em 2006. Além disso, também José Cid e Sabrina, em 1980 e 2007, respetivamente, usaram outras línguas na canção, mas em proporções reduzidas.


4 - O número de apresentadoras do Festival Eurovisão 2018 
Em 2018, o Festival Eurovisão de 2018, que teve lugar em Lisboa, contou com quatro apresentadoras. Catarina Furtado, Sílvia Alberto, Filomena Cautela e a atriz Daniela Ruah foram as escolhidas da RTP para a condução do concurso no Altice Arena.


5 - O número de participações no Festival Eurovisão Júnior
Entre 2006 e 2019, Portugal participou em cinco edições do Festival Eurovisão Júnior. A estreia aconteceu com Pedro Madeira e "Deixa-me Sentir", tendo alcançado o 14.º lugar, a melhor marca do país juntamente com o resultado de 2017, quando representado por Mariana Venâncio e "Youtuber". Em 2019, Joana Almeida representou Portugal com "Vem comigo (Come with Me)", a primeira canção bilingue portuguesa no concurso.


6 - O número de países que votaram em Portugal na Final do Festival Eurovisão 2021 pelo público
Naquela que foi a primeira presença de Portugal na Final do Festival Eurovisão desde 2018, The Black Mamba e "Love Is On My Side" tiveram resultados bastante distintos na Grande Final: apesar do 7.º lugar na votação do júri, a canção de Portugal recebeu apenas 27 pontos, correspondendo ao 19.º lugar, do televoto. Os pontos foram oriundos de França (8), Suíça (8), Países Baixos (6), Islândia (2), Irlanda (2) e Espanha (1).


9 - O número de vezes que Portugal falhou o apuramento para a Final
Desde a instauração das semifinais, Portugal participou em 15 edições do Festival Eurovisão, tendo disputado as eliminatórias em 14 dessas ocasiões. Contudo, 9 das 14 canções participantes... falharam o apuramento para a Grande Final. "Dança Comigo" e "Quero Ser Tua", em 2007 e 2014, respetivamente, foram os casos mais marcantes, terminando em 11.º lugar... a escassos pontos do apuramento para a Final da competição.


16 - A mais jovem representante de Portugal tinha 16 anos
Com apenas 16 anos aquando do concurso, Sara Tavares foi a mais jovem representante de Portugal no Festival Eurovisão em 1994. Em defesa de "Chamar a Música", a cantora de raízes cabo-verdianas alcançou o 8.º lugar com 73 pontos, uma das melhores classificações de sempre de Portugal.


19 - O número de maestros que conduziram a orquestra por Portugal
De 1964 a 1998, 19 maestros diferentes conduziram a orquestra nas atuações de Portugal no Festival Eurovisão. O dinamarquês Kari Mortensen foi o condutor na primeira participação portuguesa no certame, enquanto o britânico Mike Sergeant foi o responsável pela condução em 1998, último ano que contou com orquestra. Thilo Krasmann (1976, 1978-79, 1994-95 e 1997) e José Calvário (1974, 1977, 1985 e 1988) foram os maestros que mais vezes participaram.


40 - O número de 'doze pontos' recebidos na Final desde 1975
O primeiro twelve points recebido por Portugal seria em 1975, vindos da Turquia, enquanto que, no ano seguinte, Carlos do Carmo seria o favorito de França. Anabela (1993, Holanda e Espanha), Sara Tavares (1994, Espanha), Lúcia Moniz (1996, Noruega e Chipre), Rui Bandeira (1999, França) e MTM (2001, França) também foram premiados com a pontuação máxima, mas Salvador Sobral, em 2017, bateu todos os recordes... com 30 pontuações máximas na Final: "Amar Pelos Dois" foi a favorita de 18 painéis de jurados e de 12 televotos, conseguindo a dobradinha em Espanha, França, Islândia, Israel, Lituânia, Holanda e Suíça. Por sua vez, os The Black Mamba e "Love Is On My Side" foram os favoritos do júri da República Checa no Festival Eurovisão 2021.


43 - O número de países participantes na Eurovisão em Lisboa
De Portugal à Rússia e da Islândia a Israel, juntamente com a Austrália, o Festival Eurovisão realizado em Lisboa recebeu 43 países participantes, igualando as edições de 2008 (Belgrado) e de 2011 (Dusseldörf). No entanto, a edição realizada em Portugal foi a que teve maior representação geográfica e populacional da história do concurso.


53 - O número de canções portuguesas na Eurovisão
De "Oração" a "Love Is On My Side", Portugal conta com 53 canções no historial do Festival Eurovisão, tendo apenas falhado as edições de 1970, 2000, 2002, 2013 e 2016. Das 52 canções a concurso, apenas 10 marcaram presença no top10 do certame. "Medo de Sentir", canção defendida por Elisa, foi a única que não disputou a competição. Por sua vez, a última canção de Portugal no Festival Eurovisão foi "Love Is On My Side", tema que terminou em 12.º lugar na Final de Roterdão.


221 - O número de pontos dados por Portugal à vizinha Espanha (que perdeu a liderança das preferências portuguesas)
"De Espanha nem bom vento nem bom casamento" diz a tradição popular portuguesa que, supostamente, não tem grande implicação na votação portuguesa na Eurovisão. Com 221 pontos recebidos desde 1964, Espanha era o principal receptor das pontuações portuguesas até 2021: com os 10 pontos recebidos em 2021 (7 do público e 3 do júri), Itália, com 228 pontos, passou a ser o maior receptor de pontos de Portugal, beneficiando do nul points de Portugal a Blas Cantó.


600 - A canção defendida por Nucha foi a canção 600 da história da Eurovisão
O resultado de Nucha e "Há sempre alguém" não ficou na história (20.º em 22 países com apenas 9 pontos), mas a participação de Portugal em Zagreb entrou nos momentos marcantes do Festival Eurovisão: a canção portuguesa, a décima sexta a subir ao palco, foi a 600.ª da história da competição. Depois da edição de 2018, o concurso já conta com 1523 canções.


758 - O número de pontos amealhados por "Amar Pelos Dois" em Kiev
É, provavelmente, o número mais importante da história de Portugal no Festival Eurovisão: 758 foi o número de pontos recebidos por "Amar Pelos Dois" e Salvador Sobral na Grande Final de 2017, levando Portugal à primeira vitória eurovisiva. Pontuado pelos 41 países a concurso, Portugal recebeu 376 pontos do televoto europeu e 382 pontos do júri (onde não foi pontuado pelos júris de Montenegro e Bulgária).



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: Eurovision.tv / Vídeo: Youtube

1 comentário:

  1. Anónimo17:34

    Os outros países que participaram na edição de 1980 da Eurovisão, deviam ter feito o mesmo que fez Marrocos em relação em pontuar Portugal, ou seja, não dar qualquer ponto a Portugal. A canção de José Cid era e é a segunda pior canção desse ano, só supera a Irlanda, canção vencedora desse ano. Nem a Irlanda nem Portugal mereciam as classificações que obtiveram nesse ano, roubaram, isso sim, dois lugares a outras canções com mais mérito e mais merecedoras do 1º e 7º lugar respectivamente.

    ResponderEliminar