PORTUGAL EM 12.º LUGAR NA GRANDE FINAL DO FESTIVAL EUROVISÃO 2021


 The Black Mamba e "Love Is On My Side" ficaram em 12.º lugar na Grande Final do Festival Eurovisão 2021.

Portugal ficou em 12.º lugar na Grande Final do Festival Eurovisão 2021. Os The Black Mamba conquistaram 153 pontos, sendo 126 oriundos do júri e 27 do televoto. Esta é a segunda maior pontuação de sempre de Portugal no concurso e o segundo melhor resultado do século XXI.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: EurovisionTV 

30 comentários:

  1. Anónimo23:50

    Muito bom!!!
    Parabéns aos Mamba!!!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:51

    Já se sabia que ia ganhar mais no juri que no público. Mesmo assim mereciam muito mais...
    Se bem que depois de tantos zeros... ainda tive medo que também levassem com um...

    Parabéns The Black Mamba. De um dos menos votados ao lado direito da tabela!

    ResponderEliminar
  3. Eu estava a torçer por 40 pontinhos no televoto para chegarmos aos 170 pontos mas não deu
    Fomos mortos pelo televoto.
    Acho que se não tivessemos tido uma vitoria táo estrondosa em 2017 talvez tivessem votado mais em nós. Ainda asism é notória a dificuldade que temos no televoto
    Estou mt contente com a prestação de Portugal e dos The Black Mamba, estiveram tm bem em tudo! Grande nível
    ps: recebemos 12 pontos! EHHHHHHHHHHHHHH :)

    ResponderEliminar
  4. Sabe a pouco! Muito pouco! Pelo menos merecia top 10!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo00:00

    Portugal merecia ficar nos cinco primeiros acho injusto uma grande voz ser deixada para trás por uma música italiana que não trouxe nada de novo á eurovisao. Enfim a coisas que nunca mudam Desejo sorte aos black manba e não nos envergonharam mas sim fizeram nos acreditar que é possível levarmos boas canções ao festival da eurovisao e dignificar o nosso país. Para o ano cá estaremos e quem sabe se não é em 2022 que ganhamos?

    ResponderEliminar
  6. Depois de tanto hate que esta canção levou de alguns eurofãs portugueses e principalmente de eurofãs estrangeiros, esse 12º lugar sabe a vitória. Parabéns Black Mamba!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo00:05

    Achei sempre que esta musica ia ser um fracasso, felizmente estava enganado. A RTP fez o seu trabalho de casa e no final o carisma e talento de Black Mamba salvou de forma brilhante o navio. Estão de parabéns pelo 12º lugar. (ainda conseguem sacar um 12 pontos!!)

    ResponderEliminar
  8. Anónimo00:15

    Pelo menos ficamos à frente da Moldávia.
    Júri da Rússia dá 12 pontos áquilo???? Tristeza...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:02

      Por causa de o kirkorov ser o Compositor

      Eliminar
    2. O instrumental da Moldávia era muito forte e a cantora é linda. Não admira que tenha chegado à final..mesmo que tenha desafinado e berrado e ate deixou cair o microfone

      Eliminar
  9. Anónimo00:29

    Quando ouvimos 12º parece não ser assim tão bom, mas quando estamos a ver o quadro da classificação ficamos muito mais com a noção de que 12º é mesmo muito bom. Ficar à frente de 14 canções em 26 é muito bom.

    Adorei a nossa prestação, independentemente de qualquer resultado.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo00:34

    PARABÉNS aos nossos rapazes. Estiverem irrepreensíveis, ao longo de todo este percurso e é um orgulho ter o meu país representado com tanta classe.
    Mereciam ter ficado uns lugarzinhos mais acima, se os emigrantes portugueses não tivessem boicotado a nossa canção, por ser em inglês, mas paciência. Ainda assim foi um dos melhores lugares de sempre de Portugal (se não me engano o segundo melhor, a seguir ao Salvador). Muito bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:59

      Quando será que se deixa de responsabilizar os emigrantes portugueses por um resultado menos bom (neste caso no televoto)? Usa nem mais nem menos que a palavra "boicotado". Os emigrantes portugueses impediram que os cidadãos dos vários países votassem por Portugal? A isso, sim, chamar-se-ia um boicote. Para já, a esta hora, ainda não se divulgaram os resultados do televoto país por país. Será que o bom resultado da Finlândia no televoto se deveu ao patriotismo dos emigrantes finlandeses no estrangeiro? Será que o mau resultado da Bulgária no televoto também se ficou a dever a um eventual boicote dos emigrantes búlgaros na Europa (e são em grande número, creia)? Será que um bom ou mau resultado no televoto depende só da votação de emigrantes? A ser assim façam-se rapidamente estudos sobre a emigração de suíços e islandeses na Europa.

      Eliminar
    2. Anónimo01:00

      O segundo melhor lugar a seguir ao Salvador no sec XXI. Antes já tínhamos ficado em 6º, 7º, 8º, 9º e 10º lugares, mas eram muito menos países a concorrer, por isso nem era preciso fazer as semifinais, logo, atualmente, um 12º lugar é mesmo muito bom.

      Eliminar
    3. Faltam aí o 11º, o 12º e o 13º. São os resultados mais significativos. Zeros acho que são só 2.Em tantos anos de competição até que não é mau de todo, pois mesmo países que já foram campeões várias vezes também tiveram 0. Ainda ontem o Reino Unido acabou de coleccionar mais um.

      Eliminar
    4. Anónimo02:01

      00:59 Onde é que o Anonimo mentiu? Está mesmo a comparar uma canção comercial como a da Finlandia com Portugal? OS EMIGRANTES sabiam que tínhamos poucas hipóteses na final. Sempre deram ajudas no televoto, porque parar agora? Ao menos sejam coerentes com as vossas convicções e valores, ou isto só vale quando cantamos em português? Ninguém precisa de estudos nem de comparar países, falamos de PORTUGAL. Preconceito e nacionalismo com o idioma em 2021 nem faz sentido!! Não vão votar? Epá, FAÇAM ISSO TODOS OS ANOS!!!! E não só quando o idioma não é do vosso agrado. É isto.

      Eliminar
    5. Anónimo07:34

      02:01 - Mas afinal houve 8 pontos do televoto suíço e outros tantos do televoto francês. Qual foi afinal o suposto boicote dos emigrantes portugueses? Como é possível falar-se em "boicote" (00:34), "preconceito" e "nacionalismo" (02:01), só porque supostamente os emigrantes não votaram nesta canção (supostamente...)? Há tantos emigrantes espanhóis na Europa, a canção espanhola foi cantada em espanhol e teve zero no televoto. O que aconteceu aos emigrantes espanhóis? Provavelmente - tal como os emigrantes portugueses - pensam pela sua cabeça e votam de acordo com o seu gosto pessoal...

      Eliminar
    6. Anónimo15:30

      Há uma grande comunidade de emigrantes portugueses no UK e na Alemanha, por exemplo, e isso não se traduziu em televoto.

      Eliminar
    7. Anónimo18:37

      15:30 - Tem razão, mas esses países têm uma grande população e outras comunidades numericamente superiores. Se, por suposição, o número de emigrantes portugueses na Alemanha ou no Reino Unido fosse igual ao número de portugueses num país como a Áustria ou a Dinamarca, isso ter-se-ia notado no televoto. No entanto, por exemplo no caso da Alemanha, turcos, croatas, búlgaros, russos, sírios, gregos, romenos, polacos, italianos, afegãos, espanhóis, sérvios e norte-americanos (sei que incluí algumas nacionalidades não representadas no ESC) são em número consideravelmente superior; do ponto de vista meramente numérico e demográfico os portugueses não são tantos como se poderia pensar. Já nos casos da Suíça, da França, do Luxemburgo ou de Andorra (de novo incluí países não participantes) o número de portugueses, mesmo sendo inferior ao dos que residem na Alemanha, é significativo atendendo à população total desses países e à dimensão das outras comunidades.

      Eliminar
  11. Não fizeram nada demais afinal. Tanto entusiasmo, tanta euforia para depois ficarmos numa posição que já tivémos no século passado e só precisámos de 24 pontos contra os 164 do vencedor. Agora só mudaram os números porque os intervenientes também são em maior quantidade. Mas ao fim e ao cabo vai tudo dar ao mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No século passado não eram tantos concorrentes!!!

      Eliminar
    2. Mas serem mais também não é sinónimo de qualidade, muitas vezes significa que o caixote do lixo é maior.

      Eliminar
  12. Anónimo01:26

    A sara sampaio é que tem razão, o voto do televoto anula completamente o do juri, mas o que é isto?

    ResponderEliminar
  13. Anónimo01:27

    EMIGRANTES, se tivessem votado teriamos ficado no top 10. SINTO RAIVA, sim. Não votaram porque levámos uma canção em inglês. TIRARAM-NOS O NOSSO 10º LUGAR. Imperdoável. Não digam que são patriotas porque não o são. Estou tão indignado com isto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:06

      Tem a noção do número de emigrantes portugueses por país, anónimo da 01:27? Repare que houve 8 pontos do televoto francês e do suíço. Aí (como sucederia se Luxemburgo, Andorra ou Liechtenstein participassem) em termos numéricos a comunidade portuguesa é expressiva, mas em países como a Alemanha ou o Reino Unido, por exemplo, embora havendo muitos portugueses, não estão entre as comunidades numericamente mais "fortes". Se pensar bem, reconhecerá que se excedeu ao considerar que não se é patriota por não se votar na canção do país. Há outras formas de patriotismo, de respeito pelas origens. Reparou, por exemplo, nos resultados do televoto de países como a Roménia, a Croácia (na 1ª semifinal) ou a Bulgária? São países com grande número de emigrantes noutros estados europeus, são com certeza patriotas, mas podem não seguir o festival, podem não ter numericamente uma grande expressão no país onde vivem... Por que não aceitar que a canção portuguesa (como já tem sucedido a canções de tantos países) foi mais apelativa para os júris do que para o público (nacionalidades à parte)? Sabe, emigrar raramente é fácil - a não ser quando há motivos sentimentais ou, por exemplo, académicos - e creia é injusto ser-se tido como menos português / menos patriota por eventualmente não se ter votado numa canção. Quero crer que a sua raiva, a sua indignação (uso as suas palavras) se devem à desilusão de um resultado menos bom; quero crer que, se pensar bem, reconhecerá ter sido injusto na sua apreciação. Não lhe desejo a experiência da emigração (a menos que seja um objetivo seu), mas sugiro-lhe que leia um pouco sobre a emigração portuguesa (no passado e na atualidade): acredito que perceberia que há outras formas de patriotismo de que os emigrantes dão provas além de uma chamada telefónica de apoio a uma canção.

      Eliminar
    2. Bela prosa! Mas... convenhamos, uma Suzy, um Emanuel, um Toy... e tantos outros de quem nem os nomes consigo rete, certamente fariam milagres entre a nossa diáspora. Vejam-se os artistas que abrilhantam tudo o que é festa, festinha e romaria por esse país fora. E que no inverno sempre são convidados para atuarem para os nossos compatriotas. São gostos! Não vale a pena negar as evidências.

      Eliminar
    3. Anónimo02:04

      10:06 Não vou ler esse testamento, lamento.

      Eliminar
  14. Anónimo10:09

    Muito se critica por Portugal levar uma canção em inglês. Se repararmos com atenção, poucos têm sido os países a cantar no seu próprio idioma (e já o fazem há imensos anos). A música em si, é a maior língua universal, ou quem critica isto, acha que o Salvador cativou aquela gente toda só por ter cantado em português?
    Parabéns Black Mamba, parabéns a TODOS nós e à RTP por ter apostado diferente.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo21:13

    Ucrânia com mais pontos que Portugal quando a senhora parecia uma ovelha eu já não entendo nada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há coisas que não são para entender, servem apenas para nos fazer abrir a boca de espanto.

      Eliminar