Países Baixos: Ilse DeLange acha "inapropriado" não ter um papel na Eurovisão 2021


Para além de ter revelado que gostaria de voltar a representar os Países Baixos e que fez as pazes com Waylon, Ilse DeLange afirmou que acha "inapropriado" não ter nenhum papel na Eurovisão 2021.


Ilse DeLange representou os Países Baixos em 2014, juntamente com Waylon, e alcançou o segundo lugar no concurso. Cinco anos depois, em 2019, Ilse DeLange propôs o seu ex-pupilo do The Voice, Duncan Laurence, e a canção “Arcade” à televisão holandesa e este acabou por ser escolhido. Uma escolha acertada, já que o país venceu a competição pela primeira vez desde 1975. Mas, a cantora, sente-se agora ignorada visto que não terá nenhum papel na Eurovisão 2021.

Foi em entrevista ao CollegeTour que estas afirmações foram feitas. Ilse DeLange disse que foi realmente uma “calma depois da tempestade” quando a delegação voltou para casa de Tel Aviv: “pensei que talvez eles me ligassem mas isso não aconteceu. Acho muito bonito que tantas pessoas estejam a trabalhar na Eurovisão em Roterdão. Eu fui lá, para os ensaios com o Duncan, e estou muito impressionadoa e acho que é incrível termos isso nos Países Baixos. Teria sido bom se eles me tivessem convidado pelo menos para um café, apenas com a pergunta "queres fazer alguma coisa?". Isso teria sido o suficiente, eu acho. Mas não me pergunte o motivo. Eu não posso dar as respostas porque não as conheço. Se acho que é uma pena? Sim, acho que é uma grande pena e acho bastante inapropriado”.

Ilse DeLange afirmou ainda que falou com alguns responsáveis da organização da Eurovisão 2021 sobre este assunto, dizendo-lhes que achava a situação estranha. Mas reconheceu que não insistiu muito pois não quer parecer irritada.

Numa declaração ao jornal AD, o supervisor executivo da Eurovisão 2021, Sietse Bakker, respondeu às afirmações de Ilse DeLange: "primeiro quero saber como tudo se encaixa. Estamos em contacto com a Ilse DeLange, acho sensato perguntar a ela mesmo o que quis dizer com isso. Esse programa já foi gravado há algum tempo. Pode ser que agora pense diferente”. No entanto, este programa foi gravado apenas uns dias antes de ser transmitido.

Em relação à sua participação na Eurovisão 2014, Ilse DeLange revelou que fez as pazes com Waylon. Semanas depois dos The Common Linnets terminarem em segundo lugar, Waylon deixou o grupo com acusações de parte a parte a serem feitas em público. Ilse revelou que se cruzou com Waylon em Hilversum, puramente por acidente. Percebeu que as emoções fortes que sentiu em 2014 tinham acalmado e decidiu conversar com o seu ex-companheiro de banda.

Por fim, Ilse DeLange revelou que o seu sonho eurovisivo ainda não terminou. “Eu não excluiria [voltar à Eurovisão]. Tudo começa com uma canção, mas neste momento, não tenho essa canção. Se a conseguir, acho incrível tentar mais uma vez.



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Wiwibloggs / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

1 comentário:

  1. Porque não? Os repetentes uma vezes têm sorte e outras vezes não. E vice-versa. Naturalmente o 2º lugar soube-lhe a pouco e quer tentar novamente. Se o resultado for ingrato poderá ser frustrante para ela, mas como diz o velho ditado quem não quer ser lobo não lhe veste a pele.

    ResponderEliminar