Espanha: Barei tece duras críticas à delegação espanhola de 2016


Barei falou novamente da sua experiência na Eurovisão 2016 e dos momentos atribulados que viveu com a delegação espanhola.


Barei deu uma entrevista à Cadena SER onde falou novamente dos momentos atribulados que viveu com a delegação espanhola durante a Eurovisão 2016. Segundo Barei, as suas ideias para a performance em Estocolmo esbarraram na rejeição da RTVE. 

O pior momento da Eurovisão foi quando as instruções que tinha escrito não foram seguidas no primeiro ensaio. Isto não é coisa da RTVE, é uma questão de quem era o chefe da delegação espanhola naquela época, Federico Llano. Para que fique registado, a nível pessoal não tenho nada contra ele, mas a nível profissional é uma parede. Não sei se ele estava sob pressão ou não, mas as recusas eram constantes", afirmou Barei.

De acordo com Barei, a cantora tinha um arquivo PDF que indicava como deveria ser a sua performance mas este foi ignorado por Federico Llano, então chefe da delegação espanhola. Llano rejeitou as sugestões de Barei e, portanto, a cantora sentiu que não era capaz de aproveitar as oportunidades que a Eurovisão tinha para oferecer.

"Não podia competir com o nível do resto dos participantes. Fiz o melhor que pude com as coristas, mas pouco mais. A apresentação foi praticamente feita em 10 dias e eu ainda assim gostei muito. Acabei feliz porque a emoção estava lá”, afirmou a representante espanhola em 2016.

Algumas das ideias de Barei incluíam o uso de escadas como suporte enquanto as coristas dançavam sob a luz da sombra. Enquanto isso acontecesse, a própria Barei seria iluminada com holofotes roxos e vermelhos. Até a queda durante a sua atuação, um dos momentos altos, teve muita resistência por parte da delegação espanhola. Barei ameaçou bater com a porta se não a deixassem fazer a coreografia que queria.

Quando questionada se achava que Espanha poderia vencer em Estocolmo Barei respondeu que “sabia que não tinha hipótese de ganhar. Olá? Somos Espanha. O projeto do cenário que havia solicitado foi-me negado até três vezes e sei que sempre falhamos nisso. Os demais países têm propostas muito importantes e aproveitam a superprodução que é a Eurovisão em todos os níveis”.

Em contraste com as constantes rejeições de quando se tratava das suas ideias para a performance, Barei lembrou os melhores momentos da experiência: a atuação de Justin Timberlake e amizade que desenvolveu com o representante francês Amir.

Recorde a atuação de Barei na Eurovisão 2016:


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: escXtra/ Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

3 comentários:

  1. Anónimo21:56

    Uma das melhores musicas de sempre de Espanha - não entendo o fraco resultado.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:02

    Por acaso nunca gostei da caida, mas percebe-se que houve conflito Na comitiva espanhola, uma pena

    ResponderEliminar
  3. Anónimo17:56

    Quem é que não fica feliz por ser amigo do Amir?

    ResponderEliminar