ESC2021: Duncan Laurence esclarece declarações polémicas sobre a canção cipriota



Duncan Laurence, vencedor do Festival Eurovisão 2019, esclareceu as suas declarações sobre Elena Tsagrinou, representante cipriota na edição deste ano.

Numa recente entrevista ao site francês Pure Break Charts, Duncan Laurence deixou alguns comentários sobre as canções concorrentes ao Festival Eurovisão 2021. O site francês questionou o ultimo vencedor do certame acerca daqueles que são, na sua opinião, os três principais candidatos a vencer a edição deste ano, tendo o mesmo esclarecido que não ouviu todas as canções concorrentes: "Apenas ouvi algumas porque estava no júri em França e porque eles me enviaram também. Mas eu não tive muito tempo para me dedicar a isso. Eu ouvi Tout l’Univers de Gjon's Tears da Suíça, porque a minha produtora trabalhou nessa música. Ela é magnífica. Ouvi a canção da Victoria. Também ouvi a canção da Islândia, 10 Years, é muito gira! Mas não conheço as outras". 

Contudo, a resposta de Duncan Laurence não se ficou por aqui, tendo as seguintes declarações causado polémica: "Apercebi-me de que uma artista se parece muito com Zara Larsson, e isso não é possível. Não gosto quando se copia os outros. É muito dececionante. Por isso é a única pessoa que não deveria ganhar!" - disse o vencedor holandês entre risos. As constantes comparações que têm sido feitas entre a canção "El Diablo" de Elena Tsagrinou, e trabalhos de artistas famosas como Lady Gaga e Zara Larsson, levaram os leitores a assumir que os comentários de Duncan Laurence se dirigiam à representante cipriota.  

As declarações, aparentemente ditas em tom de brincadeira, forma interpretadas de forma diferente nas redes sociais, o que motivou um esclarecimento das mesmas por parte de Duncan Laurence: "Eu amo El Diablo. Sinto muito se foi dito, escrito ou lido algo diferente. Elena irá arrasar nesse palco ela é incrível" escreveu o cantor na rede social Twitter. 

Duncan Laurence venceu o Festival Eurovisão 2019 com a canção "Arcade", sendo a primeira vitória dos Países Baixos desde 1975. A canção foi a favorita do júri português, tendo "Arcade" recebido de Portugal um total de 20 pontos, a melhor marca concedida por um país à canção. 

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:ElConfidential/ Imagem: Google / Vídeo: Eurovision.tv

10 comentários:

  1. Anónimo16:29

    Apenas disse a verdade, veio refazer o que disse por PRESSÃO.

    A canção, o vídeo e a artista são sim COPYCATS.

    Independentemente de se gostar ou não, são cópia sim.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo17:27

    Ainda vamos ter o Duncan a entregar o prémio à Elena, ecoando o que se passou em 2018

    ResponderEliminar
  3. Faz-me um confusão Como é que o Vencedor da Eurovisão os a música te vi tal projeção que hoje se ouve por todo lado ainda só ouviste 4 músicas deste ano e por acaso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:10

      É muito raro haver artistas na competição que sejam também eles eurofãs e o Duncan claramente não é um eurofã

      Eliminar
  4. Anónimo21:24

    Viu o hate todo e decidiu inventar que foi brincadeira..enfim. eurofas sao engraçados. Quando o sobral disse que a musica de israel era horrivel cairam-lhe todos em cima,com o duncan ja desculpam dizendo que foi brincadeira ou tirado fora de contexto. A maioria dos artistas eurovisivos têm que ser falsos,nao podem dizer o que realmente pensam. Acho isso triste. Corajosos sao os que nao querem saber da opinião de eurofas e falam o que realmente sentem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:28

      O Duncan é novito e giro, os homens giros na Eurovisão têm sempre fãs prontos para os defender

      Eliminar
  5. Anónimo21:54

    Polemica bastante ridicula, Duncan tem direito a ter uma opiniao e a dizer que nao aprecia uma cançao, e creio q a Elena ao igual que outras cantoras contemporaneas nao se distancia muito de outras artistas pop atuais como Lady Gaga, Beyoncé ou Dua Lipa (Zara who?)

    ResponderEliminar
  6. O que eu acho desta controvérsia é que o Duncan não teve coragem suficiente para assumir verdadeiramente o que disse. E o que ele disse não é mentira nenhuma.

    ResponderEliminar