ESC2021: Delegações podem escolher entre a atuação backup e a gravação do ensaio

Caso não possam atuar no palco do Festival Eurovisão, as delegações poderão escolher entre a atuação backup e a gravação do segundo ensaio individual.


Sietse Bakker, produtor executivo do Festival Eurovisão 2021, confirmou que, caso uma comitiva não possa atuar no jury show ou na gala televisionada, poderá escolher qual a atuação que substituirá a sua prestação em palco entre a atuação backup, gravadas em fevereiro e março nos países de origem, ou a gravação do segundo ensaio individual no palco do concurso.

Até ao momento, a Austrália será o único país que não atuará no palco do Festival Eurovisão 2021, sendo representada pela gravação backup gravada em Sidney. Contudo, o caso de Covid-19 detetado na delegação da Polónia poderá fazer com que o país recorra a uma atuação de substituição caso seja detetado mais algum caso na comitiva, que já repetiu os testes PCR à Covid 19 e está em isolamento.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Escxtra/Eurovoix/ Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

4 comentários:

  1. Anónimo22:55

    Que alívio para nós, se acontecer alguma coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:00

      Exato. Só se a delegação fosse burra onde tem sido elogiada pelo staging, ir trocar pelo do FC. Mas nunca se sabe...

      Eliminar
  2. Anónimo01:01

    Acho que a RTP ainda não chegou a esse estado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:56

      Essa decisão é exclusiva às delegações com membros que testaram positivo ao covid e que por isso não vão poder atuar em direto

      Eliminar