ESC2021: Damiano David dos Måneskin com teste negativo para consumo de drogas

 

O teste de despiste de drogas feito por Damiano David, vocalista dos Måneskin, deu negativo, confirmou a EBU/UER em comunicado oficial. 

Minutos depois da vitória dos Måneskin na Grande Final do Festival Eurovisão 2021, as redes sociais foram inundadas de imagens com um suposto consumo de drogas por parte do vocalista do grupo italiano. A EBU/UER procedeu, a pedido da delegação italiana, uma vistoria exaustiva das imagens disponíveis, com o vocalista da banda, Damiano David, a realizar voluntariamente um teste para despiste de drogas.

Depois do regresso a Roma, o cantor procedeu ao teste numa clínica especializada, com o teste a dar negativo para drogas, conforme confirmou a EBU/UER em comunicado. Deste modo, a entidade máxima do concurso garante que não existiu consumo de drogas na green room e considera o assunto encerrado, deixando um alerta sobre especulações imprecisas que levaram a notícias falsas que, por sua vez, obscureceram o espírito e o resultado do evento e afetaram injustamente a banda.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EBU/UER/ Imagem: Thomas Hanses / Vídeo: EurovisionTV 

21 comentários:

  1. Anónimo18:30

    Ahahahahahahah A PIADA DO SÉCULO!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:46

      Este comentário só se fôr

      Eliminar
  2. Foi uma tristeza o que aconteceu. Estragaram a noite a um grupo de miúdos talentosos que andam nisto desde os tempos de escola e, por acaso, têm dado uma imagem muito saudável do rock junto das novas gerações.

    Perigoso como a malícia de uma imagem totalmente descontextualizada pode fazer danos destes. (Imagem essa que, se as pessoas realmente quisessem ver, percebiam perfeitamente o que estava ali a acontecer)
    Eu não precisei de teste nenhum. Achei até humilhante ter de se submeter a isto.

    Enfim. Que o Damiano e a banda consigam ainda celebrar em paz o que lhes foi injustamente roubado naquela noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:48

      Concordo, o people é que não soube aceitar a vitória de quem não gostava e inventou uma coisa destas...

      Eliminar
    2. Anónimo23:05

      Lol sim super roubada

      Eliminar
  3. Anónimo18:56

    Achei escusado a atitude dele, escrever ''voilá'' como se a Barbara tivesse culpa. Ela só elogiou a banda, é um amor de pessoa...as delegações que se entendam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:56

      Num programa de radio pediram à Barbara para comentar a polémica e ela diz não se importar se ele consumiu ou não, ela está orgulhosa do segundo lugar e está feliz pelos Maneskin terem ganho o concurso. A Babara não sente qualquer rancor, infelizmente muitos membros da sociedade francesa não partilham os srntimentos dela, sendo que até o ministro dos negócios estrangeiros francês veio meter-se ao barulho pedindo uma investigação...
      Só peço para as delegações de cada país resolverem a situação e que não haja um mau estar entre França e a produção Italiana em 2022...

      Eliminar
    2. Anónimo20:11

      Também achei o 'Voilá' no Insta story completamente desnecessário. Sempre tive do lado dele, mas realmente desceu um pouco na minha consideração com o post. Só a partilha do artigo já estava mais do que necessário.

      Eliminar
    3. Anónimo21:11

      PIOR!!! Quem acusou os Maneskin foi um reporter SUECO e logo um britanico no twitter, nem foram os franceses

      Eliminar
  4. Anónimo20:01

    Não têm a ver com a notícia, mas a esposa do Daddy da Islândia está infetada com covid.
    O rapaz que tinha dado positivo continua em Roterdão, em quarentena no hotel, e a delegação islandesa voltou ao seu país, lá foi detetado que a senhora estava também infetada, os fãs estão preocupados por ela estar grávida de 6 meses, mas ela sente-se bem e sem sintomas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma boa notícia. Espero que os telejornais façam uso dela porque está a preocupar muita gente que já julgava que as vacinas estavam a deixar o pessoal imune.

      Eliminar
  5. Anónimo21:12

    Foi um sueco que acusou o damiano de drogar-se, nem foram os franceses.

    ResponderEliminar
  6. Quem não deve não teme e não dá ouvidos aos invejosos. Eu gosto do grupo e acho graça ao comportamento deles mas discordo desta vitória porque haviam músicas bonitas que mereciam mais a vitória.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo22:58

    Só acredita quem quer lol Agora não me venham tapar o sol com uma peneira...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo02:20

      Ainda por cima foi testado em Itália, lol.
      Claro que o resultado seria negativo, seria um escândalo se desse positivo por isso tem que se abafar o caso.

      Eliminar
    2. Anónimo05:29

      02:20 ah foi testado em Italia??? HAHAHAAHAH entao pera ai....a coisa muda de figura

      Eliminar
    3. Como é lógico! Se calhar alguém imaginava que, da parte da banda, RAI ou organização iria haver confirmação?! Até pode não ser verdade, concedo, mas que a suspeita fica, isso fica! É como o presidente/ditador bielorrusso dizer que o desvio do avião da Ryanair para Minsk ocorreu devido a uma ameaça terrorista e não para prender um jornalista e ativista anti regime. Acredita quem quer!

      Eliminar
  8. Anónimo06:24

    tá bem abelha...rock and roll foi o que o sobral disse na final da eurovisão ou na conferencia de prensa. este tá a querer agradar tudo e todos.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo10:12

    Há pessoas que acreditam que com 1001 câmaras o rapaz ia snifar uma ali mesmo à frente de toda a gente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem pensado. Fica a pergunta no ar.

      Eliminar
    2. Pois fica! E cada um responde-lhe como muito bem entender!

      Eliminar